domingo, 10 de fevereiro de 2019

Athletico derrota o Cianorte mas é eliminado do Paranaense.


O aspirantes do furacão finalmente venceu a primeira em casa,o time derrotou o Cianorte por 1a0 com um gol anotado pelo garoto Bruno Leite que entrou na segunda etapa,mesmo com o resultado o rubro negro foi eliminado da taça Barcimio Sicupira já que precisava de uma combinação de resultados para seguir na competição.

O JOGO:

Com um time muito modificado devido a uma série de problemas o furacão foi a campo em um esquema 3-4-3,e na primeira etapa encontrou muitas dificuldades para chegar a área do Cianorte Bergson foi o primeiro a tentar chegar a meta adversária com um chute de fora da área que levou pouco perigo a meta de Silvio depois foi a vez de Robson Bambu também arriscar de cabeça mas também sem perigo.

Na segunda etapa o rubro negro veio com mudanças,Bruno Leite e Gabriel Poveda entraram na equipe para melhorar a parte ofensiva,porém que chegou primeiro foi o Cianorte com Jovany que cabeçou por cima do gol do geleiro Léo assustando a meta rubro negra.Após isso o furacão acordou e criou as melhores chances com Gabriel Poveda que se destacava pelo lado direito,até que aos nove minutos Bruno Leite invade a área pelo lado esquerdo e chuta rasteiro no canto direito baixo e Silvio que também falhou no lance e assim abrindo o marcador na arena,o furacão teve outras chances mas o placar terminou no 1a0.

Ficha Técnica:

ATHLETICO-PR 1 X 0 CIANORTE
Data: 10 de novembro de 2019 (domingo)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos
Assistentes: Wesley Waldir Marmitt e Welvys Fladerson Gomes Afonso
Público e renda: 4.515/R$ 101.200,00
Cartões amarelos: ATHLETICO-PR: Lucas Halter e Robson Bambu. CIANORTE: Montoya e Willian Formiga
GOLS:
Athletico-PR: Bruno Leite, aos 9 minutos do segundo tempo.

ATHLETICO-PR: Leo, Robson Bambu, Lucas Halter, Nicolas, e Reginaldo (Bruno Leite); Christian, Renzo, Marquinho e Demethryus; Bill (Julian) e Bergson (Gabriel Poveda)
Técnico: Rafael Guanaes



CIANORTE: Silvio, Breno, Montoya, Maurício e Willian Formiga (Matheus Nêgo); Joveny, Guioto e Rafael Carrilho; Paulinho (Filipe Ramon), Fernandinho e Madalena (Rafael Xavier)
Técnico: Cristian de Souza.
Visão de jogo:Tinha que ser melhor.
Fim da linha pro time de aspirantes no estadual,mesmo com a vitória a primeira na arena esse ano a classificação não veio como já era esperado não só pela combinação que era precisa mas também pelo que foi apresentado durante esse primeiro turno.Nesse domingo ficou uma expectativa por conta das mudanças táticas feitas por Rafael Guanaes passando primeiramente para um 3-5-2 que não aconteceu devido a problemas com vários atletas antes da partida.Em meio a isso restou insistir em coisas dos jogos anteriores nas mesmas peças que não rendem,e nas substituições do além que se repetiram mais uma vez.
Por fim no segundo tempo principalmente vimos caras novas como Gabriel Poveda que entrou relativamente bem na partida,Demetryus atuando bem no meio de campo e o garoto Bruno Leite que talvez tenha sido o nome desse time na partida desse domingo não só pelo gol,mas também como uma prova que outros jogadores precisam ser mais utilizados no lugar dos que não renderam nas partidas disputadas até aqui,que o aspirantes dessa temporada ainda não vingou pois o plano dessa equipe não foi seguido a risca principalmente pela comissão técnica indecisa que não deu padrão ao time que embora não seja uma equipe maravilhosa poderia ao menos render amsi do rendeu.
Veja como foi o jogo:

Athletico recebe o Cianorte na arena ainda sonhando com classificação.


Nesse domingo o furacão recebe na arena o Cianorte pela última rodada da taça Barcimio Sicupira,o rubro negro chega a última rodada em situação complicada para buscar classificação a fase final do primeiro turno.Isso por que para se manter vivo na disputa o time do técnico Rafael Guanaes além de derrotar o Cianorte precisa de uma derrota do Operário contra o Coritiba e ainda de tropeços de Maringá e Toledo além é claro do saldo de gols,com isso a situação é complicada em termos de classificação e o treinador rubro negro prepara muitas mudanças na equipe para a partida.

A FORMAÇÃO:

Com problemas para escalar a equipe já que João Pedro lesionado e Érick suspenso ficam de fora da partida,e o baixo rendimento nas partidas anteriores Guanaes optou por mudar o esquema de jogo adotando o 3-5-2 assim Lucas Halter entra na zaga ao lado de Éder e Bambu,além disso Reginaldo que vinha muito mal perde a vaga para Vitinho que deve atuar mais pelos lados do campo quem também ganha oportunidade é Demetryus que pela primeira vez inicia como titular dessa forma o rubro negro deve ir a campo com:Léo;Lucas Halter,Bambu e Éder;Vitinho,Alex Nagib,Marquinho e Nicolas;Matheus Anjos,Demethryus e Bergson.

De olho no adversário:O Cianorte.

Precisando vencer para se classificar o Leão do vale vem completo para a partida,sem desfalques o técnico Cristian de Souza poderá contar com o que tem de melhor para enfrentar o furacão na arena,sendo assim a provável formação do Cianorte é:Silvio;Gerônimo,Montoya,Breno e Willian Formiga;Jovany,Guioto(Carrilho)e Paulinho;Vandinho,Fernandinho e Frontini.







Ficha Técnica:

ATHLETICO X CIANORTE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 10 de fevereiro de 2019
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabio Filipus
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Cesar Silva Nogueira

ATHLETICO: Léo;Lucas Halter,Bambu e Éder;Vitinho,Alex Nagib,Marquinho e Nicolas;Matheus Anjos,Demethryus e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes


CIANORTE: Silvio; Geronimo, Montoya, Breno e Formiga Jovany, Paulinho, Guioto(Carrilho) e Fernandinho; Vandinho e Frontini
Técnico: Cristian de Souza.
Relembre o último confronto entre Athletico e Cianorte: