domingo, 12 de agosto de 2018

Em jogo fraco Atlético no zero com o Ceará.


Em jogo com poucas emoções o furacão não saiu de um empate sem gols com o Ceará em Fortaleza,mesmo com mais volume de jogo e criando algumas boas oportunidades a parte física pesou e furacão voltou para Curitiba com um ponto na bagagem.Na próxima rodada o furacão recebe na arena da baixada o Flamengo.

O JOGO:

Precisando da vitória na abertura da 18ª rodada, Ceará e Atlético-PR não tiveram tanta timidez para atacar no primeiro tempo – ainda que esbarassem em seus obstáculos técnicos habituais. As equipes protagonizaram uma etapa inicial equilibrada, com chances de gol dos dois lados do campo.
Aos nove minutos, Bergson assustou o Ceará a subir livre de marcação dentro da área e completar uma cobrança de escanteio de Raphael Veiga com uma cabeçada para fora. Passou perto. A resposta dos donos da casa veio pouco depois, quando Arthur deu um passe de calcanhar e Leandro Carvalho finalizou em cima do goleiro Santos.
Antes do intervalo, o próprio Arthur deu trabalho ao adversário com um chute de fora da área. Pelo Atlético-PR, Bergson testou também o goleiro Éverson dessa forma, mas com a bola parada. Errou o alvo outra vez.
No segundo tempo, Ceará e Atlético-PR continuaram a se alternar no ataque, e os dois técnicos resolveram entrar em ação para colaborar. No time da casa, Cardona, Calyson e Felipe Azevedo substituíram Ricardinho, Juninho Quixadá e Leandro Carvalho. Do outro lado, o Atlético-PR já havia trocado o lesionado Marcelo Cirino por Nikão na primeira etapa e tentou ser mais criativo com Bruno Nazário na vaga de Raphael Veiga. O último a entrar foi o argentino Lucho González, na vaga de Bruno Guimarães.
Àquela altura, o ritmo de Ceará e Atlético-PR já não era mais o mesmo. As duas equipes só se mostraram um pouco mais intensas em lances esporádicos dos minutos derradeiros, quando o 0 a 0 estava próximo de ser sacramentado.
Ficha Técnica:
CEARÁ 0 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 11 de agosto de 2018, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Cartões amarelos: Leandro Carvalho, Tiago Alves e Richardson (Ceará); Renan Lodi, Raphael Veiga e Wanderson (Atlético-PR)
CEARÁ: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Richardson, Edinho e Ricardinho (Cardona); Juninho Quixadá (Calyson), Arthur e Leandro Carvalho (Felipe Azevedo)
Técnico: Lisca
ATLÉTICO-PR: Santos; Jonathan, Wanderson, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Lucho González) e Raphael Veiga (Bruno Nazário); Marcelo Cirino (Nikão), Berson e Marcinho
Técnico: Tiago Nunes
Veja os melhores momentos do jogo: