domingo, 25 de agosto de 2019

Furacão luta até o fim mas é derrotado pelo Grêmio.



O JOGO:

O Athletico teve a posse de bola (63%) e as melhores chances claras de gol (4), mas foi o Grêmio quem terminou o primeiro tempo com a vantagem.
O Tricolor abriu o placar logo aos 3 minutos, quando Thaciano aproveitou a saída errada do Furacão e deixou Luan sozinho para deslocar Santos.
O gol cedo fez os reservas gremistas esperarem o contra-ataque, enquanto o Athletico. O goleiro Júlio César fez importantes defesas em finalizações de Rony e Marcio Azevedo.

O Athletico voltou para a etapa final ainda mais ofensivo e empatou logo aos dois minutos, quando Marcelo Cirino ganhou de Paulo Miranda em velocidade, cruzou para trás e Rony chutou de primeira, de voleio. Um voleio na arena.
O Grêmio, porém, reagiu rápido. Galhardo recebeu na direita, cruzou e Thaciano cabeceou para vencer Santos. Um gol e uma assistência para o meio-campista ex-Santos.
O Tricolor voltou a defender bem e teve grande chance de sacramentar a vitória aos 24 minutos, quando Patrick, em seu primeiro lance, sofreu pênalti de Marcio Azevedo. Santos encaixou a cobrança de Diego Tardelli.
Nos minutos finais, o Grêmio conseguiu controlar o jogo para garantir a vitória e quase ampliou com Patrick. O Athletico não teve forças para reagir.
Ficha Tecnica
GRÊMIO 2 x 1 ATHLETICO-PR
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 24 de agosto (sábado)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (Fifa-RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público e renda: 12.748/R$ 355.594,00
Cartões amarelos: GRÊMIO: Juninho Capixaba, Romulo e Luciano; ATHLETICO: Léo Pereira
GOLS
Grêmio: Luan e Thaciano, aos 3 minutos do 1T e 6 minutos do 2T;
Athletico: Rony, aos 2 minutos do 2T.

GRÊMIO: Júlio César, Rafael Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano (Patrick) e Luan (Darlan); Luciano, Pepê e Diego Tardelli (Michel)
Técnico: Renato Gaúcho

ATHLETICO: Santos, Khelvenn, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo (Abner); Wellington (Tomás Andrade), Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Vitinho (Braian Romero), Rony e Marcelo Cirino
Técnico: Tiago Nunes
Veja os gols do jogo: