Sem graça:Em jogo fraco,Atlético fica no zero com o JMalucelli.


E o furacão não conseguiu manter o 100% de aproveitamento no estadual,isso por que em um jogo fraco o rubro negro não saiu de um empate em zero a zero com o JMalucelli na tarde desse sábado no ecoestádio em Curitiba,após dois tempos de pouca inspiração das duas equipes ninguém conseguiu tirar o zero do placar e sair vencedor.Na próxima rodada o furacão enfrenta o Cascavel em Cascavel.

O JOGO:

O empate sem gols foi reflexo de um jogo onde as equipes criaram poucas chances e tiveram a pontaria bem longe do ideal. No primeiro tempo, os goleiros pouco trabalharam. Depois do intervalo, a partida ficou mais aberta, mas os dois times seguiram com dificuldade em criar boas jogadas de ataque. A melhor oportunidade do Jotinha foi com Tomas, que ficou de frente para o gol após falha da defesa, mas não conseguiu aproveitar. O Furacão ficou muito perto do gol nos minutos finais, quando Paulo André cabeceou e viu Camargo salvar em cima da linha. Não teve jeito. Era jogo para zero a zero, o primeiro do Paranaense 2016.


Assim como os adversários anteriores do Atlético-PR, o Jotinha se precaveu defensivamente para conter a equipe rubro-negra e protagonizou um duelo truncado desde o primeiro tempo. No segundo, até criou chances para vencer, mas não converteu e safou-se de levar um gol de cabeça do zagueiro Paulo André no final. Luiz Camargo salvou em cima da linha.

Ficha Técnica:


ATLÉTICO-PR 0 X 0 JMALUCELLI
Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR)
Data: 13 de fevereiro de 2016, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Rogério Menon da Silva (PR)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Wesley Waldir Marmitt (ambos do PR)
Cartões amarelos: Paulo André e Vinícius (Atlético-PR); Cristovam, Leandro Silva, Wellington e Tomas Bastos (JMalucelli)
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Vilches, Paulo André e Roberto; Deivid, Otávio (Hernani) (Jadson), Vinícius e Marcos Guilherme; Sidcley (Anderson Lopes) e André Lima
Técnico: Cristóvão Borges
JMALUCELLI: Fabrício; Cristovam, Diego Alemão, Valdomiro e Leandro Silva; Diego Prates, Wellington (Dinélson), Luiz Camargo e Tomas Bastos (Robinho); Getterson (Neto) e Vandinho
Técnico: Ary Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário