Bom começo:Em jogo quente,Atlético bate o Fluminense em Volta Redonda.


O jogo pode ter sido de caráter amistoso,mas dentro de campo o papo foi outro em uma partida com direito a expulsões ,pênalti perdido e gol de Vinicius contra seu ex clube o furacão derrotou o Fluminense por 1a0 na estréia da primeira liga em Volta Redonda.Em jogo muito pegado o furacão se impôs e saiu vencedor na partida com gol de Vinicius e um pênalti defendido por Weverton,agora o rubro negro se prepara para mais uma estréia no próximo domingo o furacão vai até Ponta Grossa,para enfrentar o Operário na estreia do estadual 2016.

O JOGO:

O Fluminense começou a partida no ataque, enquanto o Atlético-PR mostrava muita cautela. Aos seis minutos, o Tricolor criou a primeira jogada de perigo. Wellington Silva cruzou e Gustavo Scarpa cabeceou para fora.
O meia Vinicius que trocou o Fluminense pelo Furacão era perseguido pela torcida carioca e vaiado cada vez que tocava na bola.
Aos 14 minutos, o Fluminense criou a primeira real oportunidade de gol. Felipe Amorim cruzou da direita e Fred completou, de primeira, mas a bola saiu.
A resposta do Atlético-PR veio aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio, Vilches chutou. A bola passou por Cavalieri e Wellington Silva salvou em cima da linha.
O lance fez o time visitante criar novo ânimo da partida e equilibrar as ações. O time dirigido por Cristovão Borges utilizava os lados do campo para abrir espaços na defesa tricolor.
Aos 32 minutos, após rápida troca de passes, Marcos Guilherme recebeu na corrida e chutou na rede pelo lado de fora.  Só aos 39 minutos é que o Tricolor das Laranjeiras chegou no ataque, mas o cruzamento de Wellington Silva acabou bloqueado pela zaga paranaense. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Gum cabeceou para fora.
Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo e o Fluminense voltou bem melhor, forçando o jogo pela direita, com Felipe Amorim que levava vantagem sobre seus marcadores.
Aos sete minutos, antes da cobrança de escanteio, Fred agrediu Léo com um soco na nuca, mas o árbitro, de costas para o lance, acabou expulsando os dois jogadores.
No Atlético-PR, o técnico Cristovão Borges colocou Eduardo para recompor a defesa, enquanto o técnico tricolor deu mais liberdade ao atacante Felipe Amorim para se movimentar por todos os lados do campo. Logo depois, Eduardo Baptista colocou o experiente atacante Magno Alves no lugar do meia Gustavo Scarpa.
Aos 16 minutos, o Fluminense desperdiçou uma grande chance. O lateral esquerdo Ayrton recebeu diante de Weverton, mas o goleiro paranaense fechou o ângulo e impediu o gol da equipe carioca.
Aos 25 minutos, o Atlético marcou o primeiro gol. O lateral Eduardo fez ótima jogada pela direita e cruzou. Vinicius apareceu entre os zagueiros e tocou no canto direito de Cavalieri.
O treinador do Fluminense colocou Marcos Junior para tentar dar mais força ofensiva ao time. Aos 32 minutos, o goleiro Weverton saiu com precisão e salvou com os pés, antes que Magno Alves chegasse para concluir.
Aos 35 minutos, Eduardo derrubou Marcos Junior que se preparava para cabecear. O árbitro marcou pênalti, mas o Fluminense desperdiçou a cobrança. Cícero bateu e Weverton defendeu. A bola sobrou para Gum que completou para nova defesa do goleiro da equipe paranaense. Aos 39, Marcos Junior arriscou de fora da área e a bola saiu.
Nos minutos finais, a equipe carioca partiu desesperadamente para buscar o gol do empate, principalmente através das investidas do lateral Léo Pelé. Aos 43 minutos, Marcos Junior foi derrubado nas proximidades da grande área, mas o goleiro Weverton apareceu bem para rebater, de soco, e aliviar o perigo.
Ficha Técnica:
FLUMINENSE-RJ 0 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 27 de janeiro de 2016, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Alex Santos e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
Cartão Amarelo: Cícero(Flu);  Vinicius, Crysan(AP)
Cartão Vermelho: Fred(Flu) e Léo(AP)
Gol: ATLÉTICO-PR: Vinicius, aos 25 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Nogueira e Ayrton(Léo Pelé); Edson e Cícero; Felipe Amorim(Marcos Junior), Danielzinho e Gustavo Scarpa(Magno Alves); Fred
Técnico: Eduardo Baptista
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Christián Vilches, Paulo André, Roberto; Deivid, Otávio, Vinícius(Sidcley) e Marcos Guilherme; Anderson Lopes(Eduardo) e Crysan(Marcos Damasceno)
Técnico: Cristóvão Borges
Veja como foi a vitoria do furacão contra o Fluminense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário