Derrota no maraca:Atlético é derrotado pelo Vasco.


O Atlético foi até o Rio de janeiro,e aumentou sua série sem vencer no brasileirão para três jogos,isso por que na tarde de domingo foi derrotado pelo Vasco da Gama por 2a0 e perdeu a oportunidade de retornar ao G-4 do brasileirão.Na próxima rodada o furacão recebe o Grêmio no Couto Pereira.

O JOGO:

Como era de se esperar, o Vasco começou a partida no ataque, mas foi o Atlético o primeiro a ameaçar. Walter fez um ótimo lançamento para o lateral Eduardo que bateu forte, mas a bola saiu.
Aos quatro minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Depois de cruzamento de Leandrão, da direita, a defesa paranaense vacilou e Júlio César apareceu para chutar e colocar nas redes de Weverton.
A vantagem animou a equipe carioca que voltou a ameaçar aos sete minutos, em cabeçada do zagueiro Rodrigo. O time paranaense parecia nervoso e cometia muitos erros, permitindo que o Vasco ficasse mais tempo com a bola.
Só aos 16 minutos é que o Furacão chegou com perigo. Ewandro fez bom passe para Walter que, mesmo muito marcado, conseguiu virar e bater por cima do gol defendido por Martín Silva.
Logo depois, o técnico Jorginho foi obrigado a “queimar” a primeira substituição. Jorge Henrique se lesionou e cedeu seu lugar a Rafael Silva.
Aos 18 minutos, Julio dos Santos faz ótimo lançamento para Madson que penetra nas costas da zaga e chuta de forma bisonha, desperdiçando uma grande oportunidade.
O Vasco passou a administrar a vantagem, enquanto o Atlético seguia com muita dificuldade para organizar jogadas ofensivas. Apenas Walter tentava dar opção para os companheiros.
Aos 26 minutos, Rodrigo bateu falta e Weverton defendeu parcialmente, mas a zaga paranaense aliviou o perigo. O Atlético respondeu com um chute de Marcos Guilherme que Martín Silva fez a defesa com alguma dificuldade.
O Vasco perdeu muito da força ofensiva com a saída de Jorge Henrique, porque Rafael Silva não conseguia participar do jogo com a mesma intensidade.
Aos 35 minutos, o Atlético criou sua melhor jogada de ataque com Nikão que se livrou da marcação e bateu forte, mas o goleiro Martín Silva fez grande defesa. A resposta cruz-maltina veio com Leandrão que evitou a marcação, com belo drible, e chutou para boa defesa de Weverton.
Aos 46 minutos, Walter descobriu Daniel Hernandez penetrando pela esquerda. O atacante chutou colocado e Martín Silva salvou com o pé. No último lance importante da etapa inicial, Nenê arrancou e lançou para Leandrão que, dentro da área, bateu para boa defesa de Weverton.
O Vasco voltou com Riascos no lugar de Leandrão que sentiu dores musculares. E, logo aos dois minutos, a equipe de São Januário marcou o segundo gol. Após cobrança de lateral efetuada por Madson, a bola bateu no braço de Kadu e o árbitro marcou pênalti que Nenê converteu com um chute forte no canto esquerdo. 
Sem outra alternativa, o técnico Milton Mendes tentou tornar o time mais ofensivo com a entrada de Delatorre. Aos 12 minutos, Marcos Guilherme tentou a tabela com Nikão, mas a bola bateu na zaga e voltou para Marcos Guilherme que chutou forte, mas a bola desviou na zaga e a bola saiu para escanteio.
Com Walter, na armação das jogadas, dando bons passes aos companheiros, o time de Curitiba passou a atacar com mais intensidade. Aos 17 minutos, Delatorre bateu para nova defesa segura de Martín Silva. Um minuto depois, após cruzamento na área, Eduardo escorou de cabeça para Nikão que chutou errado e desperdiçou a oportunidade.
O Vasco apenas se defendia porque a saída de Leandrão enfraqueceu o setor ofensivo do time carioca. Riascos não conseguia dar sequência às jogadas e irritava a torcida.
O time carioca teve a chance de marcar o terceiro gol, aos 42 minutos, quando Rafael Silva entrou livre na área, mas o atacane chutou fraco e facilitou a defesa de Weverton, no lance final da partida.
Ficha Técnica:
VASCO-RJ 2 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de setembro de 2015 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Público: 10.805 pagantes
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Marcos Welber Rocha de Amorim (BA)
Cartão Amarelo: Martín Silva, Riascos(Vas); Ewandro, Nikão(AP)
Gols:
VASCO: Julio Cesar, aos quatro minutos do primeiro tempo; Nenê, aos dois minutos do segundo tempo
 VASCO: Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio César; Serginho(Rafael Vaz), Bruno Gallo, Julio dos Santos e Nenê; Jorge Henrique(Rafael Silva) e Leandrão(Riascos)
Técnico: Jorginho
 ATLÉTICO-PR: Weverton, Eduardo(Ytalo), Vilches, Kadu e Sidcley; Otávio, Jadson (Delatorre) e Nikão; Marcos Guilherme, Ewandro(Daniel Hernandez) e Walter
Técnico: Milton Mendes
Veja como foi o jogo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário