Classificado:Atlético vence novamente o Joinville e se classifica na Sul-Americana.


O Atlético derrotou o Joinville na arena da baixada e garantiu vaga as oitavas de final da copa Sul Americana,em uma partida morna sem grande emoções o rubro fez o gol da vitória ainda na primeira etapa em jogada individual de Nikão com o resultado o furacão se garantiu na outra fase da competição internacional e enfrenta outro brasileiro o Brasilia que eliminou o Goiás.Agora o furacão volta a campo no próximo domingo contra o Goiás na arena.

O JOGO:

Com força máxima, o Furacão tomou as ações da partida a partir do apito inicial e tentava pressionar. Aos quatro minutos, Walter aproveitou cruzamento, dominou na área e ensaiou uma bicicleta, fraca, pela linha de fundo. A galera gostou nas arquibancadas. Aos sete minutos, Nikão cobrou falta da intermediária, direto para fora.
Preocupado com os ataques em sequência, o JEC tocava a bola quando tinha ela nos pés, esperando por um erro do adversário. Aos 15 minutos, Nikão fez levantamento de bola, mas Marcos Guilherme não alcançou. O gol atleticano parecia questão de tempo. Até que, aos 24 minutos, Nikão partiu com a bola do meio-campo, passou pela defesa como quis e tocou na saída do goleiro para abrir o placar.
O gol praticamente eliminava qualquer chance de classificação do Joinville. Aos 32 minutos, Eduardo invadiu a área e soltou o petardo para boa defesa de Oliveira. O segundo quase aconteceu aos 34 minutos, em lançamento de Walter para Nikão que Arnaldo, tentado cortar, quase mandou para as próprias redes, acertando Oliveira no caminho. O JEC acordou e, aos 40 minutos, Rogério pareceu na área para testar firme, para fora, com perigo. Nos acréscimos, com Marcelo Costa cobrou falta e carimbou a trave.
Para a etapa final, as equipe somente mudaram de lado e não alteraram ninguém. A primeira situação de gol aconteceu aos quatro minutos, com Walter, que apareceu no meio da defesa para desviar e exigir boa defesa de Oliveira. Aos oito minutos, Nikão invadiu a área e foi travado, ficando no chão pedindo a penalidade, não marcada pela arbitragem.
O ritmo da partida caiu bastante, sem emoção. Os treinadores aproveitaram para queimar suas alterações. Aos 18 minutos, Silvinho partiu para a jogada individual, mas foi facilmente dominado pela defesa atleticana. Em meio ao marasmo, Rogério, que abriu a caixa de ferramentas durante toda a partida, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 34 minutos, Sidcley tentou encobrir Oliveira, mas exagerou na força. Aos 42 minutos, Kempes recebeu na frente da área e arriscou, para fora. A classificação atleticana estava garantida.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO PARANAENSE 1 X 0 JOINVILLE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 27 de agosto de 2015, quinta-feira
Público: 13.227 pessoas
Renda: R$ 256.355,00
Horário: 21h15 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Lamouroux (Colômbia)
Assistentes: Eduardo Diaz (Colômbia) e Cristian De La Cruz (Colômbia)
Cartões amarelos : Rogério e Danrlei (Joinville)
Cartão vermelho : Rogério (Joinville)
GOL:
ATLÉTICO-PR: Nikão, aos 24 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Kadu (Gustavo), Wellington e Sidcley; Otávio, Deivid, Marcos Guilherme (Barrientos), Daniel Hernández; Nikão e Walter (Cryzan)
Técnico: Milton Mendes
JOINVILLE: Oliveira, Arnaldo, Dankler e Rafael Donato (Alef) e Rogério; Danrlei, Fabrício e Marcelo Costa; Silvinho, Marion (Matheus Silva) e Ricardo Bueno (Kempes)
Técnico: Paulo César Gusmão
Veja como foi a vitória do furacão:

Nenhum comentário:

Postar um comentário