Tropeço:Atlético é derrotado pela Ponte Preta.


Na noite dessa quarta feira,o furacão foi derrotado pela Ponte Preta em Campinas por 3a2,depois de começar perdendo o furacão até conseguiu o empate com Paulo André,mas não conseguiu segurar o resultado e saiu derrotado de Campinas.Na próxima rodada o furacão recebe na arena o Santos.

O JOGO:

A Macaca começou com tudo e, logo aos dois minutos, Fábio Ferreira aproveitou sobra de bola em cobrança de falta de Reinaldo, e emendou para o fundo das redes abrindo o placar. A posição do zagueiro era bem duvidosa. O jogador bem disputado e, no momento em que a Ponte tocava bola, aos 10 minutos, Walter cobrou falta e Paulo André apareceu para empurrar para o gol e deixar tudo igual.
Roger apareceu com liberdade, aos 16 minutos, com a bola dominada, mas o árbitro desta vez parou o lance para marcar o impedimento. Aos 18 minutos, Reinaldo deixou Deivid para trás e chutou cruzado, pela linha de fundo. O jogo era muito bom em Campinas, totalmente aberto. Hernani, aos 26 minutos, cobrou falta de longe, a bola bateu no chão e carimbou a trave.
A Macaca respondeu, aos 29 minutos, com Clayson, que arriscou de primeira, rasteiro, para defesa de Weverton. De longe, Renê Junior chutou alto, por cima da meta atleticana. O Furacão chegou com perigo aos 38 minutos, com Walter, que abriu espaço e fuzilou. Nikão, no meio do caminho, quase conseguiu o desvio.
Para o segundo tempo, a Ponte voltou com Matheus Jesus no lugar de Renê Junior. O jogo, entretanto, não voltou igual, ficou mais truncado, com o péssimo estado do gramado atrapalhando bastante o toque de bola. Aos oito minutos, Clayson partiu para a jogada individual, e chutou pela linha de fundo.
Mas, aos 16 minutos, Reinaldo tabelou com Roger, fez fila na defesa atleticana e bateu no cantinho para balançar as redes e marcar um golaço. A equipe campineira estava melhor na partida e, aos 22 minutos, Pottker subiu mais do que a defesa pra testar para fora. Até que, aos 23 minutos, Jeferson aproveitou falha da defesa rubro-negra e chutou para marcar o terceiro.
O Furacão tentou descontar, aos 28 minutos, com Valter colocando por baixo das pernas de Cristian e batendo para defesa de João Carlos. No rebote, Giovanny perdeu. Aos 34 minutos, cruzamento fechado para Roger, mas Weverton deixou a meta para interceptar. Aos 41 minutos, Walter girou o corpo e Kadu pareceu para travar. Mas,aos 47 minutos, aproveitando vantagem, Walter descontou. Jogando abaixo daquilo que mostrou diante do São Paulo, o Furacão saiu derrotado de campo.
Ficha Técnica:
PONTE PRETA 3 X 2 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 15 de junho de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Cartões amarelos : Pablo (Atlético-PR)
PONTE PRETA: Fábio Ferreira, aos 02 minutos do primeiro tempo; Reinaldo, aos 16 minutos e Jeferson, aos 23 mintuos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Paulo André, aos 10 minutos do primeiro tempo e Walter, aos 47 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Matheus Jesus), Cristian (Thiago Galhardo) e Clayson (William Pottker); Felipe Azevedo e Roger
Técnico: Eduardo Baptista
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Deivid e Pablo (Ewandro); Nikão (Giovanny), Walter e André Lima (Vinícius).
Técnico: Paulo Autuori

Nenhum comentário:

Postar um comentário