Buscando embalo:Atlético busca mais uma vitória contra o Avai na Ressacada.


Na tarde desse sábado o furacão volta a campo pelo brasileirão,o desafio dessa vez é em Florianópolis diante o Avaí na Ressacada onde o rubro negro vai em busca da segunda vitória seguida no campeonato.Após a vitória na última rodada o time ganhou confiança e espera agora vencer longe da sua torcida para subir na tabela de classificação e para isso mais uma vez o técnico Milton Mendes fará mudanças na equipe titular.

O TIME:

Para a partida o treinador ainda não poderá contar com o atacante Walter que segue no DM,por outro lado terá a volta do meia Marcos Guilherme que deverá entra como titular na vaga de Ytalo outra novidade estará no banco de reservas,o lateral português Bruno Pereirinha foi regularizado junto a CBF e fica a disposição no banca de reservas.No setor de ataque Nikão segue como titular e Sidcley é mantido na lateral esquerda.

O Avaí:

Comandado pelo técnico Gilson Kleina o Avaí busca a vitória em casa para subir na tabela,e se afastar da zona de rebaixamento para a partida o time catarinense não poderá contar com Romario que sentiu durante a semana para seu lugar quem ganha a vaga é Eltinho por outro lado o time terá a volta do atacante Roberto que cumpriu suspensão dessa forma o Avaí deve ir a campo com:Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Emerson e Eltinho; Renan, Eduardo Neto e Renan Oliveira; Roberto, Rômulo e William 

Ficha Técnica:
AVAÍ X ATLÉTICO-PR
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC) 
Data: 25 de julho de 2015, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) 
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Eduardo Gonçalves da Cruz (Asp.Fifa-MS)
AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Emerson e Eltinho; Renan, Eduardo Neto e Renan Oliveira; Roberto, Rômulo e William 
Técnico: Gilson Kleina
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Vilches, Kadu e Sidcley; Otávio, Hernani e Bruno Mota; Marcos Guilherme, Crysan e Nikão 
Técnico: Milton Mendes
Relembre o último confronto entre furacão e Avaí.


Nenhum comentário:

Postar um comentário