Deu furacão:Atlético derrota o Palmeiras e vence a terceira seguida.


O furacão foi até São Paulo e derrotou por um a zero o Palmeiras,com um gol de Thiago Heleno ainda no primeiro tempo o furacão garantiu o resultado e os três pontos que colocam o furacão na oitava colocação do campeonato.

O JOGO:

A partida começou equilibrada no Palestra Itália, e o Atlético-PR conseguiu inaugurar o marcador aos 17 minutos do primeiro tempo. Guilherme cobrou escanteio pelo lado direito e o ex-palmeirense Thiago Heleno ganhou de Juninho para cabecear com sucesso.
Com o Atlético-PR aplicado na marcação, Raphael Veiga pediu a bola várias vezes, mas não conseguiu criar chances de gol. Algumas vaias foram ouvidas na arena enquanto o Palmeiras trocava passes na defesa durante o fim do primeiro tempo. Os apupos, porém, cessaram rapidamente no momento em que Moisés foi para o aquecimento.
Em dificuldades para criar, o Palmeiras se limitou a reclamar de supostos pênaltis não marcados e ainda tomou um susto nos acréscimos da etapa inicial. Ederson recebeu de Lucho Gonzalez do lado direito da área e Fernando Prass precisou sair para defender.
recuperado de grave lesão no joelho esquerdo, Moisés substituiu Raphael Veiga no intervalo para sua primeira partida desde fevereiro. No segundo tempo, Cuca posicionou Zé Roberto na lateral esquerda e trouxe Michel Bastos para a ponta direita, com Erik do lado oposto.
O Palmeiras cresceu e desperdiçou grandes oportunidades em jogadas com Erik e Antônio Carlos, ambas defendidas pelo goleiro Weverton. O zagueiro, que substituiu o lesionado Juninho durante o primeiro tempo, ainda chutou uma por cima após passe de Borja.
Colocado no lugar de Erik, Deyverson avançou pelo meio e tocou para Borja parar em saída de Weverton do lado esquerdo da área. Armado para contra-atacar, o Atlético-PR conseguiu suportar a intensa pressão do Palmeiras durante o segundo tempo. Assim que o jogo acabou, novas vaias e insultos ao centroavante colombiano foram ouvidos no Palestra Itália.
Ficha Técnica:
PALMEIRAS 0 x 1 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 06 de agosto de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF-CBF)
Assistentes: Roberto Braatz e Gilson Bento Coutinho (DF-CBF)
Público: 29.778 pagantes
Renda: R$ 1.706.659,17
Cartões amarelos: Michel Bastos (PAL); Guilherme, Paulo André e Fabrício (APR)
Gols:
ATLÉTICO-PR: Thiago Heleno, aos 17 minutos do 1º Tempo
PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Juninho (Antônio Carlos) e Zé Roberto; Jean e Tchê Tchê; Erik (Deyverson), Raphael Veiga (Moisés) e Michel Bastos; Miguel Borja
Técnico: Cuca
ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez e Lucho (Eduardo Henrique); Pablo (Nikão), Guilherme e Sidcley; Ederson (Lucas Fernandes).
Técnico: Fabiano Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário