domingo, 14 de abril de 2019

Athletico leva gol no fim e perder a primeira partida da final.


O Athletico acabou sendo derrotado na partida de ida da final do Campeonato Paranaense,jogando em Toledo o furacão teve mais a posse de bola mas encontrou muitas dificuldades para furar a retranca do time da casa.E pra completar pagou caro no fim da partida por um ero defensivo onde acabou levando o gol e voltando para Curitiba com a derrota,no jogo de volta na arena o furacão precisa de uma vitória por dois gols para levantar a taça no tempo normal,ou apenas um para levar a decisão para os pênaltis.

O JOGO:

O jogo começou morno, com o Furacão garantindo a posse de bola, no seu estilo, mas sem buscar o ataque. A primeira chance, aliás, foi do Porco, aos cinco minutos, com Júlio pacato invadindo a área e batendo cruzado, pela linha de fundo. Aos oito minutos, sem opções, Robson Bambu avançou e soltou pé, para longe do gol.
O jogo tinha poucas emoções para uma decisão, sem ninguém se arriscar, apenas alguns chutes despretensiosos, de longe. Aos 14 minutos, falta na lateral da área, Marquinho cobrou, mas exagerou na força, desperdiçando a oportunidade. Aos 20 minutos, sobra de bola nos pés de Erick, que mandou a bomba para defesa de André Luiz. Bergson tentou encontrar alguém na área, aos 27 minutos, mas o cruzamento passou por todo mundo.
Mesmo jogando em casa, o Porco jogava fechado, sem errar, esperando, quem sabe, por uma bola. Aos 37 minutos, Wainy girou na área, mas não conseguiu espaço para o arremate, sendo travado pela defesa rubro-negra. Sem conseguir penetrar na defesa, Jaderson, aos 38 minutos, mandou mais um chute de longe, isolando a bola. Bergson, aos 45 minutos, tentou encobrir o goleiro, mas não conseguiu.
Para a etapa final, as equipes voltaram sem alterações. O Athletico tentava impor seu ritmo, com um pouco mais de velocidade, mas ainda com dificuldade de penetração. Aos sete minutos, Bergson recebeu na área, foi travado, ficou no chão, e o árbitro mandou o jogo seguir.
O Porco era só defesa e pouco conseguia ficar com a bola nos pés. Os treinadores começaram a mexer nos times tentando mais movimentação. Rafael Guanaes optou pelas entradas de Gabriel Poveda e Demethryus. Aos 23 minutos, Vitinho fez o corte na zaga e chutou para grande defesa de André Luiz, com o rosto.
Cobrança de falta para o Furacão, aos 32 minutos, e Bergson bateu mal, carimbando a barreira. A chuva veio forte no oeste do Estado e o ritmo caiu ainda mais em campo. Aos 37 minutos, Vitinho fez o cruzamento e Poveda apareceu para acertar um belo voleio, para fora. Na resposta, aos 40 minutos, Marcelinho chutou forte e Léo espalmou pela linha de fundo. Mas, aos 49 minutos, Fandinho aproveitou cruzamento para subir e desviar para o fundo das redes.
Ficha Técnica:
TOLEDO 1 X 0 ATHLETICO
Local: Estádio 14 de Dezembro, em Toledo (PR)
Data: 14 de abril de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Sígari Zanon
Assistentes: João Fábio Machado Brischiliari e Felipe Gustavo Schmidt
Cartões amarelos: Everton (Toledo); José Ivaldo, Erick, Marquinho (Athletico)
Gols
TOLEDO : Fandinho, aos 47 minutos do segundo tempo

TOLEDO : André Luiz; Everton, Eduardo Luiz, Fandinho e Matheus Duarte; Jonathan, Kevin (Léo Teles), Pacato e Revson; Eduardinho (Marcelinho) e Wainy (Guilherme Rend)
Técnico: Agenor Piccinin

ATHLETICO Léo; Lucas Halter, José Ivaldo e Robson Bambu; Khellven, Erick, Christian (Demethryus) e Marquinho (Matehus Anjos); Vitinho, Jáderson (Gabriel Poveda) e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes
Visão de jogo:Athletico esbarra na falta de criatividade.
A partida do furacão em Toledo foi muito abaixo do que se esperava,antes da partida já era previsto um adversário fechado jogando por uma bola e foi isso que aconteceu,e aconteceu também que o furacão não soube quebrar essa barreira e anda pagou por uma falha defensiva que custou a derrota.
Muito se falou das condições do campo devido o gramado alto,mas tenham certeza que não foi isso que originou a derrota,mas sim a falta de criatividade da equipe para furar o bloqueio do Toledo,e o baixo rendimento de jogadores chaves do time com Marquinho,Jaderson e Bergson que mais uma vez estiveram em tarde ruim.Agora o rubro negro terá a força da arena para reverter a vantagem do porco e chegar ao titulo porém precisa jogar como uma decisão coisa que não fez nesse domingo.
Veja como foi o jogo: