Otimo rertorno:Furacão vence o Flamengo em Macaé,e conquista mais três pontos.


A volta do rubro negro ao brasileirão não poderia ter sido melhor,o furacão foi até Macaé e venceu o Flamengo por dois a um e subiu para a sexta colocação na tabela do campeonato.Com gols de Douglas Coutinho e Cléberson o furacão se mostrou superior boa parta da partida e conseguiu mais três pontos a tabela chegando agora a 16 pontos na classificação.Na próxima rodada o furacão volta a arena da baixada,porém com portões fechados contra o Criciúma.

O JOGO:

 A partida começou com as duas equipes em busca do ataque. No entanto, o Atlético-PR era mais organizado e aproveitava os espaços dados pelo Flamengo para avançar com mais qualidade. Enquanto os cariocas esbarravam na marcação defensiva dos paranaenses, os visitantes chegaram com perigo ao gol de Felipe. A primeira real chance de gol aconteceu aos 18 minutos. Após escanteio, Felipe saiu mal e a bola sobrou para Douglas Coutinho, mas o atacante chutou pior, para fora.

Só que no minuto seguinte, em contra-ataque rápido, o Atlético-PR abriu o placar em Macaé. Douglas Coutinho foi lançado, entrou na área e tocou com estilo na saída de Felipe.
Depois do gol, o duelo caiu de rendimento. O Flamengo tentava buscar o ataque, mas errava muito. Já o Atlético-PR, diminuiu o ritmo e passou a não levar perigo para a defesa carioca. No entanto, aos 34 minutos, os donos da casa conseguiram empatar em sua primeira chance. Lucas Mugni cobrou escanteio e Samir subiu sozinho para cabecear, sem chance para Weverton.
O gol animou a torcida  e contagiou o Flamengo, que passou a dominar a partida. Os cariocas quase viraram aos 40 minutos. Em falta cobrada por Elano na área, André Santos cabeceou e a bola passou raspando o travessão. Nos minutos finais, o Atlético-PR ainda chegou a equilibrar as ações e, com isso, o confronto foi para o intervalo com a igualdade no marcador.
Na etapa final, o jogo seguiu equilibrado. Os visitantes tiveram a primeira boa chance com Otávio, mas a bola bateu na zaga e foi para fora. A resposta do Flamengo veio dois minutos depois. Alecsandro recebeu de Léo Moura e acertou o travessão de Weverton. A bola chegou a quicar na linha, mas não entrou totalmente.
Os lances animaram as equipes, que permaneceram no ataque. O Atlético-PR quase marcou aos 14 minutos, quando Douglas Coutinho chutou cruzado e Wallace apareceu para salvar os cariocas. No entanto, no minuto seguinte, não teve jeito. Após passe de Ederson, Cleberson apareceu de carrinho, se antecipou a Felipe e tocou para a rede.
Após o revés, a torcida presente em Macaé passou a pressionar o Flamengo, principalmente com vaias a Elano e André Santos. Com isso, o Atlético-PR aproveitou para dominar as ações e quase marcar o terceiro, aos 28 minutos, com Marcos Guilherme. O meia penetrou na área, mas chutou na rede pelo lado de fora. A resposta dos cariocas veio dois minutos depois. Depois de boa troca de passe, a bola chegou em Luiz Antônio. O volante finalizou para grande defesa de Weverton.
Na parte final, os flamenguistas não tinham força para pressionar o Atlético-PR, que passou a administrar o resultado e tocar a bola no campo de ataque. Assim, os paranaenses saíram de campo com os três pontos em Macaé.
FICHA TÉCNICA:

FICHA TÉCNICA 
FLAMENGO 1 X 2 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 16 de julho de 2014 (Quarta-feira)
Horário: 22h(de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (SC) e Eduardo Cordeiro Guimarães (SC)
Cartões amarelos: Elano (Flamengo); Douglas Coutinho, João Paulo e Lucas Olaza (Atlético-PR)
GOLS: FLAMENGO: Samir, aos 34min do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Douglas Coutinho, aos 19min do primeiro tempo; Cleberson, aos 15min do segundo tempo
FLAMENGO: Felipe, Chicão, Wallace e Samir (Nixon); Leonardo Moura, Recife, Elano (Luiz Antônio), Everton e André Santos; Paulinho (Lucas Mugni) e Alecsandro
Técnico: Ney Franco
ATLÉTICO-PR: Weverton, Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Lucas Olaza; Derley (Paulinho Dias), Otávio, Bady (Marcelo Cirino) e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho e Ederson (João Paulo)
Técnico: Doriva

Nenhum comentário:

Postar um comentário