Apagado:Atlético vai mal,e perde para o Figueirense.


Péssima,assim foi a apresentação do Atlético em Florianópolis o que combinou com uma derrota por 1a0 diante os catarinenses,em uma partida onde o furacão não se encontrou o furacão saiu derrotado após uma falha do goleiro Santos,com o resultado o rubro negro estacionou na nona colocação e se distanciou do G-4.Na próxima rodada o furacão recebe em casa o Internacional.

O JOGO:

A partida não tinha nem esquentado em Florianópolis quando, aos quatro minutos, Santos fez lambança. O goleiro cobrou tiro de meta errado, nos pés de Lins, que chutou de fora da área, no cantinho, para abrir o placar. Aos sete minutos, pegando sobra de bola após cobrança de falta, Rafael Moura tentou o tiro de longe e a bola foi direto pela linha de fundo, sem grande perigo.
Aos poucos o Rubro-Negro tentava equilibrar as ações, mas tinha dificuldade para chegar ao ataque. Aos 14 minutos, Hernani cobrou falta da entrada da área, para fora. Chance melhor teve Marcão, dois minutos depois, aproveitando cobrança de escanteio para testar pela linha de fundo. A resposta veio com Rafael Moura, aos 19 minutos, desviando para as redes dentro da área, mas em impedimento.
O Furacão paranaense tentava tocar a bola para entrar na defesa catarinense, mas encontrava uma marcação sólida pela frente. Aos 29 minutos, Luan partiu para a jogada individual, mas foi travado pela zaga antes de chegar à área. Aos 35 minutos, Lucas Fernandes tentou o tiro de longe, à esquerda da meta. O Figueira deu o troco aos 42 minutos, com Dodô de frente para o gol, mas sendo interceptado por Paulo André. Aos 47, mais um gol do He-man anulado por impedimento.
Depois do intervalo, o Atlético voltou com Marcos Guilherme no lugar de Luan. Aos oito minutos, Dodô partiu para cima da zaga atleticana, com estilo, mandou para a área, mas ninguém apareceu para aproveitar. Sentido dores, Rafael Moura pediu para deixar o jogo, aos dez minutos, ganhando o apoio da torcida.
O jogo não mudou muito, com o Figueira apostando no erro do adversário, que por sua vez não conseguia penetrar na defesa catarinense. Aos 15 minutos, Rafael galhardo chutou de longe e Gatito Fernandes fez boa defesa. Aos 18 minutos, bola na área para Marcos Guilherme, que bateu para o lado errado. Na sobra, Hernani tentou consertar, mas o chute bateu no atacante rubro-negro.
O Figueirense se fecho bem na defesa e evitava a pressão adversária com competência. Aos 28 minutos, Dodô cruzou na área, a bola foi rebatida pela defesa, e os jogadores catarinenses ficaram pedindo toque de mão, sem serem atendidos. Os donos da casa mostravam exaustão, mas seguiam se defendendo. Maurides teve a chance de matar o jogo, aos 39 minutos, recebendo cruzamento na medida e isolando. Por sorte, do Figueira, não fez falta.
Ficha Técnica:
FIGUEIRENSE 1 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: :Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: : 07 de setembro de 2016, quarta-feira
Horário: : 16 horas (de Brasília)
Árbitro: : Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: :Luis Filipe Gonçalves Correa (PB) e Tomaz Diniz de Araujo (PB)
Cartões amarelos: Ferrugem (Figueirense); Paulo André (Atlético-PR)
Gol
FIGUEIRENSE: Lins, aos 04 minutos do primeiro tempo
FIGUEIRENSE: Gatito Fernández; Ayrton, Werley, Nirley e Pedroso; Jackson Caucaia (Renato), Jefferson, Ferrugem e Dodô; Lins (Ermel)e Rafael Moura (Maurides)
Técnico: Tuca Guimarães
ATLÉTICO-PR : Santos, Galhardo, Paulo André, Marcão, Nicolas, Otávio, Hernani, Pablo (Juninho), Lucas Fernandes (Luciano Cabral), Luan (Marcos Guilherme) e André Lima
Técnico: : Paulo Autuori
Veja como foi o jogo: