Nada de vencer:Furacão decepciona e só empata com o Cianorte.


Mais uma vez o time alternativo do furacão deixou a desejar diante o seu torcedor,após um jogo onde a equipe não conseguiu desenvolver um bom futebol o rubro começou atrás do placar e conseguiu chegar ao empate,minutos depois em gol contra anotado pelo zagueiro David Luis do Cianorte.Com o resultado o rubro negro permanece na sétima colocação na classificação e na última rodada enfrenta o Paraná na Vila Capanema.

O JOGO:

 O Furacão começou a partida tentando pressionar. Logo no primeiro minuto, Douglas Coutinho forçou o lançamento, mas a defesa cortou. Na resposta, o Leão do Vale também tentou chegar na base do lançamento, mas Jackson não alcançou a bola. A equipe do interior era forte e, aos nove minutos, cobrança de escanteio para Jovany testar para fora, com muito perigo.
Aos 15 minutos, Léo Gago abriu espaço e soltou a bomba. Santos largou a bola, mas ninguém apareceu para aproveitar. O Rubro-Negro voltou atacar apenas aos 22 minutos, com Zé Ivaldo aparecendo com liberdade para cabecear por cima do gol, desperdiçando uma grade chance. Aos 26 minutos, Pelezinho invadiu a área, chutou cruzado e Santos se esticou para espalmar.
Douglas Coutinho foi lançado, aos 34 minutos, dividiu com o goleiro João Gabriel, que ficou no chão. Cobrança de escanteio par ao Furacão, aso 37 minutos, a defesa espanou, mas conseguiu completar pela linha lateral. O jogo era bastante equilibrado na Arena. Jogada cômica aos 43 minutos, quando Luis Henrique atropelou Renan Paulino e atrapalhou o arremate para o gol.
Para a etapa final, as equipes retornaram sem modificações. Logo aos dois minutos, contra-ataque para o Cianorte, com lançamento preciso de Vinicius para Rafael Xavier, que deixou a defesa para trás e toco na saída de Santos para abrir o placar. O Atlético forçava demais as jogadas, já que não conseguir entrar tocando na defesa adversária.
O Furacão chegou ao gol de empate aos 18 minutos, com David Luis empurrando para a própria rede após cruzamento de Luís Henrique. Aos 24 minutos, Cleberson entrou na área e David Luis fez a penalidade. Matheus Anjos fez a cobrança e João Gabriel a defesa. Cianorte no ataque, aos 26 minutos, com Vinícius batendo rasteiro, Santos falhando e Léo aparecendo para salvar. O timo da partida caiu. Aos 37, João Gabriel dividiu com Luiz Otavio e salvou mais uma. Luis Henrique teve ainda uma chance, aos 48 minutos, e a defesa tirou em cima da linha. E ficou nisso.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 1 CIANORTE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 25 de março de 2017, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rogério Menon da Silva
Assistentes: Adolfo Ferreira Borges e Euclides Lucas José Garcia
Cartões amarelos: Douglas Coutinho, Léo e Yago (Atlético-PR); Mauricio, Jackson, Breno, Jovany e Rafael Xavier (Cianorte)
Gols
ATLÉTICO PARANAENSE: David Luis (contra), aos 18 minutos do segundo tempo
CIANORTE : Rafael Xavier, aos dois minutos do segundo tempo
ATLÉTICO PARANAENSE: Santos; Léo, Cleberson, Zé Ivaldo e Sidcley; Luiz Otávio, Renan Paulino, João Pedro (Matheus Anjos), Crysan e Coutinho (Yago); Luis Henrique
Técnico: Paulo Autuori
CIANORTE : João Gabriel; Jackson, Breno, Mauricio e Davi Luis; Jovany, Eduardinho (Rafel Carrilho), Léo Gago e Xavier; Vinicius e Pelézinho
Técnico:: Marcelo Caranhato
Veja os gols do jogo: