terça-feira, 30 de setembro de 2014

Gente nova na baixada:Zé Paulo e o novo reforco do Atlético.




O furacão confirmou oficialmente a contratação do meia Zé Paulo de 20 anos de idade,revelado na base do Corinthians o jogador chega ao rubro negro por empréstimo ate o fim da temporada e tem como missão,disputar uma vaga no meio campo rubro negro a seguir confira a ficha completa do novo jogador atleticano.

FICHA TÉCNICA:

Nome completo: José Paulo de Oliveira Pinto
Data de nascimento: 26/03/1994, em Raposo (RJ).
Peso: 87Kg. Altura: 1,88m. Pé: Destro.
Camisa que vai utilizar: 29


domingo, 28 de setembro de 2014

Veja o gol da vitoria do furacão contra o Corinthians.


Enfim três pontos:Furacão vence o Corinthians e respira no campeonato.


Enfim uma vitoria,após rodadas sem sentir o gosto da vitoria o furacão voltou a comemorar no campeonato Brasileiro.Com um gol de pênalti de Cleo o rubro negro venceu o Corinthians por 1 a 0 e subiu para a decima colocação no campeonato se afastando da zona de rebaixamento.Agora o furacao retorna a campo no próximo fim de semana contra o Coritiba no Couto Pereira.

O JOGO:



O jogo – Acostumado a adotar uma postura mais contida quando atua fora de casa, o Corinthians surpreendentemente tomou a iniciativa de atacar na Arena da Baixada. O time de Mano Menezes trocou muitos passes diante da área e apostou nas jogadas pelas laterais para acuar o Atlético-PR na primeira meia hora de partida. Faltou concluir a gol.
Os donos da casa não se intimidaram com o estilo ofensivo do Corinthians. Claudinei Oliveira posicionou o Atlético-PR justamente com a intenção de explorar os contra-ataques. Foi após um lance de velocidade, inclusive, que Douglas Coutinho quase abriu o placar com uma cabeçada, aos 21 minutos. A bola passou à esquerda de Cássio, com perigo.
O Corinthians não aprendeu a ser objetivo com o Atlético-PR. Malcom e Guerrero continuaram a se mexer bastante, mas também a chutar pouco. Sem Ralf, suspenso, os visitantes deixaram Elias (que abusava dos erros de passe) mais recuado e forçaram Bruno Henrique a sair para o jogo. O segundo volante até tentou combater a falta de praticidade com finalizações de longa distância. E pegou mal na bola quando tentou.
No final do primeiro tempo, o Atlético-PR se soltou um pouco mais e castigou o Corinthians. Aos 40 minutos, Cléo limpou Fábio Santos dentro da área e foi derrubado por Elias em seguida. Pênalti. O próprio atacante cobrou, deslocando Cássio, e assegurou a vantagem no marcador antes do intervalo.

O Corinthians tentou manter a tranquilidade e novamente impor o seu ritmo no segundo tempo. O Atlético-PR, no entanto, tratou de travar o jogo, que ficou mais violento. Douglas Coutinho levou a pior com a mudança de panorama da partida, chocou-se com Cássio e precisou ser substituído por Sidcley aos 15 minutos.
Para incomodar a defesa atleticana, Mano apostou primeiro no paraguaio Romero no lugar de Petros e depois no veterano Danilo na vaga de Renato Augusto. Do outro lado, Claudieni Oliveira vislumbrava a possibilidade de matar o jogo nos contra-ataques. Trocou Cléo e Hernani por Mosquito e João Paulo.O Corinthians até se expôs e fez Weverton trabalhar no final da partida, porém não melhorou a sua efetividade ofensiva nem quando Jadson entrou no posto de Bruno Henrique. Melhor para o Atlético-PR, que soube valorizar a posse de bola para sair da sua arena com o resultado positivo.
FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 1 X 0 CORINTHIANS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 28 de setembro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Henrique Corrêa (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Natanael, Hernani e Sueliton (Atlético-PR); Gil e Fagner (Corinthians)
Gol: ATLÉTICO-PR: Cléo, aos 40 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Natanael; Deivid, Hernani (João Paulo) e Marcos Guilherme; Marcelo, Cléo (Mosquito) e Douglas Coutinho (Sidcley)
Técnico: Claudinei Oliveira





Decisão:Furacão recebe o Corinthians,para sair da má fase.


Decisivo,assim e o jogo do Atlético contra o Corinthians na arena nesse domingo,vindo de três derrotas seguidas no campeonato o furacão tem diante de sua torcida a oportunidade de mais uma vez se distanciar da zona de rebaixamento e voltar a respirar com tranquilidade dentro da competição.Para a partida o técnico Claudinei Oliveira ainda terá baixas para montar a equipe titular,e terá também que lidar com a pressão da torcida rubro negra que devera lotar a arena na tarde desse domingo.

O TIME:

Para a partida,o treinador rubro negro segue sem poder contar com os atacantes Cleo e Dellatorre lesionados,também não poderá contar ainda com o lateral Mario Sergio que também se recupera de lesão.Na meia cancha Hernani será mantido e na frente Coutinho e Marcelo formam dupla de ataque.

FICHA TÉCNICA:



ATLÉTICO-PR X CORINTHIANS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 28 de setembro de 2014, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Rodrigo F. Henrique Corrêa (RJ)
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Willian Rocha; Deivid, Hernani, Bady (Sidcley) e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho e Marcelo
Técnico: Claudinei Oliveira
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Renato Augusto; Malcom e Guerrero
Técnico: Mano Menezes

Relembre Atlético e Corinthians no Primeiro turno.


De olho no inimigo:Informações do Corinthians.



Após a derrota para o Figueirense o Corinthians vem a Curitiba em busca de reabilitação,para seguir na luta pela vaga na Libertadores e ainda sonhar com o titulo.Para a partida o técnico Mano Menezes  a volta de Petros que estava suspenso na partida passada e fica disposição para a partida desse domingo,sendo assim o Corinthians deve ir a campo com: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Renato Augusto; Malcom e Guerrero

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Veja os gols da derrota do Atlético para a Chapecoense.


Decepção:Atlético é goleado pela Chapecoense e se complica na tabela.


Mais uma vez a falta de qualidade e a juventude,atrapalharam o furacão na noite dessa quarta feira o rubro negro foi até Chapecó e foi goleado ela Chapecoense por 3 a 0 e se complicou ainda mais na tabela.Com o resultado o furacão fica na décima terceira colocação com seus 28 pontos a cinco da zona de rebaixamento,na próxima rodada o furacão recebe o Corinthians na arena da baixada.

O JOGO:

O Furacão começou a partida com pinta de que dominaria as ações. Aos três minutos, depois de uma pequena pressão, Hernani aproveitou cobrança de escanteio e testou por cima da meta. Aos poucos a Chape conseguiu equilibrar. Aos sete minutos Zezinho cobrou falta e Weverton saiu para segurar. Mas, aos nove minutos, Zezinho cobrou escanteio e Bruno Silva subiu para desviar de cabeça para o fundo das redes.
O gol animou o torcedor, que passou a empurrar ainda mais o time da casa. Aos 12 minutos, Camilo apareceu com liberdade na área e cabeceou por cima da meta. Depois da correria inicial, o ritmo caiu bastante, com as duas equipes errando demais. Aos 20 minutos, confusão na defesa catarinense e a bola sobrou para Cleberson finalizar pela linha de fundo, com desvio da zaga.
Os donos da casa chegaram ao segundo gol, aos 28 minutos, em desvio de Rafael Lima após cobrança de falta de Camilo, mas o árbitro anulou o lance anotando impedimento, irritando a torcida. Machucado, Jaílton saiu aos 34 minutos para a entrada de Douglas Grolli. Aos 38 minutos, Zezinho fez a jogada e serviu Leandro, que mandou a bomba, com perigo para o gol atleticano.
As duas equipes retornaram para o segundo tempo sem alterações. Aos três minutos Bady cobrou falta na área, a bola bateu na defesa, em Marcelo e saiu. O Atlético partiu para o ataque, mas a defesa da Chapecoense estava bem postada. Dessa forma, sobravam apenas as jogadas de bola parada e os chutões, tão criticados na campanha do Furacão durante toda a competição.
Em sua primeira boa chegada após o intervalo, a Chape quase ampliou, aos 13 minutos, com Bruno Silva, que aproveitou nova cobrança de escanteio e cabeceou para defesa de Weverton. A partida era fraca em Chapecó e a vantagem no placar para os donos da casa deixavam o ritmo ainda pior. Até que, aos 21 minutos, Zezinho cruzou na segunda trave e Camilo apareceu para se antecipar e cabecear para o fundo do gol.
Depois do segundo gol, o técnico Claudinei Oliveira resolveu queimar três mudanças de uma só vez, colocando Marco Damasceno, Lucas Olaza e Sidcley. Aos 31 minutos, Cleberson recuou para Weverton e quase entregou o ouro. Na resposta, Mosquito pegou sobra de bola e bateu forte para defesa de Danilo. O Rubro-Negro melhorou e, aos 35 minutos, Sidcley aproveitou cobrança de escanteio para completar para fora. Mas, aos 43 minutos, aproveitando jogada de Neném, Leandro fechou a contagem.
FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE-SC 3 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: Arena Condá, em Chapecó-SC
Data: 24 de setembro de 2014, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília) 
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira-AL
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo-AL e Esdras Mariano de Lima Albuquerque-AL
Cartões amarelos: Gustavo e William Rocha (Atlético-PR)
GOLS
CHAPECOENSE-SC: Bruno Silva, aos 09 minutos do primeiro tempo, Camilo, aos 21 minutos e Leandro, aos 43 minutos do segundo tempo
CHAPECOENSE-SC: Danilo; Ednei, Jaílton (Douglas Grolli), Rafael Lima e Rodrigo Biro; Bruno Silva (Wanderson), Ricardo Conceição, Zezinho (Nenén) e Camilo; Fabinho Alves e Leandro
Técnico: Jorginho
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Willian Rocha (Lucas Olaza); Deivid, Hernani, Bady (Sidcley) e Marcos Guilherme (Damasceno); Mosquito e Marcelo. 
Técnico: Claudinei Oliveira

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Vencer ou vencer:Atlético enfrenta a Chapecoense,para voltar a vencer.


Nessa quarta feira o Atlético volta a campo contra a Chapecoense na arena condá em Chapecó,em uma partida que é um confronto direto isso por que,o time de Santa Catarina está a quatro pontos do furacão e com uma vitória o furacão volta a respirar na competição.Após o resultado negativo dentro de casa o rubro negro tem a missão de buscar fora de casa a recuperação para não se aproximar da zona de rebaixamento,e para voltar a vencer o técnico Claudinei Oliveira deverá fazer mudanças na equipe.

O TIME:

Para a partida,o furacão não poderá contar com o Lateral Mário Sergio,que foi vetado pelo DM Sueliton volta a vaga de titular,a outra novidade será no ataque já que Douglas Coutinho suspenso não joga e Mosquito será o companheiro de Marcelo no jogo dessa quarta no demais será o mesmo time da partida contra o Inter,a outra novidade será o meia Carlos Alberto que recuperado de lesão fica a disposição.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE X ATLÉTICO-PR

Local: Arena Condá, em Chapecó-SCData: 24 de setembro de 2014, quarta-feiraHorário: 21 hortas (De Brasília) Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira-ALAssistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo-AL e Esdras Mariano de Lima Albuquerque-AL
CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Jaílton, Rafael Lima e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição, Diones e Camilo; Fabinho Alves e Leandro
Técnico: Jorginho
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Willian Rocha; Deivid, Hernani, Bady e Marcos Guilherme; Mosquito (Damasceno) e Marcelo. 
Técnico: Claudinei Oliveira

Relembre Atlético e Chapecoense no primeiro turno.


De olho no inimigo:Informações da Chapecoense.


O adversário dessa quarta feira do Atlético,a Chapecoense vive um momento de crescimento na competição,apesar da derrota da rodada passada para o Grêmio o time catarinense vem fazendo bons jogos dentro de casa e aposta nesse fator para vencer o furacão e se afastar da zona de rebaixamento atualmente,o time ocupa a décima quinta colocação com 24 pontos ganhos.Para a partida o técnico Jorginho deverá promover duas mudanças na equipe em relação a partida contra o Grêmio,o lateral direito Ednei deve  voltar a posição de titular o treinador também deve optar por um esquema com dois meias,com o ex atleticano Zezinho atuando na meia ao lado de Camilo sendo assim o time catarinense deve ir a campo com: Danilo; Ednei, Rafael Lima, Jaílton e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição, Zezinho e Camilo; Fabinho Alves e Leandro.

domingo, 21 de setembro de 2014

Veja como foi a derrota do furacão para o Internacional.


Tropeço em casa:Atlético perde para o Inter e se complica na tabela.


O furacão mais uma vez decepcionou dentro de campo,na tarde desse sábado o rubro negro foi derrotado pelo inter na arena da baixada por 1 a 0 e permanece nos seus 28 pontos em décimo primeiro lugar na tabela,em jogo onde o time até criou boas chances faltou competência para equipe finalizar e acabou saindo de campo derrotado pelo time gaúcho na próxima rodada,o furacão encara a Chapecoense em Chapecó as 21 horas na próxima quarta feira.

O JOGO:

 O Atlético-PR tomou a iniciativa no começo do jogo. A primeira boa chegada ocorreu aos seis minutos, quando Mário Sérgio passou por Fabrício e cruzou rasteiro na pequena área. Douglas Coutinho chegou batendo, mas Dida saiu do gol e pegou à queima-roupa.
O ritmo do jogo foi bruscamente interrompido devido ao temporal que caiu sobre a Arena da Baixada a partir dos dez minutos de confronto. A bola parou de rolar, e os dois times foram obrigados a parar de trocar passes e investir em cruzamentos para a área. Assim, as chances minguaram. Eduardo Sasha, Bady e Willian Rocha tiveram as únicas conclusões perigosas da etapa inicial, sempre causadas a partir de algum erro do adversário por conta do gramado encharcado.
A chuvarada deu uma trégua durante o intervalo, o que melhorou um pouco as condições do gramado para a etapa final. A primeira boa chance foi paranaense. Aos dois minutos, Hernani cobrou falta no cantinho, e Dida fez ótima defesa. A seguir, D’Alessandro respondeu tentando marcar gol olímpico, mas Wéverton salvou em cima da linha. Aos 12, Willian Rocha deu linda caneta em D’Alessandro e tentou encobrir Dida, que fez mais uma bela defesa. Três minutos depois, Douglas Coutinho usou a mão para ganhar de Dida pelo alto e marcar o gol. O lance foi bem anulado pela arbitragem.
Depois de alguns minutos exercendo pressão, o Furacão diminuiu o ritmo, e o jogo caiu novamente. O Inter, porém, também pouco articulava. O Colorado teve dois chutes de relativo perigo com Wellington e D’Alessandro, mas sempre de fora da área. Aos 35, brilhou a estrela de Abel Braga: dois jogadores colocados por ele, Rafael Moura e Valdívia, fizeram a jogada do gol da vitória, o primeiro de He-Man desde o dia três de agosto.
O Atlético-PR ainda pressionou em busca do empate. Aos 39, Willian Rocha subiu sozinho na área e Dida, o melhor em campo, fez uma linda ponte. Nos acréscimos, Bady levantou para a área e Suéliton cabeceou desviado.
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 0 x 1 INTERNACIONAL
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20 de setembro de 2014, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP) 
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Cartões amarelos: Douglas Coutinho (Atlético-PR); Fabrício (Internacional)
GOL
INTERNACIONAL: Rafael Moura, aos 35 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Wéverton; Mário Sérgio (Sueliton), Gustavo, Cléberson e Willian Rocha; Deivid, Hernani (Sidcley), Bady e Marcos Guilherme (Marco Damasceno); Marcelo e Douglas Coutinho
Técnico: Claudinei Oliveira
INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Ernando (Juan), Paulão e Fabrício; Wellington, Aránguiz, D’Alessandro, Eduardo Sasha (Valdívia) e Alex; Wellington Paulista (Rafael Moura)
Técnico: Abel Braga

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Agora é vencer em casa:Atlético recebe o Inter na arena,em busca de reabilitação.


vencer em casa,esse é o objetivo do furacão nesse sábado contra o Inter na arena,pois um bom resultado tranquiliza a equipe para se distanciar do grupo de baixo da tabela após a derrota para o Cruzeiro o fracão mira diante de sua torcida conquistar os pontos para livrar qualquer risco e tentar conseguir algo mais na tabela de classificação.Porém para isso isso o rubro negro além de uma tabela pesada de jogos terá que enfrentar problemas técnicos e físicos de alguns jogadores considerados importantes para a equipe,para esse jogo contra o Inter por exemplo o técnico Claudinei Oliveira faz mistério para confirmar a equipe que vai a campo as 18:30 desse sábado na arena.

O TIME:

Para a partida,o treinador ainda não poderá contar com os atacantes Cléo e Dellatorre que se recuperam de lesão no DM,o meia Carlos Alberto ainda em tratamento também permanece de fora do time.Além dos desfalques o treinador ainda têm dúvidas na formação do time isso por que,não se sabe se atuará no 4-4-2 ou no 4-3-3,caso opte por dois atacantes o furacão deverá ter Marcos Guilherme a Bady no meio de campo porém opte por um sistema mais ofensivo com três atacantes um deles pode dar lugar a Mosquito que assim formaria trio de ataque com Marcelo e Douglas Coutinho.A outra Dúvida está na lateral esquerda entre William Rocha e Natanael,a novidade do time está mesmo no banco o jovem meia Marcos Damasceno de apenas 18 anos foi relacionado e fica a disposição do treinador rubro negro.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-PR X Internacional.
Local:Arena da Baixada,Curitiba.
Horário:18:30
Data:20/09/2014
Motivo:Campeonato Brasileiro 2014.
Arbitro:Flávio Rodrigues de Souza.
Auxiliares:Emerson Augusto de Carvalho e Marcio Luiz Augusto,Adicionais:Marcelo Aparecido de Souza e Rodrigo Guarizo do Amaral.

Atlético-PR:Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Natanael (Willian Rocha); Deivid, João Paulo e Marcos Guilherme (Bady); Douglas Coutinho, Mosquito (Marcos Guilherme) e Marcelo.Téc:Claudinei Oliveira.

Internacional:Dida,Gilberto,Paulão,Ernando e Fabricio;Wellington,Aranguiz,Alex e D'Alessandro,Wellington Paulista e Rafael Moura.Téc Abel Braga.

Relembre Atlético e Inter no primeiro turno.


De olho no inimigo:Informações do Internacional.


O internacional vêm a Curitiba com o objetivo de continuar na briga pela libertadores,com 38 pontos ganhos e na terceira colocação no campeonato,o time do técnico Abel Braga poderá pela primeira vez repetir uma formação titular no campeonato o time que irá a campo,será o mesmo que empatou com o Sport na última rodada,apesar do mistério que o treinador faz o colorado deve ir a campo com:Dida,Gilberto,Paulão,Ernando e Fabricio;Wellington,Aranguiz,Alex e D'Alessandro,Wellington Paulista e Rafael Moura.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Veja os gols da derrota do furacão em Minas.


Não deu:Atlético é derrota pelo Cruzeiro.


E o furacão não conseguiu parar o líder Cruzeiro no Mineirão,jogando em um esquema priorizando a defesa o rubro negro não se encontrou e acabou sendo derrotado por 2 a 0 em Minas e chegou a oito derrotas no campeonato.Na próxima rodada o furacão busca reabilitação diante do Internacional na arena.

O JOGO:

O Cruzeiro iniciou a partida com domínio total da posse de bola, jogando na maior parte do tempo no campo de ataque do Furacão, que congestionou o meio-campo e exerceu marcação atrás da linha da bola, tentando dificultar ao máximo a ação celeste. Com isso, os mineiros apostaram na troca de passes, esperando o momento ideal para encaixar a jogada perfeita.

Como a Raposa teve problemas para finalizar, a proposta de jogo foi mudada para a pressão total. Aos 13, Everton Ribeiro teve boa chance, seguido por conclusões de Júlio Baptista e Egídio, três chances de abrir o placar em apenas três minutos. O melhor caminho para os donos da casa foi encontrado pelo lado direito com Mayke, que apoiou bastante.
A blitz celeste também não resultou em gol, com isso, a Raposa passou a oscilar entre momentos de cadenciar a partida com situações de ataques em velocidade. Aos 26, Alisson resolveu na base da individualidade. O meia-atacante cruzeirense fez fila pelo lado esquerdo e com pouco ângulo arriscou para o gol, a bola ainda desviou em um defensor do Furacão antes de morrer nas redes de Weverton.
Em desvantagem no placar, o Atlético-PR teve que sair um pouco mais para o campo de ataque, o que permitiu ao Cruzeiro encontrar um pouco mais de facilidade para criar as jogadas. Percebendo que atacar os cruzeirenses era muito arriscado, os paranaenses praticamente abdicaram de jogar e terminaram o primeiro fechadinhos no campo de defesa.
Na etapa final, os visitantes não mudaram a postura, marcando o time do Cruzeiro, e chegando ao ataque apenas em jogadas esporádicas. Já a Raposa procurou tocar a bola no campo defensivo, na clara intenção de fazer os jogadores do Furacão avançar, para que assim os celestes tivessem mais espaços para ampliar a contagem.
A estratégia dos mineiros surtiu efeito aos nove minutos com Marcelo Moreno, que recebeu na entrada da área e teve tempo para escolher o canto antes de finalizar, sem chances para Weverton, levando o torcedor celeste à loucura nas cadeiras do Mineirão. Mesmo com boa vantagem, o Cruzeiro seguiu dominando as ações e mais perto de fazer o terceiro gol, que os paranaenses de diminuir.
Após os 30 minutos, o ritmo intenso que era mantido pelos donos da casa foi reduzido, em parte já se poupando para o clássico do final de semana contra o Galo, e também pela falta de vontade de jogar do Furacão, que não ofereceu ameaça ao goleiro Fábio. Mesmo tirando o pé do acelerador, a Raposa seguiu dominando o duelo até o final.
FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO 2 X 0 ATLÉTICO-PR
Local : Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de setembro de 2014, terça-feira 
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
Cartão amarelo: (Cruzeiro) Alisson 
Gols: CRUZEIRO: Alisson, aos 26 minutos do primeiro tempo; Marcelo Moreno, aos nove minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro (Nilton) e Júlio Baptista (Willian); Alisson (Marlone) e Marcelo Moreno 
Técnico: Marcelo Oliveira
ATLÉTICO-PR: Weverton; Cleberson, Gustavo e Willian Rocha; Sueliton, Deivid, João Paulo (Hernani), Marcos Guilherme e Natanael (Sidicley); Marcelo e Douglas Coutinho (Mosquito) 
Técnico
: Claudinei Oliveira

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Para surpreender em BH:Furacão encara o líder Cruzeiro em Minas.


A missão do Atlético na noite dessa quarta é super difícil,encara o líder Cruzeiro dentro do Mineirão isso que o time mineiro é o único time invicto dentro de casa no campeonato,e vem de derrota na última rodada.Além disse o técnico Claudinei Oliveira acabo perdendo algumas peças importantes para a partida e deverá fazer mudanças na equipe,porém não divulgou oficialmente o onze que vai a campo contra a raposa em Belo Horizonte.

O TIME:

Para a partida,além de não poder contar com o atacante Cléo que segue em tratamento,o furacão perdeu Dellatorre que se machucou na partida contra o Vitória,que também fica de fora é o o meia Carlos Alberto que seria uma opção para o meio campo não viajou com a delegação por conta de uma lombalgia.Contra partida o furacão terá a volta do Lateral Sueliton,do volante João Paulo e do meia Marcos Guilherme o que gera uma dúvida na formação da equipe dois ou três volantes caso jogue com três João Paulo volta ao time caso Claudinei opte por um esquema mais ofensivo Marcos Guilherme de jogar no meio ao lado de Bady.

FICHA TÉCNICA:

Cruzeiro x Atlético-PR
Local:Mineirao,Belo Horizonte
Horário:19:30
Data:17\09\2014
Motivo:Campeonato Brasileiro.
Arbitro:Marcelo Aparecido de Souza.
Auxiliares:Marcelo Carvalho Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo

Cruzeiro:Fábio; 
Mayke, Dedé, Leo e Egídio; 
Henrique, Nilton, Everton Ribeiro, Júlio Baptista e Alisson; 
Marcelo Moreno.Téc:Marcelo Oliveira:


Atlético-PR:

Wéverton;
Mário Sergio(Sueliton), Gustavo, Cléberson e William Rocha;
Deivid, João Paulo(Bady), Hernani e Marcos Guilherme;
Marcelo e Douglas Coutinho.

Relembre furacão e Cruzeiro no primeiro turno.


De olho no inimigo:Informações do Cruzeiro.


O líder Cruzeiro enfrenta o furacão no Mineirão em busca da reabilitação após a derrota no fim de semana para o São Paulo,com cem por cento de aproveitamento em casa o time mineiro deve manter sua forma ofensiva de jogo para manter a liderança do campeonato.Para a partida o técnico Marcelo Oliveira não terá o zagueiro Bruno Rodrigo lesionado,Léo deve ser o titular ao lado de Dedé já na lateral  a novidade deve ser Egídio que volta ao time no meio campo Julio Baptista deve entrar como titular e Dagoberto fará dupla de ataque com Marcelo Moreno no lugar de Ricardo Goulart que está suspenso.Sendo assim o Cruzeiro de ir a campo com:Fabio,Myke,Dedé,Léo e Egidio;Henrique,Nilton,Everton Ribeiro e Julio Baptista;Dagoberto e Marcelo Moreno.

domingo, 14 de setembro de 2014

Enfim três pontos:Atlético vence o Vitoria e volta a vencer no campeonato.


Demorou mais aconteceu,o furacão voltou a vencer no brasileirão após 7 jogos,na noite desse domingo o rubro nero superou o Vitoria na arena por 2 a 0 com gols de Marcelo e Hernâni o Atlético foi superior durante toda a partida e assim garantiu os três pontos diante da torcida.Na próxima rodada o furacão tem uma pedreira pela frente enfrenta o líder Cruzeiro no mineirão em Belo Horizonte.

O JOGO:

O Atlético-PR assustou no primeiro minuto de jogo, quando Douglas Coutinho recebeu na linha de fundo e cruzou. Marcelo recolheu a bola na segunda trave e rolou para Bady, que finalizou de primeira. Antes que a bola chegasse ao gol de Fernández, a defesa do Vitória desviou para escanteio.
Aos nove, foi a vez de Dellatorre receber na linha de fundo e cruzar para Douglas Coutinho, que apenas resvalou a cabeça na bola, sem conseguir desviá-la para o gol.
Um erro do goleiro Weverton, aos 28, quase permitiu que o Vitória marcasse o primeiro. O capitão do Furacão escorregou na saída da bola, que sobrou para Marcinho. O meia tentou encobrir o arqueiro do Atlético-PR, mas a bola subiu muito e foi para fora.
No lance seguinte, o Atlético-PR conseguiu transformar sua sutil superioridade em gol. Bady aproveitou falha de posicionamento da defesa do Vitória e tocou para Marcelo, que arrancou do meio de campo, invadiu a área e tocou entre as pernas do goleiro Gatito Fernández.
Em nova jogada de velocidade, com troca de passes rápida, o Atlético-PR quase marcou o segundo. Após boa triangulação, que começou nos pés de Marcelo, Mário Sérgio recebeu na área e chutou na saída de Fernández, que fechou bem o ângulo e fez a defesa.
Em rara jogada trabalhada, o Vitória ameaçou o Atlético-PR aos 13 minutos do segundo tempo. Nino Paraíba recebeu de Edno na ponta direita e cruzou para a área. Cáceres apareceu para cabecear e mandou a bola na rede por cima do gol defendido por Weverton.
Aos 21 minutos, o Atlético-PR viu a nova tentativa de ampliar o marcador esbarrar outra vez no goleiro Gatito Fernández. Na meia-lua, Mosquito recebeu de costas para o gol, girou sobre o marcador e finalizou. Fernández, com a ponta dos dedos, conseguiu desviar a bola para escanteio.
O Vitória perdeu sua melhor oportunidade para empatar a partida aos 23 minutos. A defesa do Furacão falhou e a bola sobrou para Edno, que finalizou no peito do goleiro Weverton.
Dois minutos mais tarde, o Atlético-PR marcou o segundo gol. Hernani recebeu na ponta direita e decidiu arriscar para o gol. O chute saiu com velocidade e morreu no canto direito de Fernández, que não conseguiu chegar à bola.
FICHA TÉCNICA:
Campeonato Brasileiro: 21ª rodada
Data: 14/07/2014 [domingo]
Horário: 18h30
Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES) 
Auxiliares: Ramires Santos Candido (ES) e Fabio Faustino dos Santos (ES)
Atlético Paranaense: Weverton; Mário Sérgio, Gustavo, Cleberson e Willian Rocha; Deivid, Hernani e Bady; Coutinho (Sidcley, aos 26' do 2º tempo), Marcelo (Paulinho Dias, aos 38' do 2º tempo) e Dellatorre (Mosquito, aos 9' do 2º tempo).
Técnico: Claudinei Oliveira
Vitória: Roberto Junior; Nino, Luiz Gustavo, Kadu e Juan; Welison (Edno, no intervalo), Caceres (Beltran, aos 33' do 2º tempo), Richarlyson e Marcinho; Dinei e Escudero (Willie, aos 40' do 1º tempo).
Técnico: Ney Franco.
Gols: Marcelo, aos 29' do 1º tempo (Atlético Paranaense); Hernani, aos 25' do 2º tempo (Atlético Paranaense).
Cartões amarelos: Welison (Vitória/5' do 1º tempo), Willie (Vitória/10' do 2º tempo), Willian Rocha (Atlético Paranaense/43' do 2º tempo).
Cartões vermelhos: -
Público: 17.057
Renda bruta: R$ 202.710,00.

sábado, 13 de setembro de 2014

Vencer ou vencer:Atlético recebe o Vitória na arena,para voltar a vencer.


Nesse domingo as 18:30 na arena o furacão volta a campo contra o Vitoria,para finalmente quebrar o jejum de jogos no brasileirão e voltar a pontuar na tabela,após a derrota contra o Grêmio o técnico Claudinei Oliveira criticou a falta de atenção da equipe por ter levado o gol no último minuto da partida.Para a partida desse domingo o furacão terá novidades na equipe já que não poderá contar com alguns jogadores que vinham sendo titulares nos últimos jogos.

O TIME:

Para a partida,o treiandor do furacão não poderá contar com o volante João Paulo suspenso com o terceiro amarelo Paulinho Dias e Hernani brigam pela posição,outro que fica de fora e Marcos Guilherme também suspenso Bady,Carlos Alberto e Mosquito brigam pela vaga,na lateral direita Suelinto continua de fora e Mario Sergio será mantido na lateral direita.Já na zaga fica a dúvida já que Léo Pereira está de volta d a seleção de base e disputa uma vaga na zaga isso que Gustavo deve fazer sua estréia e William Rocha deve ser mantido no setor Draúsio ainda é dúvida para a partida,lembrando que Douglas Coutinho também está de volta e fica a disposição.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-PR x Vitoria.
Local:Arena da baixada,Curitiba
Horário:18:30
Data:14/09/2014
Motivo:Campeonato Brasileiro 2014.
Arbitro:Pablo dos Santos Alves
Auxiliares:Ramires Santos Candido e Fabio Faustino Dos Santos

Atlético-PR:Weverton;
Mário Sérgio (Sueliton), Gustavo (Cleberson), Willian Rocha (Dráusio) e Natanael;
Deivid, Hernani (Paulinho Dias), Nathan (Bady, Carlos Alberto ou Sidcley);
Marcelo, Dellatorre e Douglas Coutinho.Téc:Claudinei Oliveira

Vitoria:Júnior Fernandez;
Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Kadu e Juan;
Adriano, Luis Caceres, Richarlyson, Escudero e Marcinho;
Dinei.Téc:Ney Franco.

Relembre Atlético e Vitória no primeiro turno.


De olho no inimigo:Informações do Vitória:


Na vice lanterna do brasileirão,o Vitória vem a Curitiba embalado pela vitoria contra o Internacional na rodada passada,time comandado por Ney Franco encerrou na manhã desse sábado a preparação pra o duelo contra o furacão na arena e tentar sair dá péssima posição que está na tabela.Com os treinamentos finalizados o rubro negro baiano deve ir a campo com:Roberto Fernández; Richarlyson, Nino, Ayrton, José Welison, William Henrique, Willie, Escudero, Edno, Marcinho e Luiz Gustavo.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Zagueiro novo na baixada:Gustavo é novo reforço do Atlético.


A diretoria do Atlético anunciou oficialmente a contratação do zagueiro Gustavo de 32 anos,o jogador estava no Paraná Clube e vem a pedido do treinador Claudinei Oliveira que trabalhou com o jogador no time da vila Capanema.O jogador chega com o objetivo de ajudar a suprir os defeitos da defesa do time que hpje é uma das mais vazada do brasileirão,além do Paraná Gustavo também teve passagens por Palmeiras,Botafogo,Portuguesa e futebol do exterior a seguir confira a ficha completa do novo zagueiro rubro negro.

Ficha técnica:

Nome: Gustavo Franchin Schiavolin
Data de Nascimento: 19 de fevereiro de 1982 [32 anos]
Local de nascimento: Campinas (SP)
 Clubes onde atuou: Guarani (SP), Levski Sofia (Bulgária), Dynamo Moskva (Rússia), Goiás (GO), Ponte Preta (SP), CBR (AL), Paraná Clube (PR), Palmeiras (SP), Cruzeiro (MG), Vasco da Gama (RJ), Lecce (Itália), Botafogo (RJ), Portuguesa (SP) e Qingdao Jonoon (China).
 Títulos conquistados: Campeonato Búlgaro - 2002 (Levski Sofia), Campeonato Paranaense - 2006 (Paraná Clube), Campeonato Paulista - 2008 (Palmeiras) e Campeonato Mineiro - 2009 (Cruzeiro).

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Veja o gol da derrota do Atlético para o Grêmio.


Castigo no fim:Atlético joga bem,mas é derrotado aos 47 do segundo tempo.


Que a partida seria complicado já era esperado,o que não se esperava era uma derrota dolorida aos 47 do segundo tempo,foi assim que o Atlético foi derrotado pelo Grêmio em Porto Alegre com um gol de Barcos no último lance do do jogo.Com a derrota o rubro negro vai sete jogos sem vencer no brasileirão e fica na décima segunda posição no campeonato na próxima rodada o furacão volta a campo contra o Vitória na arena da baixada.

