Firme na luta:Atlético vence o Cruzeiro e volta ao G-6.


Foi no sufoco mais o furacão fez mais uma vez valer seu retrospecto como mandante,o furacão bateu o Cruzeiro na arena por 1a0 na tarde desse sábado e retornou ao G-6 do brasileirão,com um gol contra do ex atleticano Manoel o rubro negro conseguiu segurar o resultado positivo e assim garantiu mais três pontos na tabela.Na próxima rodada o furacão vai até Salvador encarar o Vitória.

O JOGO:

Em alta velocidade. Assim começou a disputa, com as duas equipes tentando encontrar os melhores espaços do campo. Aos três minutos, Léo partiu sozinho com a bola para cima da defesa mineira e teve sucesso até ser travado por Bruno Rodrigo. Aos poucos, empurrado pelo torcedor, o Furacão se soltava. Aos sete minutos, confusão na área, a bola sobrou para André Lima, que arrematou em cima de Rafael.
Com uma bomba, aos 13 minutos, Hernani assustou Rafael em cobrança de falta. Mas, após a cobrança de escanteio, Pablo desviou de cabeça, a bola desviou em Manoel e foi para o fundo das redes. O Cruzeiro tentou responder, com William, que recebeu com liberdade, mas em posição de impedimento. A Raposa tentava acordar, mas o Rubro-Negro estava bem postado em campo.
Troca de passes na frente da área atleticana, aos 28 minutos antes de a bola sobrar para Bryan arriscar o chute, nas mãos de Weverton. Aos 31 minutos, após lançamento na medida, Alisson invadiu a área e Paulo André apareceu para fazer a cobertura e tranquilizar tudo por ali. O Atlético tentava manter a posse de bola, esperando por espaço e deixando o tempo correr. Aos 40 minutos, Arrascaeta saiu em velocidade para ao contra-ataque, mas antes de chegar à área foi derrubado.
Para o segundo tempo, as equipes retornaram sem alterações. A Raposa veio com mais disposição, e passou a ficar mais com a bola os pés. Aos sete minutos, Bruno Ramires partiu com a bola nos pés e cruzou pra Bryan, que se esticou todo, mas não conseguiu desviar para seu objetivo final. Autuori sentiu a pressão adversária crescer e apostou na entrada de Nikão no lugar de Lucas Fernandes.
Mais Cruzeiro no ataque, aos 12 minutos, com Ariel Cabral colocando na cabeça de Bruno Ramires, que mesmo sozinho estou pela linha de fundo. Lançamento em velocidade para Willian, aos 17 minutos, mas Weverton estava ligado para deixar a meta e interceptar. A aposta de Mano Menezes, aos 23 minutos, foi a entrada de Rafael Sóbis, sentindo que era possível buscar pelo menos o empate.
Manoel apareceu na frente, aos 28 minutos, para tentar resolver e quase conseguiu com uma bela cabeça que parou em Weverton. O zagueiro também apareceu com destaque, negativo, na outra ponta, aos 31 minutos, desviando chute de Nicolas para sua própria meta e por pouco não marcando mais um gol contra. Aos 38 minutos, Alisson invadiu a área e fuzilou para Weverton mais uma vez garantir a vitória. Já nos acréscimos, Bruno Rodrigo carimbou o travessão, mas ficou só no susto.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 CRUZEIRO
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 29 de outubro de 2016, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Assistentes: Marcia Bezerra Lopes Caetano (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Cartões amarelos: Thiago Heleno (Atlético-PR); Bruno Rodrigo (Cruzeiro)
Gols
ATLÉTICO-PR: Manoel (contra), aos 13 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio, Hernani, Lucho González (João Pedro) e Lucas Fernandes (Nikão); Pablo e André Lima (Matheus Rosseto)
Técnico: Paulo Autuori
CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Bruno Rodrigo e Bryan; Bruno Ramires (Rafael Sóbis), Ariel Cabra, Romero e Arrascaeta (Alex); Alisson e Willian (Ábila)
Técnico: Mano Menezes
Veja como foi o jogo: