Deu pro gasto:Atlético vence o Prudentópolis com vaias da torcida.


Na primeira partida do furacão no torneio da morte,o rubro negro venceu o Prudentópolis por 2a0 e iniciou o quadrangular com três pontos mesmo com a vitória o clima na arena da baixada foi de insatisfação total e muitos protestos por parte dos torcedores que lá estavam,o som de muitas vaias e gritos de vergonha Douglas Coutinho e Caique foram responsáveis pela vitória atleticana mesmo jogando um futebol de baixo nível,na próxima rodada o furacão enfrenta o Rio Branco.

O JOGO:


A resposta veio aos seis minutos, com levantamento na medida para a testada de Douglas Coutinho para abrir o placar. O Furacão dominava as ações, mas não criava muitas oportunidades. Aos 14 minutos, Felipe arriscou de longe, pela linha de fundo, sem perigo. O Tricolor veio aos 18 minutos, com Diogo Fogliato aproveitando cruzamento para fazer Weverton trabalhar.
Lance polêmico aos 25 minutos, em desvio de Wellington que Weverton defendeu no reflexo. Os jogadores do Tigre ficaram pedindo gol, mas a arbitragem confirmou que a bola não entrou. O momento era ruim para o Rubro-Negro, que era pressionado. Aos 29 minutos, debaixo das traves, Serjão arrematou para fora. A torcida pegava demais no pé de Bady, que parecia nervoso com a pressão. Aos 36 minutos, Lucas abriu espaço e bateu para fora.
Para a segunda etapa, o Atlético voltou com Caíque no lugar de Bady. Mas, novamente quem chegou assustando foi o Prudentópolis, aos três minutos, com Lugano, que cabeceou para defesa de Weverton. No rebote, Serjão furou e desperdiçou boa oportunidade. Até que, aos sete minutos, Lugano bobeou e Caíque, com oportunismo chutou para marcar o segundo. Aos 12 minutos, Luizinho arriscou da intermediária, à esquerda da meta.
O segundo gol tranquilizou um pouco o grupo atleticano, que continuava sendo pressionado pela torcida. Aos 19 minutos, Natanael cruzou rasteiro e Douglas Coutinho não conseguiu desviar para completar a jogada. O jogo só não era mais sonolento por conta de lances como o de Biro, aos 29 minutos que tentou afastar a bola e chutou para trás, quase enganado Doni. Aos 35 minutos, Douglas Coutinho chutou cruzado para boa defesa do goleiro do Tigre. Antes do apito final, mais protestos contra a diretoria.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO PARANAENSE 2 X 0 PRUDENTÓPOLIS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 05 de abril de 2015, domingo 
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Rogério Menon da Silva
Assistentes: Rafael Trombeta e João Vagner Cavalari 
Cartões amarelos: Diogo Fogliato (Prudentópolis)
Gols
ATLÉTICO-PR: Douglas Coutinho, aos 06 minutos do primeiro tempo e Caíque, aos 07 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Gustavo, Lula e Natanael; Bruno Mota, Paulinho Dias, Bady (Caíque) e Felipe (Gustavo Marmentini); Douglas Coutinho (Rafinha) e Marcos Guilherme
Técnico: Enderson Moreira
PRUDENTÓPOLIS: Doni; Fernandinho (Adnil), Lugano e Kal; Diogo Fogliato, Luizinho, Casimiro, Lucas (Alex) e Biro; Wellingthon (Marcelo) e Serjão 
Técnico: Márcio Máximo
veja como foi a vitoria do Atlético sobre o Prudentópolis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário