domingo, 3 de fevereiro de 2019

Com uma atuação fraca Athletico fica no empate com o Paraná.




Na tarde chuvosa de Curitiba o Athletico voltou a mostrar limitações técnicas e táticas e não passou de um empate em 1a1 com o Paraná na Vila Capanema,o gol de empate do rubro negro foi anotado por Vitinho na segunda etapa de jogo o furacão até melhorou após o gol porém não o suficiente para chegar a vitória.O resultado ainda mantém as chances de classificação do furacão as finais da taça Barcimio Sicupira vivas para a última rodada contra o Cianorte na arena.

O JOGO:


O Tricolor começou com mas ação em campo, tentado impor o ritmo. Aos três minutos, André fez bela jogada individual, mas, a hora do cruzamento, foi travado pela defesa, ganhando ainda o escanteio. O Furaca tocava bola, esperando por espaços que não apareciam. Mas, aos 11 minutos, Fernando Neto cruzou do fundo e Jenison apareceu com liberdade para testar e abrir o placar.
O time da casa seguia melhor. Aos 17 minutos, Higor Leite cobrou falta direto e Léo deixou a meta para defender. Colombiano Anderson Plata tentou resolver sozinho para o Furacão, aos 19 minutos, deixou quatro jogadores para trás, mas também ficou sem a bola. O técnico Dado Cavalcanti precisou queimar a primeira mudança, com Rafael Carioca saindo lesionado para a entrada de Alesson.
Partida ficou mais trincada, com muitas falta e erros dos dois lados. Aos 29 minutos, Eder chutou o chão e entregou nos pés de Jenison, que mandou a bomba para fora. Contra-ataque nos pés de Andrey, que carregou a bola e arrematou para defesa de Léo. O Rubro Negro chegou com algum perigo mesmo apenas aos 42 minutos, com Bergson dando o passe e Marquinho batendo para defesa de Thiago Rodrigues;
Para a segunda etapa, o Athletico voltou com Vitor Naum no lugar de Reginaldo. Aos dois minutos, pegando rebote de escanteio, Alesson pegou de primeira e mandou por cima da meta. Aos três minutos, mais Tricolor, Com Fernando Neto invadindo a área, mas só recuando para Léo. O jogo ficou mais aberto na Vila, mesmo com a chuva castigando.
Higor Leite tentou surpreende o goleiro Léo em cobrança de falta, aos 12 minutos, mas o atleticano foi buscar no cantinho. A resposta veio com Matheus Anjos, com uma bomba que Thiago Rodrigues defendeu. Aos 24 minutos, correria com Alesson, mas a conclusão do lance foi ruim, com um chute sem direção. A resposta veio com Bruno Rodrigues, que deu trabalho para o goleiro paranista.
Thiago Rodrigues começou a trabalhar e, aos 27 mitos, Bergson testou firme e o goleiro pegou. Aos 33 minutos, Maicosuel recebeu na área, escolheu o canto, e deu um tapa pela linha de fundo. Até que, aos 37 minutos, Matheus Anjos chutou, Thiago deu rebote e Vitor Naum cabeceou para a rede e marcou, mantendo o Furacão na briga por vaga nas semifinais.
Ficha Técnica:

PARANÁ CLUBE 1 X 1 ATHLETICO
Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 03 de fevereiro de 2019, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Joao Fabio Machado Brischiliari
Cartões amarelos: Andrey, Eder Sciola (Paraná); Bergson, Marquinho, Éder, Bambu (Athletico)
Cartão vermelho: Erick (Athetico)
Gols
PARANÁ: Jenison, aos 11 minutos do primeiro tempo
ATHLETICO: Vitor Naum, aos 37 minutos do segundo tempo

ATHLETICO: Léo; Reginaldo (Vitor Naum), Bambu, Eder, Nicolas; Erick, Marquinho; Matheus Anjos e João Pedro (Demethryus); Anderson Plata (Bruno Rodrigues) e Bergson
Técnico: Rafael Guanaes

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Fernando Timbó e Guilherme Santos;
Luiz Otávio, Fernando Neto e Higor Leite (Maicosuel); Andrey (Keslley), Rodrigo Carioca (Alesson) e Jenison
Técnico: Dado Cavalvanti.


Visão de jogo:Ficamos no lucro:

Definitivamente ficou comprovado diante o Paraná Clube como a formação da equipe de aspirantes está equivocada,além da falta de qualidade individual de alguns atletas especialmente Reginaldo que talvez tenha sido o simbolo do time atrapalhado que entrou em campo na Vila Capanema.Além disso a fragilidade técnica também ficou escancarada em um time que não criou praticamente nada no primeiro tempo e na etapa final teve lampejos ofensivos onde chegou ao gol graças a Vitinho que entrou no segundo tempo.

Ponto positivo?exatamente a entrada de Vitinho e também Demetrhyus que mostraram em pouco tempo que dentro dessa atual formação do técnico Rafael Guanaes são titulares absolutos,que podem render muito individualmente a partir do momento que tiverem sequência e também ajudar no crescimento coletivo da equipe que ainda não rendeu na competição,agora resta poucas chances no primeiro turno do estadual mas resta um fio de esperança para que Rafael Guanaes finalmente reveja seus conceitos.

Veja Como foi o Jogo:

















                                                        










Athletico enfrenta o Paraná em jogo decisivo na Vila Capanema.


Na tarde desse domingo o Athletico enfrenta o Paraná na Vila Capanema em um jogo que se torna decisivo,não só pelo fato de uma vitória dar sobrevivência dentro da taça Barcimio Sicupira mas também o resultado da partida pode dar outro caminho ao trabalho na equipe de aspirantes principalmente ao técnico Rafael Guanaes que até aqui ainda não convenceu no comando do time rubro negro.Assim o jogo dessa tarde se transforma em divisor de águas principalmente para Guanaes que mais uma vez terá a oportunidade de mostrar algo diferente que melhore o rendimento do time.

A FORMAÇÃO:

Quanto a formação da equipe é pouco provável que o treinador faça algo diferente em relação aos demais jogos,e mesmo com o baixo rendimento na derrota para o Coritiba,Guanaes mais uma vez deverá repetir a equipe diante o Paraná na Vila para tentar a segunda vitória e seguir vivo na taça Sicupira com isso o furacão deve ir a campo com:Léo;Reginaldo,Éder,Bambu e Nicolas;Marquinho,Erick,João Pedro e Matheus Anjos;Plata e Bergson. 

De olho no adversário:O Paraná Clube:

Assim como o furacão o Paraná precisa da vitória para se manter vivo na taça Sicupira,com apenas uma vitória o tricolor joga sua ultima cartada contra o furacão para seguir na briga para a partida,o técnico Dado Cavalcanti terá a volta dos jogadores Éder Sciola,Luiz Otávio e Jenison que devem começar como titulares após serem polpados na partida contra o Maringá com isso o Paraná deve ir a campo com:Thiago Rodrigues;Éder Sciola,Rodolfo,Fernando Timbó e Guilherme Santos;Fernando Neto,Luiz Otávio e Higor Leite;Alesson,Rodrigo Carioca e Jenison.





Ficha Técnica:

PARANÁ CLUBE X ATHLETICO
Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 03 de fevereiro de 2019, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Joao Fabio Machado Brischiliari

ATHLETICO:Léo;Reginaldo,Éder,Bambu e Nicolas;Marquinho,Erick,João Pedro e Matheus Anjos;Plata e Bergson. 
Técnico: Rafael Guanaes


PARANÁ: Thiago Rodrigues;Éder Sciola,Rodolfo,Fernando Timbó e Guilherme Santos;Fernando Neto,Luiz Otávio e Higor Leite;Alesson,Rodrigo Carioca e Jenison.
Técnico: Dado Cavalvanti.
Relembre o último duelo entre Athletico e Paraná.