Vacilo:Atlético sai na frente,mas deixa Vitoria empatar.


Não foi dessa vez que o furacão retornou ao G-4 após sai na frente do placar com gol de Pablo,o furacão não conseguiu manter o ritmo e após um pênalti de Weverton o furacão ficou só no empate com o time baiano.Com o resultado o furacão termina a rodada na quinta colocação com 24 pontos,ficando a dois do G-4,agora o furacão muda o foco  e retorna acampo na próxima quinta feira novamente na arena,mas pela Copa do Brasil contra a Chapecoense.

O JOGO:

 O Atlético Paranaense começou melhor a partida, pressionando o Vitória. Aos 13 minutos, em um contra-ataque rápido, Walter recebeu lançamento de Nikão, matou no peito e rolou para Pablo, que tentou uma cavadinha, mas pegou mal na bola.
A primeira grande chegada do Rubro-Negro Baiano foi aos 23 minutos. Kieza recebeu na ponta da área, tocou para Dagobeto no meio, mas o atacante furou feio. A bola ainda sobrou para Marinho, que ajeitou e bateu colocado próximo ao gol.
O Furacão respondeu logo em seguida. Pablo cruzou direto para André Lima, que chegou a desviar a bola, mas sem força e Caíque defendeu tranquilamente. Aos 28, em cobrança de falta, Nikão surpreendeu e bateu direto para o gol e o goleiro fez grande defesa.
O Vitória estava nocauteado em campo. Aos 36, Ramon recuou errado para Caíque. A bola ia em direção ao gol, mas o goleiro conseguiu correr, chegar antes e evitar o gol contra.
A pressão dos donos da casa finalmente resultou em gol aos 44 minutos. Em outro recuo errado para o goleiro, desta vez de Diego Renan, Pablo pegou a bola, deu um chapéu em Caíque e abriu o placar para o Furacão.
O Rubro-Negro baiano voltou mais ligado para a segunda etapa. Aos 9 minutos, Dagoberto tentou surpreender em cobrança de escanteio batendo direto para o gol, mas Weverton estava ligado e conseguiu fazer a defesa.
O Furacão teve ótima chance de ampliar o placar, aos 17, quando André Lima achou Pablo livre na entrada da área. O meia saiu cara a cara com Caíque, mas mandou pela linha de fundo.
O Vitória assustava nos contra-ataque. Aos 24, Kieza foi lançado em profundidade, driblou Weverton e foi derrubado. Diego Renan bateu no meio do gol para deixar tudo empatado.
Os baianos se empolgaram com o gol e se lançaram ao ataque. Aos 30, Diego Renan passou para Serginho, que encheu o pé e a bola explodiu na trave.
Nos últimos minutos, o Atlético se lançou para frente para buscar a vitória, enquanto os baianos esperavam uma oportunidade no contra-ataque, mas os dois não conseguiram sair do empate.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 1 VITÓRIA
Local: Arena da Baixada, no Curitiba (PR)
Data: 17 de julho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo F Henrique Correa (Fifa-RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Público: 17.591 pessoas
Renda: R$ 291.890,00
Cartões amarelos: 
Léo e Hernani (Atlético-PR); Victor Ramos, Marinho e Kieza (Vitória);
Gols: 
ATLÉTICO-PR: Pablo aos 44 minutos do primeiro tempo. VITÓRIA: Diego Renan (pênalti) aos 25 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Hernani e Pablo (Giovanny); Nikão (Yago), Walter (Marcos Guilherme) e André Lima
Técnico: Paulo Autuori
VITÓRIA: Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Ramon e Euller; Marcelo (Tiago Real), Willian Farias e Nickson (Serginho); Dagoberto (Vander), Marinho e Kieza
Técnico: Vagner Mancini

Nenhum comentário:

Postar um comentário