O JOGO:

 Bem postado atrás e valorizando a posse de bola, o Atlético-PR fez um bom primeiro tempo na noite chuvosa da Arena do Grêmio. A equipe de Curitiba equilibrou as ações e evitou a natural pressão inicial do time da casa. O primeiro chute a gol, inclusive, foi do Furacão: aos 20 minutos, Marcelo fez boa jogada individual pelo meio e chutou à esquerda de Marcelo Grohe.
O Grêmio teve duas boas chegadas na sequência: aos 21, Barcos fez a parede e Ramiro chutou para ótima espalmada de Wéverton. Na jogada seguinte, Matheus Biteco levantou para a área, Barcos dominou com categoria, limpando a marcação, e deu um toquinho ao lado da trave. Aos 27, Luan arriscou e levou perigo ao gol do Furacão.
O Atlético-PR só chegou com real perigo nos minutos finais. Aos 37, Natanael cruzou, Marcelo cabeceou e a bola passou perto. A seguir, Felipão decidiu abrir o time, retirando o volante Walace e colocando em seu lugar Giuliano. No entanto, foi o time visitante quem terminou o primeiro tempo jogando melhor. Aos 44, Dellatorre cabeceou após escanteio, Marcelo Grohe fez milagre com uma mão e pegou o rebote após corte de Geromel.
O Grêmio começou o segundo tempo tentando forçar o ritmo. Aos quatro minutos, Ramiro cruzou de primeira e Giuliano chegou para concluir na área, mas foi travado. Aos 13, Matías Rodríguez cruzou, Giuliano mandou de cabeça e Wéverton pegou firme. A seguir, Ramiro mandou de fora da área com perigo. O Atlético-PR só ameaçou aos 19, com um chute violento de Marcelo do meio da rua que raspou o travessão.
Aos poucos a pressão foi arrefecendo e a torcida perdendo a paciência na Arena. Aos 27, Barcos fez boa jogada pela esquerda e rolou para Dudu, mas o chute do atacante desviou na zaga e saiu. Zé Roberto teve boa chance aos 43, em bom passe de Fernandinho, mas a zaga cortou duas vezes. No final, os erros de passe enervaram de vez o torcedor, que perdeu a paciência com o meia Giuliano. A partida parecia se arrastar para um sonolento 0 a 0, até que Barcos recebeu lançamento na área, matou no peito, e bateu de giro, marcando um golaço e dando a vitória ao Grêmio.
FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 1 x 0 ATLÉTICO-PR
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 10 de setembro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ) 
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)
Cartões amarelos: Ramiro e Geromel (Grêmio); Marcos Guilherme, João Paulo e Natanael (Atlético-PR)
GOL
GRÊMIO: Barcos, aos 46 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace (Giuliano), Ramiro e Matheus Biteco; Luan (Fernandinho), Barcos e Dudu (Lucas Coelho)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
ATLÉTICO-PR: Wéverton; Mário Sérgio, Cléberson, Willian Rocha e Natanael; Deivid, João Paulo, Nathan (Sidcley) e Marcos Guilherme (Hernani); Marcelo e Dellatorre (Mosquito)
Técnico: Claudinei Oliveira

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Para espantar a má fase:Furacão enfrenta o Grêmio em Porto Alegre pra voltar a vencer.


Na noite dessa quarta feira em Porto Alegre o Atlético vai mais uma vez buscar a vitória,e quebrar o jejum de 5 jogos sem sentir o gosto da vitória,contra o Grêmio na arena de Porto Alegre o técnico Claudinei Oliveira monta uma equipe objetiva que possa fazer um jogo equilibrado e surpreenda o time gaúcho.Embora o retrospecto não seja muito a favor do furacão contra o tricolor de Porto Alegre o furacão tenta fora de casa um melhor desempenho para começar o segundo turno e repetir o resultado do inicio do campeonato onde venceu o time gremista.E para voltar a vencer o técnico Claudinei Oliveira deverá fazer mudanças na equipe titular.

O TIME:

Umas dessa mudanças será forçada já que Dráusio foi vetado pelo DM e fica de fora Willian Rocha deve ser a novidade na zaga ao lado de Cleberson,na lateral direita Sueliton segue de fora e Mário Sergio permanece no setor já no meio de campo a dúvida esta entre João Paulo e Paulinho Dias lembrando também que Cléo que esta lesionado e Douglas Coutinho que está na seleção sub-20 também estão de fora,Dellatorre será o companheiro de Marcelo no ataque.Outra novidade estará no banco de reservas,o meia Carlos Alberto que estava emprestado ao Santa Cruz está de volta e ficara a disposição de Claudinei Oliveira.

RELACIONADOS:

Goleiros: Santos e Weverton
Lateral-direito: Mário Sérgio
Zagueiros: Cleberson e Ricardo Silva
Laterais-esquerdo: Natanael, Sidcley e Willian Rocha
Volantes: Deivid, Hernani, João Paulo e Paulinho DIas
Meias: Bady, Carlos Alberto, Marcos Guilherme e Nathan
Atacantes: Bruno Mendes, Dellatorre, Marcelo e Mosquito


Ficha técnica:

Grêmio x Atlético-PR
Local:Arena Grêmio,Porto Alegre
Horário:19:30
Data:10/09/2014
Motivo:Campeonato Brasileiro
Arbitro:Marcelo de Lima Henrique
Assistentes:Luiz Claudio Regazone e Gilberto Stina Pereira.

Grêmio:Marcelo Grohe;
Matías Fernandez, Pedro Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto;
Walace (Ramiro), Matheus Biteco, Riverose Giuliano;
Dudu e Barcos.Téc:Luis Felipe Scolari

Atlético-PR:Weverton; 
Mário Sérgio, Willian Rocha, Cleberson e Natanael; 
Deivid, João Paulo (Paulinho Dias), Nathan e Marcos Guilherme; 
Marcelo e Dellatorre.Téc:Claudinei Oliveira.