Tudo errado:Atlético é derrotado no atletiba.


O Atlético foi derrotado pelo coxa na tarde desse domingo na arena,apesar do apoio da torcida o rubro negro não conseguiu render criou poucas chances,e ainda falhou na defesa resultando em uma derrota por 2a0 para o Coritiba.Na próxima quarta feira o furacão enfrenta o Flamengo pela Primeira Liga.

O JOGO:


A partida começou quente, com muita disputa entre os atletas, que mostravam muita volta. A primeira grande chance, no entanto, foi alviverde, com Negueba, que aproveitou cruzamento para testar firme e exigir grande defesa de Weverton. A partida não era bonita tecnicamente, mas brigada. Aos 15 minutos, Carlinhos arriscou de muito longe, mas desvio de Vilches quase enganou Weverton.
O Coxa arriscava mais, como aos 16 minutos, em cabeçada de Alan Santos, nas mãos de Weverton. Aos 17 minutos, foi a vez de Negueba chutar de fora da área, por cima da meta. Contra-ataque em alta velocidade do Coritiba, com Carlinhos, que cruzou fechado. Weverton interceptou e, na sobre, Kléber errou o último passe para Dudu, que estava livre. No troco, Eduardo cruzou e Wilson quase entregou.
Grande lançamento para Negueba, aos 31 minutos, mas o árbitro parou o lance para marcar impedimento do atacante, que apareceu com bastante liberdade. Aos 34 minutos, Alan Santos desviou na área e o Gladiador fez papel de zagueiro, espanando o chute. O clima em campo era de nervosismo, com algumas discussões. Em uma rara chegada do Furacão, aos 45 minutos, Walter cruzou e Pará testou para fora.
Para a etapa final, as equipes retornaram sem mudanças. Com a bola rolando, um maior equilíbrio era evidente. Aos cinco minutos, Kléber fez fila e rolou para Alan Santos bater para fora. Na resposta, Marcos Guilherme invadiu a área, tocou para Walter, mas o camisa 18 não alcançou. O técnico Paulo Autuori começou a modificar o Atlético e a inflamar a torcida. O primeiro a sair foi Pará para a entrada de Roberto.
Muita reclamação aos 18 minutos, quando Paulo André subiu para afastar uma bola na área e os jogadores do Coxa pediram toque de mão. O jogo seguiu. Kléber voltou a sentir e saiu para a entrada de Vinícius. Depois de alguma correria após o retorno do intervalo, o ritmo da partida caiu um pouco.
Até que, aos 28 minutos, Negueba cruzou e, no segundo pau, Thiago Lopes apareceu para tocar e estufar as redes, abrindo o placar. O Atlético não se encontrava em campo, não parecia jogar em casa. Aos 36 minutos, Eduardo derrubou Vinícius e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Juan fez o segundo. O Atlético ainda perdeu André Lima, expulso pelo segundo amarelo, o primeiro recebido ainda no banco de reservas.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 0 X 2 CORITIBA
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 20 de março de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Fábio Filipus
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Pedro Martinelli Christino
Cartões amarelos : Vinícius, Otávio, André Lima e Eduardo (Atlético-PR); Kléber, Juninho, Negueba e Vinícius (Coritiba)
Cartão vermelho : André Lima (Atlético-PR)
Gol
CORITIBA: Thiago Lopes, aos 28 minutos e Juan, aos 28 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Chistián Vilches, Paulo André e Pará (Roberto); Deivid, Otávio, Marcos Guilherme (Giovanny), Vinícius (André Lima) e Pablo; Walter.
Técnico: Paulo Autuori

CORITIBA: Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo e Juan; Dudu (Thiago Lopes), Kléber (Vinícius) e Negueba
Técnico: Gilson Kleina
Veja os gols do jogo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário