Castigo no fim:Atlético joga bem,mas é derrotado aos 47 do segundo tempo.


Que a partida seria complicado já era esperado,o que não se esperava era uma derrota dolorida aos 47 do segundo tempo,foi assim que o Atlético foi derrotado pelo Grêmio em Porto Alegre com um gol de Barcos no último lance do do jogo.Com a derrota o rubro negro vai sete jogos sem vencer no brasileirão e fica na décima segunda posição no campeonato na próxima rodada o furacão volta a campo contra o Vitória na arena da baixada.

O JOGO:

 Bem postado atrás e valorizando a posse de bola, o Atlético-PR fez um bom primeiro tempo na noite chuvosa da Arena do Grêmio. A equipe de Curitiba equilibrou as ações e evitou a natural pressão inicial do time da casa. O primeiro chute a gol, inclusive, foi do Furacão: aos 20 minutos, Marcelo fez boa jogada individual pelo meio e chutou à esquerda de Marcelo Grohe.
O Grêmio teve duas boas chegadas na sequência: aos 21, Barcos fez a parede e Ramiro chutou para ótima espalmada de Wéverton. Na jogada seguinte, Matheus Biteco levantou para a área, Barcos dominou com categoria, limpando a marcação, e deu um toquinho ao lado da trave. Aos 27, Luan arriscou e levou perigo ao gol do Furacão.
O Atlético-PR só chegou com real perigo nos minutos finais. Aos 37, Natanael cruzou, Marcelo cabeceou e a bola passou perto. A seguir, Felipão decidiu abrir o time, retirando o volante Walace e colocando em seu lugar Giuliano. No entanto, foi o time visitante quem terminou o primeiro tempo jogando melhor. Aos 44, Dellatorre cabeceou após escanteio, Marcelo Grohe fez milagre com uma mão e pegou o rebote após corte de Geromel.
O Grêmio começou o segundo tempo tentando forçar o ritmo. Aos quatro minutos, Ramiro cruzou de primeira e Giuliano chegou para concluir na área, mas foi travado. Aos 13, Matías Rodríguez cruzou, Giuliano mandou de cabeça e Wéverton pegou firme. A seguir, Ramiro mandou de fora da área com perigo. O Atlético-PR só ameaçou aos 19, com um chute violento de Marcelo do meio da rua que raspou o travessão.
Aos poucos a pressão foi arrefecendo e a torcida perdendo a paciência na Arena. Aos 27, Barcos fez boa jogada pela esquerda e rolou para Dudu, mas o chute do atacante desviou na zaga e saiu. Zé Roberto teve boa chance aos 43, em bom passe de Fernandinho, mas a zaga cortou duas vezes. No final, os erros de passe enervaram de vez o torcedor, que perdeu a paciência com o meia Giuliano. A partida parecia se arrastar para um sonolento 0 a 0, até que Barcos recebeu lançamento na área, matou no peito, e bateu de giro, marcando um golaço e dando a vitória ao Grêmio.
FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 1 x 0 ATLÉTICO-PR
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 10 de setembro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ) 
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)
Cartões amarelos: Ramiro e Geromel (Grêmio); Marcos Guilherme, João Paulo e Natanael (Atlético-PR)
GOL
GRÊMIO: Barcos, aos 46 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace (Giuliano), Ramiro e Matheus Biteco; Luan (Fernandinho), Barcos e Dudu (Lucas Coelho)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
ATLÉTICO-PR: Wéverton; Mário Sérgio, Cléberson, Willian Rocha e Natanael; Deivid, João Paulo, Nathan (Sidcley) e Marcos Guilherme (Hernani); Marcelo e Dellatorre (Mosquito)
Técnico: Claudinei Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário