Um ponto no Rio:Atlético começa atrás,mas busca empate contra o Fluminense.


O furacão foi até o Maracanã e arrancou um ponto como visitante diante o Fluminense,após sai atrás do placar ainda na primeira etapa o rubro negro dominou as ações na segunda etapa e com um gol de pênalti anotado por Hernâni chegou ao empate,além disso o rubro negro escapou da derrota quando aos 47 do segundo o goleiro Santos defendeu o pênalti cobrado por Gustavo Scarpa.Na próxima rodada o furacão recebe em casa o Sport Recife.

O JOGO:

O Fluminense começou a partida buscando pressionar o Atlético-PR, mas só conseguia finalizar em chutes de longa distância. Os paranaenses chegaram ao ataque pela primeira vez aos sete minutos, em falta cobrada por Hernani.
Após segurar os donos da casa, o Atlético-PR passou a aproveitar melhor os erros do Fluminense. Tanto, que aos 14 minutos, após avanço rápido, Otávio chutou da entrada da área, mas parou em defesa segura de Julio Cesar. A resposta dos cariocas veio cinco minutos depois, em finalização de Gustavo Scarpa.
Depois disso, o confronto ficou equilibrado durante alguns minutos, mas o Fluminense tratou de abrir o placar aos 28 minutos. Gustavo Scarpa cruzou pela direita e achou Cícero na área. O meia raspou de cabeça, o suficiente para tirar Santos da jogada.
O gol animou os donos da casa, que seguiram melhores na partida. Aos 33 minutos, Gustavo Scarpa arriscou de longe e quase acertou o ângulo de Santos. O Atlético-PR passou a errar muito após o revés e só voltou a criar nova chance aos 37 minutos. Após cruzamento, Julio Cesar falhou e viu a bola sobrar para Otavio na entrada da área. No entanto, a zaga tricolor salvou a equipe do empate.
Momentos antes do apito para o intervalo, o Fluminense recuou e possibilitou ao Atlético-PR pressionar em busca do empate. No entanto, os paranaenses desperdiçaram as chances criadas e viram os cariocas acabarem a primeira etapa à frente no placar no Maracanã.
No segundo tempo, o Atlético-PR veio com o intuito de pressionar, mas viu o Fluminense criar a primeira boa chance aos seis minutos. Wellington fez boa jogada individual e finalizou com perigo ao gol de Santos. Aos poucos, os visitantes melhoraram na organização em campo e passaram a ter o controle da partida. Os paranaenses quase empataram aos 13, em chute de André Lima, que parou em grande defesa de Julio Cesar.
O Atlético-PR não precisou insistir muito para chegar a igualdade no placar. Aos 16 minutos, Lucas Fernandes foi derrubado por William Matheus na área e o árbitro marcou pênalti. Hernani cobrou com categoria, sem chance para Julio Cesar.
Com o empate, o confronto voltou a ficar equilibrado. As duas equipes buscavam o ataque, mas erravam muito e pouco produziam. Somente nos minutos finais, a partida ganhou em emoção. Aos 42 minutos, Gustavo Scarpa cobrou falta na área, Douglas cabeceou, mas Santos fez grande defesa.
Só que aos 46 minutos, o Fluminense teve a chance de chegar a vitória. Paulo André derrubou Richarlison na área e o árbitro marcou pênalti. No entanto, Santos defendeu a cobrança de Gustavo Scarpa e garantiu o empate no Maracanã.
Ficha Técnica:
FLUMINENSE-RJ 1 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 15 de novembro de 2016 (Terça-feira)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Renda: R$ 655.290,00
Público: 39.877 pagantes
Cartões amarelos: Wellington Silva, Pierre e Wellington (Fluminense); Paulo André, Otávio e Nicolas (Atlético-PR)
GOLS:
FLUMINENSE: Cícero, aos 28min do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Hernani, aos 16min do segundo tempo
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Edson (Osvaldo), Cícero (Douglas), Gustavo Scarpa e Marquinho (Richarlison); Wellington
Técnico: Marcão
ATLÉTICO-PR: Santos; Léo (Rafael Galhardo), Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Pablo, Lucho González (Nikão) e Lucas Fernandes (Marcos Guilherme); André Lima
Técnico: Paulo Autuori

Nenhum comentário:

Postar um comentário