Aqui é furacão:Atlético derrota o Flamengo, é assume a liderança do grupo.


Jogaço,assim foi o duelo entre furacão e Flamengo na arena e com um começo arrasante do furacão que como sempre ditou a partida dentro da arena,no que resultou em uma vitória de 2a1 contra os cariocas e a liderança do grupo 4 da Libertadores.Os gols do furacão foram marcados por Thiago Heleno ainda na primeira etapa,e Felipe Gedoz aumentou na etapa final enquanto Willian Arão descontou para os cariocas no fim do jogo.Agora o rubro precisa de uma vitoria diante o San Lorenzo para avançar as oitavas de finais da libertadores.

O JOGO:

 A atmosfera, como gosta de falar o técnico Paulo Autuori, era a melhor possível para o Furacão, com a torcida lotando a Arena, com direito a festa na recepção e mosaico. Com a bola rolando, o time da casa começou tocando a bola e tentando pressionar, no embalo das arquibancadas. A defesa carioca suportava bem, mas tinha dificuldade para sair jogando.
O primeiro grande momento surgiu aos sete minutos, depois de chute de Otávio que sobrou nos pés de Nikão. O atacante invadiu a área, disparou uma bomba e carimbou a trave direita de Muralha. O Flamengo respondeu aos 11 minutos, com William Arão cruzado e Guerrero batendo travado com a zaga, ganhando o escanteio. Após a cobrança, Rômulo ganhou da defesa e testou pela linha de fundo.
O time carioca subiu de produção após o sufoco e, aos 13 minutos, Guerrero partiu em velocidade, com liberdade, abriu o espaço e finalizou no cantinho, pela linha de fundo. A animação do torcedor aos poucos dava lugar à tensão. Aos 21 minutos, Trauco chutou colocado e Weverton defendeu sem maior dificuldade. A disputa era equilibrada, com poucas chances reais.
Guerrero partiu para a jogada individual, aos 31 minutos, entrando na grande área e chutando em cima de Thiago Heleno. Mas, aos 35 minutos, após cobrança de falta, Thiago Heleno desviou de cabeça, a bola encobriu Muralha e foi para o fundo da rede. Gabriel avançou com a bola, aos 42 minutos, mas no momento do passe, entregou ao adversário.
Para a etapa final, as equipes retornaram sem modificações. Aos dois minutos, Guerrero serviu Pará, que chutou cruzado para defesa de Weverton. Na sequência, Truco arrematou e Guerrero, impedido, empurrou para o gol. O árbitro anulou o lance. Com cinco minutos, Lucho pediu para sair e Felipe Gedoz foi para o jogo pelo Atlético. Willian Arão, aos oito minutos, dominou, escolheu um canto, mas chutou no meio do gol, nas mãos de Weverton.
Eduardo da Silva conseguiu sua primeira finalização aos 11 minutos, colocado, obrigando Muralha a fazer uma boa intervenção. O Flamengo buscava mais o campo de ataque, mas o Atlético estava bem fechado, esperando pelos contra-ataques, mas com dificuldade para sair. Zé Ricardo apostou nas entradas de Leandro Damião e Matheus Sávio. A dupla criou a primeira oportunidade aos 27 minutos, mas a bola cruzou a área.
Pressão carioca, aos 29 minutos, primeiro com Damião cravando a bola no travessão e, no rebote, Guerrero testando para defesa de Weverton. Aos 32 minutos, Guerrero abriu espaço e soltou o pé para mais uma defesa do goleiro atleticano. Damião entrou bem, mas perdeu mais um de cabeça, aos 37 minutos, sem goleiro. A defesa do Furacão só assistia e torcia. O alívio veio aos 43 minutos, com Gedoz recebendo na área e, livre, batendo forte para a rede. Ainda deu tempo para um susto. Aos 44 minutos, depois de confusão na área, Willian Arão completou para o gol para descontar. Porém, desta vez a reação parou aí..
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 2 X 1 FLAMENGO
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 26 de abril de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Luis Murillo (Venezuela) e Jorge Urrego (Venezuela)
Cartões amarelos: Weverton (Atlético-PR); Guerrero, Rafael Vaz (Flamengo)
Gols
ATLÉTICO-PR : Thiago Heleno, aos 35 minutos do primeiro tempo e Felipe Gedoz, aos 43 minutos do segundo tempo
FLAMENGO: Willian Arão, aos 44 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR : Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Rossetto (Wanderson) e Lucho González (Felipe Gedoz); Nikão, Douglas Coutinho (João Pedro)e Eduardo da Silva.
Técnico: Paulo Autuori
FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Rever, Rafael Vaz e Renê (Matheus Sávio); Márcio Araújo, Rômulo (Leandro Damião), Willian Arão, Trauco e Gabriel; Paolo Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo

Mais reforço:Atlético anuncia a contratação do meia Guilherme.


O Furacão anunciou mais um reforço para a temporada de 2017,se trata do meia Guilherme de 28 anos que chega junto ao Corinthians onde não vinha tendo oportunidades.O jogador que inciou sua carreira no Cruzeiro onde ganhou muito destaque também tem passagem pelo futebol russo e pelo Atlético-MG onde também obteve destaque até se transferir para o clube Paulista o jogador chega ao furacão por empréstimo ate o fim de 2018,a seguir confira a ficha técnica do novo reforço do furacão.

Ficha Técnica:

Nome: Guilherme Milhomem Gusmão

Data de nascimento: 22/10/1988 [28 anos]

Local de nascimento: Imperatriz (MA)

Clubes em que atuou: Cruzeiro, Dínamo de Kiev [Ucrânia], CSKA [Rússia], Atlético Mineiro, Antalyaspor [Turquia], Corinthians e Seleção Brasileira Sub-20.

Títulos conquistados: Campeonato Mineiro (2008, 2012, 2013 e 2015), Campeonato Ucraniano (2008/2009), Supercopa da Ucrânia (2009/2010), Conmebol Libertadores Bridgestone (2013), Recopa Sul-Americana (2014) e Copa do Brasil (2014).