Classificado:Atlético vence o Brasil-RS e avança na Copa do Brasil.


O Furacão derrotou o Brasil-RS por 1a0 na noite dessa quarta feira na arena,e garantiu vaga a próxima fase da Copa do Brasil,em jogo equilibrado na primeira etapa o rubro negro se soltou no segunda tempo e com gol do volante Hernâni garantiu a vitória sobre os gaúchos e a vaga a próxima fase.Agora o rubro negro espera o vencedor de Dom Bosco-MT e Nacional-AM para saber quem enfrentará na próxima fase,porém antes o rubro negro tem o Paraná Clube na arena pela semifinal do estadual.

O JOGO:

O clima era de tensão na Baixada, com protestos do lado de fora por parte da torcida organizada, impedida de entrar, e do lado de dentro, com vaias nas arquibancadas antes de a bola rolar. Após o apito inicial, o apoio voltou a acontecer. Aos quatro minutos, Pablo recebeu na cara do gol, mas foi travado na hora do chute.
O Xavante criou sua primeira oportunidade aos 11 minutos, em cobrança de falta fechada de Diogo Oliveira que Weverton espalmou errado, quase entregando o ouro. Uma das novidades do técnico Paulo Autuori, que optou por poupar alguns titulares, Giovanny cobrou falta, aos 21 minutos, e Eduardo Martini fez a defesa.
O ferrolho montado pela equipe gaúcha não deixava o Furacão criar jogadas de perigo real, começando a irritar o torcedor. Aos 34 minutos, André Lima recebeu na área e isolou. Muita reclamação dos jogadores do Atlético em dois lances seguidos. Primeiro um toque de Galiardo na área e, na sequência, uma entrada mais forte de Moises em Sidcley. O árbitro mandou o jogo seguir.
Na segunda etapa, o Rubro-Negro paranaense voltou com Walter e Hernani. Mas quem chegou primeiro foi o Brasil, com Washington, que apareceu na cara do gol e parou em um milagre de Weverton. Na sequência, a bola sobrou para Marcos Paraná arrematar de longe, pela linha de fundo. Walter tentava se movimentar bastante pelo meio da defesa e recebia até algum incentivo.
O Furacão subiu de produção e pressionava. Aos 14 minutos, Walter invadiu a área e foi travado com perfeição por Leandro Camilo. Aos 22 minutos, Ewandro chutou rasteiro, a bola passou por todo mundo e ninguém completou. Até que, aos 30 minutos, Hernani recebeu de André Lima e chutou no cantinho para abrir o placar. Aos 41 minutos, a zaga do Brasil afastou e Deivid arrematou para fora. Placar magro, mas suficiente para garantir a vaga e diminuir a tensão.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 BRASIL–RS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 13 de abril de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho –(SP)
Assistentes: Neuza Inês Back (Fifa-SC) e Eder Alexandre (SC)
Cartões amarelos : Pablo, Sidcley e Walter (Atlético-PR); Leandro Leite, Leandro Camilo e Brock (Brasil)
ATLÉTICO-PR : Hernani, aos 30 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Vilches, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid, Jadson (Hernni), Nikão, Pablo (Walter)e Marcos Guilherme; André Lima.
Técnico: Paulo Autuori
BRASIL – RS: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo, Brock, Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Gustavo Papa) e Moisés (Xaro); Marcos Paraná e Nathan (Ramon)
Técnico: Rogério Zimermann
Veja o gol do furacão:


Nenhum comentário:

Postar um comentário