Derrota:Atlético perde o atletiba e segue em má fase.


Em uma tarde pouco inspirada,e com chances claras perdidas o furacão foi derrotado pelo Coritiba no Couto Pereira por 2a0 e assim chegou a cinco jogos sem vencer no campeonato.Após levar um gol logo no inicio de jogo o furacão teve boas chances para empatar e ficou com um a mais no campo porém não conseguiu o gol.Na próxima rodada o furacão recebe a Ponte Preta na arena.

O JOGO:

 Precisando quebrar uma sequência de quatro partidas sem vitórias e um tabu que durava desde janeiro de 2008, o técnico Milton Mendes optou pelo fim do rodízio e colocou em campo o time com força máxima. Os donos da casa, por sua vez, puderam entraram com a mesma formação que bateu o Flamengo, no meio de semana, diante de quase 70 mil pessoas em Brasília. Empurrado por um barulho ensurdecedor da torcida, o Coxa tentava impor o ritmo nos primeiros movimentos.
As duas equipes estavam pilhadas e marcavam forte, com muita disposição dos atletas. Em duas oportunidades, aos quatro minutos, Weverton precisou afastar do jeito que deu para impedir a chegada de Kléber Gladiador. Em vacilo da defesa rubro-negra, aos seis minutos, Henrique Almeida lançou Kléber, mas Kadu se recuperou e recebeu falta. Até que, aos 12, Negueba pegou sobra de bola, protegeu e serviu para Henrique soltar a bomba de fora da área e abrir o placar.
No duelo entre as principais estrelas dos times, Kléber mostrava mais movimentação, dando trabalho à defesa atleticana, enquanto Walter estava sumido, bem marcado. Aos 19 minutos, Eduardo fez a jogada no fundo e cruzou, mas ninguém conseguiu aproveitar. Walter tentou aparecer aos 26 minutos, em chute para a área que a defesa alviverde afastou para escanteio.
Ney Franco foi obrigado a queimar uma alteração aos 32 minutos, com a saída de Alan Santos, lesionado, para a entrada de Juan. A marcação era forte e deixava o jogo concentrado no meio-campo. Aos 39, Negueba recebeu lançamento, cruzou rasteiro e Vilches apareceu para salvar. Aos 41 minutos, em vacilo da defesa coxa-branca, Walter dominou sozinho e, na saída do goleiro, de forma inacreditável, tocou pela linha de fundo. Na sequência, para loucura do torcedor do Coritiba, o atacante rubro-negro foi substituído, reclamando de uma lesão. Aos 45 minutos, Lúcio Flávio lançou e Negueba fuzilou para o fundo as redes para ampliar.
Para a segunda etapa, o Furacão retornou com Ewandro no lugar de Deivid, tentando ir para o tudo ou nada. Logo no primeiro minuto, Hernandez arriscou de fora da área, por cima da meta. Aos três, Ewandro recebeu com liberdade, entrou na área, tocou de bico e a bola carimbou a trave. Na resposta, Carlinhos chutou forte de longe, e a bola subiu demais.
O jogo voltou mais aberto depois do intervalo. Aos 10 minutos, Kleber foi lançado, colocou a mão na coxa e caiu no gramado, pedindo substituição. Depois de uma parada para atendimento de Henrique Almeida, que dividiu com o goleiro Weverton, o Rubro-Negro voltou a atacar com Ewandro, aos 18 minutos, mas o jogador arrematou na rede pelo lado de fora. Aos 25, após cobrança de escanteio, Henrique Almeida testou para defesa de Weverton.
Ovacionado pelo torcedor, Negueba saiu de campo substituído por Paulinho, aos 28 minutos. Os ânimos ficaram acirrados em campo aos 30, com um desentendimento entre Paulinho e Hernandez. O Rubro-Negro não conseguia criar e dava de frente com uma defesa bem postada, em uma noite bastante feliz.
Aos 39, Marcos Guilherme cobrou falta na área e carimbou o próprio companheiro. Um minuto depois, Lúcio Flávio fez falta por trás e foi expulso. Aos 42, Rafhael Lucas teve a chance de fazer o terceiro, mas mandou para fora. A essa altura, tudo era festa para o torcedor coxa-branca, que venceu o campeonato à parte chamado Atletiba.
Ficha Técnica:
CORITIBA 2 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 20 de setembro de 2015, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Moises Aparecido de Souza (PR)
Cartões amarelos : João Paulo, Henrique Almeida, Paulinho, Juan, Rafael Lucas e Negueba (Coritiba); Kadu, Otávio e Hernandez (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Lúcio Flávio (Coritiba)
Gols: CORITIBA: Henrique Almeida, aos 12 minutos e Negueba, aos 45 minutos do primeiro tempo
CORITIBA : Wilson, Leandro Silva, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos (Juan) e Lucio Flavio; Negueba (Paulinho), Henrique Almeida e Kleber (Rafhael Lucas).
Técnico: Ney Franco
ATLÉTICO-PR : Weverton; Eduardo (Cryzan), Kadu; Vilches, Sidcley; Otávio, Deivid (Ewandro) e Hernandez; Marcos Guilherme, Nikão e Walter (Dellatorre).
Técnico: Milton Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário