Sem emoção:em jogo fraco,Atlético fica no empate com o Santos.


O Atlético não saiu de um fraco empate em 1 a 1 contra o Santos na arena da baixada,em jogo onde nenhuma das equipes tinha grandes pretensões houve poucos lances de emoção,Robinho fez o gol do peixe e Cleberson empatou pra o rubro negro,na próxima rodada o furacão vai até Salvador onde enfrenta o Bahia na Fonte Nova.

O JOGO:

O Furacão entrou em campo com duas mudanças, as entrada de Lucas Olaza e Delatorre, já dentro do projeto do técnico Claudinei oliveira de fazer observações pra 2015. Com a bola rolando, as equipes tentavam explorar as laterais, mas encontravam as marcações bem posicionadas. Aos seis minutos, Marcelo arriscou de longe e a bola foi pela linha de fundo, com algum perigo.
Os donos da casa tinham maior volume de jogo. Aos 10 minutos, Cléo subiu mais do que a zaga e testou para fora. Aos 11 minutos, Dellatorre recebeu na área, tentou o chute e carimbou a defesa. O Peixe mostrava muita dificuldade para sair da defesa. Aos 23 minutos, Bady cobrou escanteio e Cleberson desviou para boa defesa de Aranha. Os paulistas acordaram e, aos 25 minutos, Robinho levantou e Cicinho apareceu para tocar para fora.
O castigo chegou para o time o rubro-negro aos 27 minutos, Robinho recebeu lançamento e, no quicar da bola, arrematou no cantinho para balançar as redes e abrir o placar. Aos 34 minutos, Souza cobrou falta e Weverton deixou a meta para dividir com a defesa e afastar a bola. Mais Santos no ataque, aos 40 minutos, com Cicinho, que chutou rasteiro, cruzado, e errou o alvo.
Para a segunda etapa, o Atlético voltou com Hernani no lugar de Deivid. Aos quatro minutos, Hernani lançou Marcelo, Caju se atrapalhou, mas conseguiu se recuperar e recuar para Aranha. Mas, no lance seguinte, Bady cobrou escanteio e Cleberson subiu para cabecear firme e deixar tudo igual. Souza tentou responder aos 10 minutos, em cobrança de falta à esquerda de Weverton.
O jogo era muito truncado, sem emoções, refletindo bem a campanha dos dois times no Brasileirão. Arouca e Lucas Lima trocaram bola na entrada da área, e o meia santista arrematou por cima da meta, aos 16 minutos. Nova aposta de Claudinei Oliveira, Douglas Coutinho fez sua primeira jogada aos 21 minutos, cruzando nas mãos de Aranha.
As equipes pareciam desinteressadas, sem criar nada substancial. Aos 29 minutos, Lucas Lima chutou da entrada da área, mas pegou totalmente torto na bola. O troco veio aos 35 minutos, com Mário Sérgio que recebeu ótimo lançamento, mas não alcançou a bola. Hernani teve a grande chance de garantir a vitória rubro-negra, aos 40 minutos, mas o chute, que ainda teve desvio pelo caminho, bateu na trave. Igualdade dentro de campo que se repete na classificação. Nas arquibancadas, o torcedor atleticano não engoliu bem o resultado e protestou.
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 1 X 1 SANTOS
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR) 
Data: 19 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília) 
Árbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO-CBF-2) 
Assistentes: Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO-ESP-1) e Janette Mara Arcanjo (MG-FIFA) 
Cartões amarelos : Cleberson, Sueliton (Atlético-PR); Alan Santos (Santos)
GOLS: ATLÉTICO- PR: Cleberson, aos 05 minutos do segundo tempo 
SANTOS: Robinho, aos 27 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO- PR: Weverton; Sueliton (Mário Sérgio), Gustavo, Cleberson e Lucas Olaza; Deivid (Hernani), Paulinho Dias, Bady; Cléo, Dellatorre (Douglas Coutinho) e Marcelo. 
Técnico: Claudinei Oliveira
SANTOS: Aranha, Cicinho, Neto, Edu Dracena e Caju; Alison, Arouca, Lucas Lima e Souza (Alan Santos); Robinho e Leandro Damião (Rildo). 
Técnico: Enderson Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário