Derrota no litoral:Atlético perde para o Rio Branco em Paranaguá.


O Atlético foi até Paranaguá,e foi derrotado pelo Rio Branco por 3a1 em jogo válid pela segunda rodada do paranaense 2015.Em um campo pesado e uma noite muito chuvosa no litoral paranaense os garotos atleticanos não conseguiram desenvolver um bom futebol e acabaram sendo derrotados um gol no inicio da segunda etapa marcado por Crysan,ainda deu um animo ao time mas o time da casa chegou ao terceiro gol e deu números finais a partida com o resultado o rubro negro segue sem vencer no estadual e retorna a campo no próximo domingo na arena da baixada contra o Paraná Clube.

O JOGO:

Com o gramado muito prejudicado pela forte chuva que atingiu o litoral, a expectativa era por um jogo truncado. E a poça artilheira aprontou das suas aos cinco minutos. Ricardo Silva cruzou a área na entrada da área, a bola parou pelo caminho e, Bruno Andrade, esperto, tocou por cobertura para abrir o placar. O jogo era tecnicamente sofrível, com exceção do belo gol do Leão da Estradinha.
Aos 14 minutos, dividida entre Bira e Marcão. Pior para o jogador do Rio Branco, que com um corte no supercílio precisou ser substituído por Diogo. Aos 25 minutos, Pedrão tomou distância para cobrar falta, quase da intermediária, mas, na hora do chute, a bola saiu fraca. Aos 28 minutos, Gustavo Marmentini fez levantamento fechado e Carlos Luna deixou a meta para afastar o perigo.
As equipes tentavam colocar um pouco de velocidade na partida, mas faltava o arremate. O Furacão tinha mais posse de bola mas, aos 35 minutos, Bruno Flores apareceu na área para desviar por cima do goleiro e fazer o segundo dos donos da casa. Bruno Andrade tentou mais um por cobertura, aos 39 minutos, mas desta vez estava em impedimento.
Depois do intervalo, o Rubro-Negro voltou com Crysan no lugar de Bruno Pelissari. E a substituição deu certo mais rápido do que o mais otimista dos torcedores poderia esperar. Com dois minutos de bola rolando, Cryzan aproveitou cruzamento e bateu no cantinho para descontar. O gol deu um novo ânimo para os visitantes, que aumentaram o ritmo, mas seguiam finalizando pouco.
O Rio Branco não se escondia também, aos 15 minutos, após boa triangulação, Bruno Andrade fez o levantamento e Ricardo Silva apareceu para tirar a área e a aliviar a pressão. Na resposta, Marcão invadiu a grande área e bateu forte, à direita da meta. A questão física já começava a pesar, especialmente para o Leão.
A defesa atleticana cochilou, aos 24 minutos, e a bola sobrou para Bruno Andrade que, de frente para o gol, parou nas mãos goleiro Alexandre, que cedeu escanteio. O Rio Branco segurava o jogo como podia, com muita cera dos jogadores. Aos 39 minutos, no entanto, Bruno Andrade aproveitou contra-ataque para tocar na saída do goleiro e fechar o placar.
Ficha Técnica:
RIO BRANCO 3 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: Gigante do Itiberê, em Paranaguá (PR) 
Data: 04 de fevereiro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Lucas Paulo Torezin
Assistentes: Sidmar dos Santos e Rafael Dias de Melo
Cartões amarelos: Roger Guerreiro, Oberdan, Júnior Goiano, Márcio e Paulo Henrique (Rio Branco); Mário Sérgio e Cryzan (Atlético-PR)
GOLS 
RIO BRANCO: 
Bruno Andrade, aos 5 minutos e Bruno Flores, aos 35 minutos do primeiro tempo; Bruno Andrade, aos 39 minutos do segundo tempo 
ATLÉTICO-PR: 
Cryzan, aos dois minutos do segundo tempo
RIO BRANCO: Carlos Luna; Bira (Diogo), Pedrão, Junior Goiano e Alex (Caio); Márcio, Oberdan, Paulo Henrique, Roger Guerreiro (Marco Túlio) e Bruno Flores; Bruno Andrade
Técnico: Amauri Knevitz
ATLÉTICO-PR: Alexandre; Mario Sérgio, Lula, Ricardo Silva (Jean Felipe) e Marcão; Mattheus, Gustavo Marmentini, Jonathan Lucca e Bruno Pelissari (Cryzan); Júnior Barros e Marco Damasceno 
Técnico: Marcelo Vilhena

Nenhum comentário:

Postar um comentário