domingo, 12 de julho de 2015

Vacilou em casa:Atlético desperdiça chances,e perder para o Fluminense na arena.


A bola puniu o furacão na arena,após criar boas chances e buscar o empate após sair atras do placar o rubro negro não foi eficiente nas conclusões e foi derrotado por 2a1 pelo Fluminense na arena com um gol aos 46 do segundo tempo,após sair atras do placar o furacão buscou o empate com Sidcley porém Fred no fim do jogo decretou a vitória dos cariocas,fazendo com que o furacão chegue  sua terceira derrota seguida no brasileirão.N próxima rodada o rubro negro joga novamente em casa contra a Chapecoense.

O JOGO:

No reencontro de Walter com o Fluminense, quem criou a primeira chance com a bola rolando foi o Tricolor, aos dois minutos, com Marcos Júnior, que abriu espaço na entrada da área, mas praticamente recuou para Weverton. A partida era bastante disputada nos primeiros minutos, mas com poucas chances criadas. Aos 13 minutos, foi a vez de Scarpa arriscar nas mãos do goleiro atleticano.
O Furacão aos poucos começava a se soltar e buscar o ataque. Aos 14 minutos, Ytalo chegou no fundo e rolou para Marco Guilherme soltar o pé para defesa de Cavalieri. Três minutos depois, Eduardo cruzou fechado e Antônio Carlos se recuperou para afastar o perigo. Aos 22 minutos, o técnico Milton Mendes foi obrigado a queimar a primeira mudança, com a saída de Marcos Guilherme, lesionado após ser acertado por Edson com jogo já parado, para a entrada de Edigar Junio.
Sem conseguir entrar na defesa carioca, a solução eram os chutes de longe. Aos 30 minutos, Nikão cortou para dentro e arrematou nas mãos de Cavalieri. Na resposta, Fred invadiu a área e mandou o petardo de primeira para defesa de Weverton, no reflexo. Sem Marcos Guilherme o Rubro-Negro perdeu movimentação e qualidade, mas tinha mais posse de bola.
Para o segundo tempo, nenhuma nova mudança nas equipes. E quem esteve muito perto de abrir o placar foi o Fluminense, com Marcos Júnior, que logo no primeiro minuto recebeu cruzamento na pequena área e finalizou para defesa de Weverton. Do outro lado, Walter deu o troco, chutando perigosamente à direita do gol. Até que, aos sete minutos, Gustavo Scarpa recebeu de Fred, ganhou da defesa rubro-negra na velocidade e estufou as redes para abrir o placar.
O Tricolor quase ampliou na sequência, com Wellington Silva, que aproveitou vacilo da zaga atleticana, e de cara para o gol bateu muito mal na bola. Pressão atleticana, aos 17 minutos, primeiro com Walter, que obrigou Cavalieri a fazer grande intervenção e, no rebote, com Nikão, que desperdiçou. Mas, aos 23 minutos, Sidcley, que entrou no segundo tempo para fazer sua reestreia, aproveitou cruzamento de Walter e testou para o fundo das redes para empatar.
O gol animou o Furacão, que foi para cima, mesmo sem Walter, que saiu após sentir lesão. Aos 26 minutos, Ytalo recebeu na marca do pênalti, girou e chutou em cima de Diego Cavalieri. O goleiro trabalhou novamente aos 35 minutos, parando chute de Jadson. Aos 37 minutos, Natanael cruzou na medida e Sidcley desviou por cima da meta. Cansados, os times tentaram alguma coisa nos minutos finais, mas erravam demais. Até que, aos 48 minutos, Fred aproveitou contra-ataque para garantir os três pontos.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 2 FLUMINENSE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 12 de julho de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS) 
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e José Javel Silveira (RS) 
Cartões amarelos: Natanael (Atlético-PR); Edson e Marcos Júnior (Fluminense)
GOLS:
ATLÉTICO-PR: Sidcley, aos 23 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE : Gustavo Scarpa, aos 07 minutos do segundo tempo, e Fred, aos 48 minutos
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Kadu e Natanael; Otávio, Jadson e Ytalo; Marcos Guilherme (Edigar Junio) (Sidcley), Nikão e Walter (Cléo). 
Técnico: Milton Mendes
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva (Renato), Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Rafinha (Marlon), Gustavo Scarpa e Gerson (Lucas Gomes); Marcos Júnior e Fred.
Técnico: Luís Fernando
Veja os gols da partida:

Com a torcida:Jogando na arena,furacão recebe o Fluminense.


Na tarde desse domingo,o furacão tenta jogando em casa voltar aos caminhos da vitória após dua derrotas seguidas fora de casa,diante do Fluminense o furacão tenta se recuperar voltar a vencer e encostar novamente na parte de cima da tabela.Para a partida o técnico Milton Mendes deverá ter quase a mesma formação da partida contra o Corinthians porém o treinador espera um melhor aproveitamento ofensivo da equipe.

O TIME:

Para a partida,o treinador terá apenas uma baixa,o volante Hernâni que irá cumprir suspensão pelo terceiro amarelo,para seu lugar Jadson entra na equipe e joga ao lado de Otávio na marcação do meio campo.Por outro lado o rubro negro terá a volta do atacante Walter que cumpriu suspensão diante o Corinthians e fica disposição para a partida desse domingo no demais a equipe é a mesma da partida passada.

O Fluminense:

O tricolor carioca quer manter o embalo no brasileirão,para subir mais na tabela o Fluminense terá mudanças para a partida,ao começar no banco já que seu treinador Enderson Moreira foi expulso diante do Crueiro e não fica a beira do campo quem comanda o time é o auxiliar Marcão.Já no time o time tem a volta do volante Edson que cumpriu suspensão e está confirmado no time dessa forma o Fluminense vai a campo com:Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Antônio Carlos e Gustavo Scarpa; Pierre, Edson, Jean e Gerson; Marcos Júnior e Fred.

Ficha Técnica:

ATLÉTICO-PR X FLUMINENSE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 12 de julho de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS) 
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e José Javel Silveira (RS)
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Kadu e Natanael; Otávio, Jadson e Ytalo; Marcos Guilherme, Nikão e Walter. 
Técnico: Milton Mendes
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Antônio Carlos e Gustavo Scarpa; Pierre, Edson, Jean e Gerson; Marcos Júnior e Fred.
Técnico: Marcão
Relembre o último confronto entre Atlético e Fluminense.