Agora sim:Atlético bate o Fluminense,e segue na cola do G-4.


O Furacão derrotou o Fluminense por 1a0 na tarde desse domingo na arena e segue colado no grupo dos quatro primeiros,com a vitoria o furacão chegou a vinte e sete pontos na tabela e ocupa a quinta colocação na classificação,dois a menos que o quarto colocado o Santos.Na próxima rodada o rubro negro vai até Recife enfrentar o Sport porém entra em campo na próxima quarta feira contra a Chapecoense em Chapecó pela Copa do Brasil.

O JOGO:

O Furacão começou a partida tentando pressionar e, logo aos quatro minutos, em contra-ataque rápido, Vinícius tirou do goleiro, Gum salvou e, na sobra, Walter isolou a bola. Um minuto depois foi a vez e Pablo arriscar o chute e Cavalieri fazer grande defesa para salvar. O Tricolor conseguiu evitar a pressão inicial mantendo mais a posse de bola.
Saindo mais da área, Walter tentou o chute de longe, aos 14 minutos e carimbou a cabeça de Henrique no meio do caminho. O Flu chegou pela primeira vez após falha da defesa atleticana, que entregou a bola para Richarlison. Weverton tentou interceptar, também falhou, mas Wanderson salvou quase em cima da linha.
O time visitante parecia ter dificuldade com a velocidade da bola no gramado sintético e não criava nada. Até que, aos 33 minutos, Walter fez o pivô e Hernani apareceu para chutar e estufar as redes para abrir o placar. Aos 43 minutos, Wellington Silva partiu para a jogada individual, mas Wanderson pareceu para afastar.
Depois do intervalo, o Fluminense voltou com Dudu no lugar de Maranhão. O jogo, entretanto, era mais truncado, com o Furacão um pouco mais recolhido. Aos oito minutos, Hernani cobrou falta e Diego Cavalieri fez boa defesa. Aos nove minutos, cobrança de falta para o meio da área tricolor e Wellington Silva apareceu para travar a tentativa do ataque rubro-negro.
O Rubro-Negro teve mais uma grande oportunidade aos 19 minutos, com Juninho, que abriu espaço e chutou na trave. Cavalieri ainda deu um leve toque na bola. Mais um bom ataque atleticano, aos 21 minutos, mas Walter, em uma fase dura, pegou sobra de bola e isolou, de cara para o gol.
O Fluminense tentava armar uma pressão, mas o time tinha dificuldade de passar da intermediária adversária. Aos 28 minutos, Cícero arriscou o chute da entrada da área, torto, sem perigo algum. O ritmo da partida despencou, com os cariocas sem força de reação. Aos 43 minutos, Juninho tentou cruzar e quase mandou direto para o gol. Mas, ficou nisso. Furacão segue invencível na Arena e com um pé no G4.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 FLUMINENSE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 24 de julho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Cartões amarelos: Léo, Vinícius e Walter (Atlético-PR); Samuel, Gum e Edson (Fluminense)
Gol
ATLÉTICO-PR: Hernani, aos 33 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley; Otávio, Hernani, e Vinícius (Juninho); Pablo, Yago (Giovanny) e Walter (Marcão)
Técnico: Paulo Autuori
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e Willian Matheus; Douglas (Edson), Cícero, Maranhão, Marcos Junior; Samuel e Richarlison (Magno Alves)
Técnico: Levir Culpi

Nenhum comentário:

Postar um comentário