Complicou:Atlético perde para o Grêmio e se complica na Copa do Brasil.


O furacão tornou difícil sua missão na Copa do Brasil,o furacão foi derrotado pelo Grêmio por 1a0 na arena e se complicou na competição,com um gol sofrido no inicio da partida o rubro negro não s encontrou na primeira etapa e mesmo com uma melhora no tempo final não chegou ao gol de empate.Na partida de volta o furacão terá que vencer por 2 gols de diferença para garantir a vaga nas quaras de final da competição.

O JOGO:

 O Furacão entrou em campo com algumas modificações, táticas, as principais sendo Rafael Galhardo atuando como meia e a estreia do atacante Luan. A partida começou movimentada, com os dois times procurando jogo. Mas quem saiu na frente foi o Tricolor. Depois de um ataque desperdiçado pelo rubro-negro, o contra-ataque sobrou para Bolaños tocar na saída de Weverton e marcar.
O gramado parecia muito escorregadio e atrapalhava o próprio time da casa. Aos 13 minutos, o estreante Luan tentou partir para a jogada individual, mas o arremate ficou travado na defesa gremista. A resposta veio com o Luan do Grêmio, que apareceu meio da defesa e fuzilou para defesa de Weverton. Só dava Tricolor e, aos 26 minutos, Edílson chutou de longe pra intervenção do arqueiro atleticano.
O torcedor estava impaciente, especialmente pela sequência de resultados ruins no Brasileirão e pela saída de alguns jogadores, como Walter, que teve o nome gritado. Aos 30 minutos, Douglas tentou encontrar Ramiro na área, mas Weverton deixou a meta para segurar a bola. Aos 37 minutos, Luan partiu para cima da defesa rubro-negra, abriu espaço, e soltou o pé, pela linha de fundo.
Para a etapa final, o Furacão voltou com João Pedro e Juninho nos lugares de Rafael Galhardo e Marcos Guilherme. Logo aos dois minutos, Douglas serviu Bolaños, que entrou na área e conseguiu chutar para fora. Na resposta, aos quatro minutos, cruzamento de João Pedro e Luan arrematou de primeira, por cima da meta. O Atlético voltou mais acordado e tentava pressionar.
João Pedro, que entrou bem na partida, encontrou André Lima entrando na área, aos 12 minutos, mas o atacante desviou direto pela linha de fundo. Aos 26 minutos, Walace voltou a aparecer, mas o chute saiu raseiro , fácil para Weverton. O troco veio aos 30, com André Lima atestando para grande defesa de Grohe. O torcedor, nas arquibancadas, revoltados com a diretoria, arrancavam as faixas. . Aos 42 minutos, André Lima chutou cruzado, Juninho desviou, mas não era dia do ataque rubro-negro.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 0 X 1 GRÊMIO
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 24 de agosto de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Cartões amarelos : Thiago Heleno (Atlético-PR); Marcelo Oliveira (Grêmio)
Gols
GRÊMIO: Bolaños, aos 06 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Rafael Galhardo (João Pedro); Marcos Guilherme (Juninho), Luan (Giovany)e André Lima.
Técnico: Paulo Autuori
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson e Ramiro; Douglas, Miller Bolaños e Luan
Técnico: Roger Machado