domingo, 24 de março de 2019

Furacão derrota o Foz do Iguaçu e garante vaga na próxima fase.


Em jogo complicado o rubro negro bateu o Foz do Iguaçu por 2a1 na arena da baixada e garantiu vaga as semifinais da taça Dirceu Krüger.Mesmo sem repetir as boas atuações das partidas anteriores o furacão ainda conseguiu o futebol básico e com gols de Léo Cittadini e Marquinho conseguiu a vitória que garantiu o time nas finais da taça,na última rodada o furacão encara o Londrina fora de casa para se manter na liderança geral do campeonato.

O JOGO:

O Foz do Iguaçu contou com uma desatenção da defesa rubro-negra para quase abrir o placar aos oito minutos. O goleiro Léo saiu da área após o recuo de Éder na fogueira, mas chegou atrasado. Mateus Guerreiro ajeitou e Juninho, sem goleiro, bateu fraco para Lucas Halter salvar em cima da linha.
O troco do Athletico-PR veio na sequência e de forma cirúrgica. Vitinho recebeu na ponta esquerda, partiu para cima da marcação e cruzou na área. A defesa do Foz falhou e a sobra ficou para Léo Cittadini, que bateu firme para balançar as redes.
Após sair na frente, o Furacão se firmou como o dono da posse de bola, mas não conseguiu mais agredir o adversário, que, com dificuldades na criação, pouco ameaçou. Diante desse cenário, a última oportunidade da primeira etapa veio já na reta final, quando Marquinho arriscou e colocou Felipe Alisson para trabalhar.
Em finalização de Bruno Nascimento defendida por Léo, o Foz não tardou em assustar o Athletico-PR na volta do intervalo. Na sequência, a equipe visitante teve mais sorte. Matheus Guerreiro recebeu lançamento nas costas da defesa atleticana, bateu de esquerda e viu a bola desviar em Éder, subir e enganar o arqueiro Léo, empatando o duelo aos 15 minutos da etapa final.
O Furacão, no entanto, respondeu em contra-ataque fatal. Após cruzamento, Léo fez a defesa e já acionou Vitinho na esquerda, onde o atacante lançou Bergson e a bola sobrou para Marquinho, que arrematou com categoria, usando o lado de fora do pé, para marcar o segundo e garantir a vitória dos atleticanos por 2 a 1.
Ficha Técnica:
ATHLETICO-PR 2X1 FOZ DO IGUAÇU
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 23 de março de 2019, sábado
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo da Silva Silveira
Assistentes: Maurício José Braga e Reube Dobrychlop dos Reis
Cartões amarelos: Vitinho e Marquinho (ATH). Matheus Guerreiro (FOZ)
GOLS:
ATHLETICO-PR: Léo Cittadini aos 13 minutos do 1°T e Marquinho aos 31 do 2°T.
FOZ DO IGUAÇU: Matheus Guerreiro aos 15 minutos do 2°T.

ATHLETICO-PR: Léo; Lucas Halter, José Ivaldo, Éder; Khellven, Rosseto (Erick), Léo Cittadini, Vitinho e Marquinho (Matheus Anjos); Bergson e Bill (Jaderson)
Técnico: Rafael Guanaes

FOZ DO IGUAÇU Felipe Alisson; Arisson, Thomas, Leandro Silva e Maurício Ribeiro (Yannick); André Oliveira, Éder (Hadrian), Bruno Nascimento (Diego) e Juninho; Mateus Guerreiro e João Guilherme
Técnico: Negreiros.
Visão de jogo:Marquinho decide em jogo complicado.
Mesmo o Foz sendo o pior time da competição deu trabalho para o furacão na arena,o rubro negro não conseguiu repetir as atuações das partidas anteriores mas contou com o oportunismo de Léo Cittadini e a decisão de Marquinho que resolveu a parada mesmo sem ter jogado muito bem.Porém é muito bacana ver a piazada jogar nesse sábado não foi diferente principalmente com Vitinho e Khellven que infernizaram pelos lados do campo.
Em meio a isso sempre tem que se destacar a evolução da equipe do técnico Rafael Guanaes,mesmo em jogos onde o time não jogue também como foi nesse sábado mas sempre mostrando potencial em jogadores principalmente os jovens que buscam seu espaço,e devem ser o diferencial desse time no restante de campeonato que vem por ai e por que não em um futuro próximo na equipe principal com Tiago Nunes.
Veja os gols do jogo: