Desastre nas dunas:Atlético se perde,e é goleado pelo América em Natal.


A estréia do furacão na copa do Brasil,não foi das melhores,pelo contrario foi péssima fazendo uma atuação pífia o rubro negro foi goleado pelo América por 3a0 e agora vê sua situação na competição muito complicada.Pra poder avançar as quartas de final o rubro negro terá que vencer por 4 gols de diferença para avançar de forma direta,ou três gols para levar a decisão da vaga para os pênaltis.A partida de volta será realizada na próxima quarta feira na arena da baixada,já com  a presença da torcida porém, antes o furacão vai até Goiânia encarar o Goiás pelo campeonato Brasileiro.

O JOGO:

 A nova Era Leandro Ávila, que já colocou sua marca em campo ao escalar Nathan e Douglas Coutinho como titulares, começou com a equipe mostrando que, mesmo fora de casa, tentaria tomar as ações. Logo no primeiro minuto, Marcelo aproveitou vacilo da defesa potiguar e cruzou para Douglas Coutinho, que não alcançou a bola. Aos quatro minutos, foi a vez de Sueliton arriscar e carimbar a trave.

O Mecão segurou a pressão e equilibrou as ações. Aos 16 minutos, Lázaro pegou sobra de bola e bateu forte, pela linha de fundo. Na resposta, aos 18 minutos, Marcos Guilherme mandou o petardo e Andrey fez grande defesa. O jogo era bem disputado e o gramado ajudava a bola a rolar com qualidade. Aos 28 minutos, Andrey repôs a bola errado e por pouco não entregou o ouro ao adversário.
O América começou a usar mais o futebol de Rodrigo Pimpão. Aos 30 minutos, o atacante soltou o pé para defesa de Weverton. Até que, aos 39 minutos, Walber fez a jogada e serviu Max que, com visão, tocou para Pimpão tocar no contrapé de Weverton para abrir o placar para loucura do torcedor. Aos 46 minutos, Otávio travou Morais na área e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, após muita reclamação dos jogadores do Furacão, Max fez o segundo.
Para a segunda etapa, o Rubro-Negro voltou com Paulinho Dias no lugar de Otávio, em uma tentativa de reforçar a marcação. Porém, o América continuava perigoso. Aos dois minutos, Max tabelou com Pimpão e chutou de fora da área, com perigo. O troco veio com Natanael, aos quatro minutos, fazendo a jogada individual e cruzando fechado, mas para ninguém.
A partida continuava bem disputada, mas após o intervalo com menos oportunidades de gol. Com isso, o Atlético tocava bola, esperando por algum espaço para atacar. Aos 24 minutos, Douglas Coutinho tentou vencer a defesa potiguar na corrida, mas não alcançou a bola. Aos 28 minutos, Natanael fez o levantamento na área e Léo Pereira desviou pela linha de fundo, com perigo.
O Furacão não mostrava força para diminuir o prejuízo, enquanto os donos da casa administravam bem, bem postados na defesa. Para piorar, no contra-ataque, Max rolou para Thiago Cristian que, sozinho, sem goleiro, tocou para o fundo das redes para fechar a contagem
FICHA TÉCNICA:
América-RN 3x0 Atlético Paranaense
Copa do Brasil: Oitavas de final – Jogo de ida
Data: 27/08/2014 [quarta-feira]
Horário: 19h30
Local: Arena das Dunas
 
América-RN: Andrey; Marcelinho (Walber), Cleber, Lázaro e Arthur Henrique (Thiago Cristian); Marcio Passos (Tiago Dutra), Fabinho, Val e Morais; Rodrigo Pimpão e Max.
Técnico: Oliveira Canindé
 
Atlético: Weverton; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, Otávio (Paulinho Dias), Nathan (Cléo) e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho (João Paulo) e Marcelo.
Técnico: Leandro Ávila
 
Árbitro: Marielson Alves Silva [Bahia]
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira [Bahia] e Clovis Amaral da Silva [Bahia]
Quarto árbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira [Rio Grande do Norte]
 
Gols: Rodrigo Pimpão, aos 40' do 1º T, Max, aos 48' do 1º T [pênalti] e Thiago Cristian, aos 35' do 2º T (América-RN)
 
Cartões: Otávio, aos 48' do 1º T, Cleberson, aos 8' do 2º T (Atlético Paranaense) Walber, aos 10' do 2º T, Márcio Passos, aos 16' do 2º T e Tiago Dutra, aos 42' do 2º T (América - RN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário