Derrota em Porto Alegre:Atlético sai na frente,mas cede virada para o Inter.


O furacão foi até Porto Alegre,e acabou sofrendo sua segunda derrota consecutiva no brasileirão,após sai na frente do marcador no inicio da segunda etapa com gol de Marcos Guilherme,o rubro negro não conseguiu segurar a pressão do time gaúcho que virou a partida com dois gols de fora da área com o resultado o furacão caiu para décimo quarto lugar na tabela agora o furacão volta a campo pelo brasileirão no próximo fim de semana contra a Chapecoense em Maringá porém antes na próxima quarta realiza jogo teste na arena da baixada contra o Corinthians.

O JOGO:

– A exemplo do que aconteceria durante o primeiro tempo inteiro, o Internacional começou a partida ocupando o campo de ataque do Atlético-PR, mas sem criar grandes oportunidades. O primeiro lance que fez o torcedor colorado se levantar da cadeira foi o lançamento de Alex para Aránguiz, mas o chileno foi flagrado em posição de impedimento dentro da área. Pouco depois, D’Alessandro bateu forte, mas a bola subiu demais.

Com maior posse de bola, o Colorado seguia pressionando timidamente, sem frequentar a área inimiga. Em compensação, o time da casa também não cedeu contra-ataque efetivos para o Furacão. Natanael e Marcelo até tentaram os contragolpes, mas o setor defensivo vermelho mostrou estar ligado no jogo para impedir que os avanços virassem chances de gol.
Recuado para atuar ao lado de Willians, Alex era o grande responsável pela saída de bola. O meia aproveitou raro momento de frouxidão na marcação adversária para arriscar de longe, aos 19 minutos, mas o goleiro Weverton deixou a bola bater em seu corpo para impedir o gol. Com preocupações defensivas, o Atlético-PR só saía de seu campo nas infrutíferas escapadas de Marcelo pela ponta esquerda.
Diferentemente dos 45 minutos iniciais, o segundo tempo reservou muitas emoções. O primeiro gol saiu aos sete minutos, quando Marcos Guilherme aproveitou falha da zaga colorada e sobra de bola na área para bater forte de direita. Mas o Furacão ficou pouco na frente.
Logo na sequência, D’Alessandro recebeu bola na intermediária e bateu de chapa, com o pé direito, para acertar o cantinho de Weverton e igualar o jogo em belo chute. Com o empate, o Colorado voltou a tomar as rédeas da partida.
Aos 15, quase saiu o segundo do Inter, quando D'Alessandro tentou chute da entrada da área e obrigou Weverton a fazer boa defesa para impedir a virada colorada. E, após tanto pressionar, o time da casa foi às redes novamente aos 21: Alan Patrick recebeu na entrada da área e encheu a canhota para acertar o ângulo e marcar um golaço.
Com a vantagem, o Inter obrigou o Atlético-PR a sair de trás, mas conseguiu segurar o ímpeto adversário. Nem as investidas desesperadas do goleiro Weverton na área adversária em cobranças de escanteio rendeu o empate, e o Colorado garantiu o triunfo por 2 a 1.
FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 2 x 1 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data: Sábado, 10 de maio de 2014
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-PE)
Assistentes: 
Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos FIFA-SP)
Cartões amarelos: 
Alex, Williams e Aránguiz, do Internacional; Deivid, do Atlético-PR.
INTERNACIONAL: D’Alessandro aos nove, e Alan Patrick aos 22 minutos do segundo tempo ATLÉTICO-PR: Marcos Guilherme aos sete minutos do segundo tempo
INTERNACIONAL: Dida, Gilberto, Paulão (Ernando), Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex, D’Alessandro e Alan Patrick (Otávio), Rafael Moura (Wellington Paulista)
Técnico: Abel Braga
ATLÉTICO-PR: Weverton, Suéliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Otávio (Felipe), Deivid, Paulinho Dias e Marcos Guilherme; Marcelo (Mosquito) e Éderson (Bruno Mendes)
Técnico: Miguel Árgel Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário