Silêncio no palestra:Atlético vence o Palmeiras e volta ao G-4.


Vitória gigante assim pode ser nomeada o resultado do furacão diante o Palmeiras em São Paulo,com gol de Walter o furacão bloqueou o Palmeiras e conquistou sua segunda vitória seguida fora de casa e a terceira seguida no campeonato,em jogo onde brilhou a estrela de Walter e Milton Mendes o furacão parou o time paulista e colocou silêncio no Alianz Parque.Na próxima rodada o rubro joga diante seu torcedor contra o Sport.

O JOGO:

Sob forte sol da manhã paulistana neste domingo, o torcedor encheu o Palestra Itália e sentiu ver o time novamente comandado por Oswaldo de Oliveira. Com a mesma base que levou a equipe às primeiras colocações do Campeonato Brasileiro, a formação não mostrou a velocidade característica com Marcelo Oliveira e facilitou o trabalho do Atlético-PR.
O Verdão tocava de lado, com raras ultrapassagens pelos lados. Quando alguma jogada aparecia pelas pontas, os cruzamentos eram facilmente afastados pelo adversário. O Furacão não se incomodava em deixar o rival com a bola, mantendo volantes e defensores próximos, bloqueando espaços.
Aos poucos, o time paranaense foi avançando, mas sempre em bloco, e ocupou o campo adversário. Assim, aos nove minutos de jogo, criou a principal chance do primeiro tempo, com o volante Otávio lançando para Crysan passar nas costas de Leandro Almeida e bater firme, cruzado, parando em excelente defesa de Fernando Prass.
A sonolência alviverde ainda dava espaço para Nikão e Marcos Guilherme se movimentarem, encontrando espaço, e coube a Marcos Guilherme levar perigo a Fernando Prass aos 15, batendo de fora da área. O goleiro do Palmeiras conseguiu defender, trazendo alívio à torcida, que logo se lamentou ao ver o volante Gabriel sair machucado para dar lugar a Andrei Girotto, aos 33.
O Palmeiras, por sua vez, parecia não se entender com a bola e todas as tentativas de ataque paravam em toques de lado de Rafael Marques ou Dudu. A exceção era Robinho que, mesmo se atrapalhando sozinho, deu trabalho ao goleiro Weverton em chute de fora da área, aos 20, e em cobrança de falta na qual a barreira tirou a bola da direção do gol, aos 45.
No intervalo, entre os dois atacantes que paralisavam as jogadas ofensivas, Marcelo Oliveira preferiu manter Dudu e trocar Rafael Marques, que está com sinusite, por Kelvin. E a vontade do jogador que saiu do banco virou um chute perigoso dele mesmo, aos seis. Mas não foi suficiente para que as jogadas se encaixassem como nas últimas rodadas.
O Furacão passou a ter mais espaço para contra-atacar e o técnico Milton Mendes resolveu apostar em Walter como referência das bolas esticadas da defesa. O Verdão também mudou de centroavante, para alegria da torcida, que comemorou ao ver Barrios entrar no lugar de Leandro Pereira, dono de seguidos erros técnicos ao longo da partida.
Mas foi o Atlético-PR que mostrou mais interesse na partida, e a definiu com seu astro. Aos 29, Prass fez grande defesa para evitar gol de Otávio. No minuto seguinte, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Walter, livre com a meta vazia à frente, balançar as redes. Mais uma vez, a festa alviverde armada para a hora do almoço de domingo se desfez neste Brasileiro no Palestra Itália.
Ficha Técnica:
PALMEIRAS 0 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 2 de agosto de 2015, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Público: 38.794 pagantes
Renda: R$ 3.325.090,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE)
Cartões amarelos: Victor Ramos (Palmeiras); Kadu e Vilches (Atlético-PR)
Gol: ATLÉTICO-PR: Walter, aos 30 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Gabriel (Andrei Girotto) e Arouca; Rafael Marques (Kelvin), Robinho e Dudu; Leandro Pereira (Barrios)
Técnico: Marcelo Oliveira
ATLÉTICO-PR: Weverton; Matheus Ribeiro, Vilches, Kadu e Sidcley; Otávio, Hernani (Deivid) e Bruno Mota; Marcos Guilherme, Nikão (Daniel Hernández) e Crysan (Walter)
Técnico: Milton Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário