Daquele jeito:Como sempre no final,furacão vence o o Paranavaí e cola de vez na liderança.


Não podia ser diferente,o furacão martelou o jogo todo mas novamente deixou pra vencer aos 46 do segundo tempo,outra vez com Douglas Coutinho,com a vitória o furacão vai a 16 pontos na tabela 2 a menos que o líder Londrina,aliás esse Londrina que será o adversário do rubro negro nesse sábado no eco estádio,vencendo o furacão assume a liderança do returno.

O JOGO:


O Vermelhinho tentava impor seu ritmo em casa e, aos quatro minutos, criou a primeira chance com Felipe Rafael, que passou com quis pela defesa e disparou o chute pela linha de fundo. Dois minutos depois a resposta, com Hernani, que aproveitou cobrança de escanteio para tesar pela linha de fundo. O ritmo era fraco, com muito toque de bola no meio-campo e pouca ofensividade.
Aos poucos o Furacão, em jogadas individuais, tentava penetrar na defesa adversária. Aos 12 minutos, Zezinho partiu para cima, abriu espaço e chutou para fora, com perigo. O Paranavaí devolveu com Celinho, logo na sequência, batendo de fora da área para boa defesa de Santos. Em contra-ataque fulminante, Héracles serviu Zezinho, aos 17 minutos, e o meia bateu pela linha de fundo, perdendo uma chance incrível.
Pressão atleticana e, aos 21 minutos, Jean Felipe recebeu na área e carimbou a trave. O poste apareceu novamente no caminho atleticano, aos 25 minutos, em chute de Coutinho após cobrança de escanteio. O rubro negro tentava de todas as formas, mas não conseguia abrir o placar. Aos 30 minutos, Renatinho, de frente para o gol, apenas recuou. O Vermelhinho chegou a balançar as redes, com Celinho, aos 36 minutos, mas o árbitro anulou.
Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem alterações. Aos três minutos, Crislan e Alex Noronha dividiram no ar e o atleticano ganhou escanteio. Aos cinco minutos, Rilber respondeu, aparecendo na cara de Santos, que se fez uma intervenção precisa para salvar. Aos oito minutos foi a vez de Mineiro arriscar o chute para mais uma defesa do camisa 1 rubro-negro.
O Vermelhinho voltou com mais vontade após o intervalo. Aos 15 minutos, Wesley recebeu com liberdade, mas o árbitro parou o lance e marcou o impedimento. Aos 18 minutos, Celinho fez a jogada e cruzou na área. A zaga atleticana tirou do jeito que deu. Na sobra, Wesley chutou sobre a defesa. O furacão volta a acordar aos 21 minutos, em cobrança de falta ensaiada que Hernani completou para defesa de Naldo.
O jogo se encaminhava para os minutos finais sem grandes perspectivas de abertura do placar. Douglas Coutinho tentou resolver sozinho, aos 30 minutos, e foi desarmado pela defesa. Edgar Junio aproveitou cochilo da zaga do Vermelhinho, aos 35 minutos, mas chutou muito fraco, sem perigo. Pablo ainda teve uma chance, aos 41 minutos e chutou em cima do goleiro. Porém, como está virando tradição para este time, aos 47 minutos, Douglas Coutinho, decretou a vitória.
FICHA TÉCNICA:
Local: Estádio Municipal Dr. Waldemiro Wagner, em Paranavaí (PR) 
Data: 27 de março de 2013, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília) 
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistentes: Luiz Henrique de Souza Santos Renesto e Alessandro Rodrigues Mori
Cartões amarelos: Felipe Rafael e Alex Noronha (Paranavaí); Héracles (Atlético) 
Gol: ATLÉTICO-PR: Douglas Coutinho, aos 47 minutos do segundo tempo
PARANAVAÍ: Naldo; Célio Lima, Marinho, Alex Noronha e Wesley; Schneider, Mineiro, Rilber (Cris Fernandes) e Alex Ricardo; Celinho e Felipe Rafael (Salatiel) 
Técnico: José Maria
ATLÉTICO-PR: Santos; Jean Felipe, Erwin, Rafael Zuchi e Héracles (Anderson Tasca); Renatinho (Edgar Junio), Hernani, Marcos Guilherme (Pablo) e Zezinho; Crislan e Douglas Coutinho
Técnico: Arthur Bernardes

Nenhum comentário:

Postar um comentário