Longe do perigo:Atlético vence o Criciúma e se afasta de vez da ZR.


O Furacão foi até Santa Catarina e conquistou sua terceira vitória consecutiva no brasileirão,com um gol de Cléo o rubro negro venceu o tigre por 1a0 e se afastou da zona de rebaixamento ido para a nona colocação na tabela e se distanciando da zona de rebaixamento.Na próxima rodada o furacão joga joga novamente fora de casa contra o Fluminense no Maracanã.

O JOGO:

Precisando desesperadamente do resultado positivo em casa, o Tigre foi para o ataque, empurrado pelo torcedor. Aos dois minutos, Lucca cobrou escanteio, Souza desviou de cabeça e Weverton defendeu no reflexo para salvar. Dois minutos depois, Lucca chegou pela lateral e cruzou fechado para saída precisa do goleiro rubro-negro. O Furacão não conseguia ficar com a bola nos pés.
A pressão era total do time da casa, mas o gol não saia. Aos 13 minutos, foi a vez de Souza cruzar e a bola passar na frente da meta, sem ninguém aparecer para completar o lance. Aos poucos o Rubro-Negro equilibrava as ações, pelo menos no setor defensivo. Aos 22 minutos, Bady cobrou falta na área e Ronaldo Alves apareceu para cortar. O ritmo caiu bastante e o Criciúma já não mostrava mais o mesmo ímpeto.
Após boa troca de passes, aos 33 minutos a bola sobrou para Serginho, que arrematou de longe, à esquerda da meta. Na resposta, Paulinho Dias encontrou Marcelo entrando pelo meio da defesa e o atacante chutou nas mãos de Bruno. Sem conseguir penetrar na defesa atleticana, Lucca apelou mais uma vez para o chute de longe, aos 40 minutos, pela linha de fundo.
Depois do intervalo, as duas equipes voltaram sem alterações, com o Tigre prometendo pressionar mais um Furacão que passou a primeira etapa postado na defesa. Aos quatro minutos, Eduardo fez o levantamento e Souza testou fraco, facilitando o trabalho de Weverton. Aos dez minutos, Cléber Santana abriu espaço, chutou e carimbou a defesa rubro-negra.
Confusão aos 11 minutos, com jogadores rubro-negros pedindo a expulsão de Martinez, que fez falta forte e já tinha amarelo. Os dois treinadores aproveitaram o momento sem emoções na partida para mexerem nos times. A principal novidade entrou no lado catarinense, Paulo Baier, as vésperas de completar 40 anos. Aos 20 minutos, Lucca fez a jogada pelo lado esquerdo, entrou na área e bateu nas redes, pelo lado de fora.
O Atlético continuava recuado, esperando para acertar algum contra ataque. E ele veio aos 32 minutos. Marco Guilherme puxou o ataque, chutou para defesa de Bruno e, no rebote, Cléo, em grande fase, estava no lugar certo para empurrar para as redes e abrir o placar. O Criciúma foi para frente de vez. Aos 40 minutos, Lucca recebeu na área, bateu bonito para grande defesa de Weverton, que garantiu os três pontos.
FICHA TÉCNICA:
CRICIÚMA 0 x 1 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC
Data: 22 de outubro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) 
Assistentes: Celso Luiz da Silva-MG e Marcus Vinicius Gomes-MG
Cartões amarelos: Martinez, Bruno Lopes, Giovanni, Paulo Baier e Ronaldo Alves (Criciúma); Gustavo, Cléo e Dellatorre (Atlético-PR)
GOL 
ATLÉTICO-PR: Cléo, aos 32 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Cleberson, Gustavo e Willian Rocha; Deivid, Paulinho Dias e Bady (Hernani); Marcelo, Cléo (Douglas Coutinho) e Dellatorre (Marcos Guilherme) 
Técnico: Claudinei Oliveira
CRICIÚMA: Bruno, Eduardo (Michael), Rafael Pereira, Ronaldo Alves e Giovanni; Serginho, Martinez (Paulo Baier) e Cleber Santana; Lucca, Souza (Zé Carlos) e Bruno Lopes
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Nenhum comentário:

Postar um comentário