Enfim três pontos:Furacão vence o Corinthians e respira no campeonato.


Enfim uma vitoria,após rodadas sem sentir o gosto da vitoria o furacão voltou a comemorar no campeonato Brasileiro.Com um gol de pênalti de Cleo o rubro negro venceu o Corinthians por 1 a 0 e subiu para a decima colocação no campeonato se afastando da zona de rebaixamento.Agora o furacao retorna a campo no próximo fim de semana contra o Coritiba no Couto Pereira.

O JOGO:



O jogo – Acostumado a adotar uma postura mais contida quando atua fora de casa, o Corinthians surpreendentemente tomou a iniciativa de atacar na Arena da Baixada. O time de Mano Menezes trocou muitos passes diante da área e apostou nas jogadas pelas laterais para acuar o Atlético-PR na primeira meia hora de partida. Faltou concluir a gol.
Os donos da casa não se intimidaram com o estilo ofensivo do Corinthians. Claudinei Oliveira posicionou o Atlético-PR justamente com a intenção de explorar os contra-ataques. Foi após um lance de velocidade, inclusive, que Douglas Coutinho quase abriu o placar com uma cabeçada, aos 21 minutos. A bola passou à esquerda de Cássio, com perigo.
O Corinthians não aprendeu a ser objetivo com o Atlético-PR. Malcom e Guerrero continuaram a se mexer bastante, mas também a chutar pouco. Sem Ralf, suspenso, os visitantes deixaram Elias (que abusava dos erros de passe) mais recuado e forçaram Bruno Henrique a sair para o jogo. O segundo volante até tentou combater a falta de praticidade com finalizações de longa distância. E pegou mal na bola quando tentou.
No final do primeiro tempo, o Atlético-PR se soltou um pouco mais e castigou o Corinthians. Aos 40 minutos, Cléo limpou Fábio Santos dentro da área e foi derrubado por Elias em seguida. Pênalti. O próprio atacante cobrou, deslocando Cássio, e assegurou a vantagem no marcador antes do intervalo.

O Corinthians tentou manter a tranquilidade e novamente impor o seu ritmo no segundo tempo. O Atlético-PR, no entanto, tratou de travar o jogo, que ficou mais violento. Douglas Coutinho levou a pior com a mudança de panorama da partida, chocou-se com Cássio e precisou ser substituído por Sidcley aos 15 minutos.
Para incomodar a defesa atleticana, Mano apostou primeiro no paraguaio Romero no lugar de Petros e depois no veterano Danilo na vaga de Renato Augusto. Do outro lado, Claudieni Oliveira vislumbrava a possibilidade de matar o jogo nos contra-ataques. Trocou Cléo e Hernani por Mosquito e João Paulo.O Corinthians até se expôs e fez Weverton trabalhar no final da partida, porém não melhorou a sua efetividade ofensiva nem quando Jadson entrou no posto de Bruno Henrique. Melhor para o Atlético-PR, que soube valorizar a posse de bola para sair da sua arena com o resultado positivo.
FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 1 X 0 CORINTHIANS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 28 de setembro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Henrique Corrêa (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Natanael, Hernani e Sueliton (Atlético-PR); Gil e Fagner (Corinthians)
Gol: ATLÉTICO-PR: Cléo, aos 40 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Natanael; Deivid, Hernani (João Paulo) e Marcos Guilherme; Marcelo, Cléo (Mosquito) e Douglas Coutinho (Sidcley)
Técnico: Claudinei Oliveira





Nenhum comentário:

Postar um comentário