Presente de grego:Furacão vacila,e é derrotado pelo Vélez.


O furacão vacilo perdeu muitas chances,e foi derrotado pelo Vélez na vila Capanema,no dia do aniversário de 90 anos o rubro negro não conseguiu superar os argentinos e acabou derrotado por três a um e agora precisa vencer o The Strongest na Bolivia para avançar as oitavas de final da Libertadores.Agora o rubro negro volta a campo com seu sub-23 sábado contra o Londrina na partida de ida pela semifinal do estadual.


O JOGO:

 Tentando impor seu ritmo, o Furacão chegou ao ataque logo aos 30 segundos, com Douglas Coutinho testando para o meio da área e a defesa tirando para escanteio. Após a cobrança, confusão na área e Tobio tirou em cima da linha. A resposta veio com Pratto, aos cinco minutos, com um chute venenoso que Weverton, quase se enrolando com a bola, precisou ceder escanteio. Mas, aos sete minutos, Allione, com liberdade, recebeu lançamento, avançou e bateu cruzado para o fundo das redes.
O Furacão buscava as jogadas pela lateral para penetrar na defesa argentina. Aos 12 minutos, Natanael cruzou fechado e ninguém apareceu, deixando a bola se perder pela linha de fundo. Após vacilo de Mirabaje, aos 14 minutos, Correa se livrou da marcação e chutou direto pela linha de fundo. Aos 20 minutos, Mirabaje pegou sobra de bola na entrada da área e bateu para defesa de Sosa.
Cobrança de falta na entrada da área para o Vélez, aos 26 minutos, e Correa cobrou com muito perigo, assustando Weverton. Sosa se enrolou com recuo de bola, aos 28 minutos, Ederson roubou e serviu Bruno Mendes que, sem goleiro, conseguiu chutar na trave. Inacreditável! Lesionado, Manoel deixou o campo a para a entrada de Dráusio. Natanael roubou bola, aos 36 minutos, e levantou para Bruno Mendes, que chegou atrasado e só raspou na bola. Pratto deu o troco aos 40 minutos, fazendo fila na defesa e chutando para defesa de Weverton.
Para o segundo tempo, o Rubro-Negro voltou com Marcelo no lugar de Bruno Mendes. Em sua a primeira participação, o atacante tentou o cruzamento rasteiro e a defesa argentina afastou. Aos dois minutos, Natanael roubou a bola e disparou em velocidade, servindo para Marcelo ajeitar e chutar para defesa de Sosa. Pressão total do Furacão. Um minuto depois, Ederson dominou e soltou o petardo, à direita do gol.
Reclamando muito no banco, Frán Mérida recebeu cartão vermelho. Porém, aos oito minutos, Mirabaje cobrou falta e Dráusio subiu no meio da defesa para cabecear para o fundo das redes e empatar. Um minuto depois, bola para Marcelo que, de frente para o gol, parou em Sosa. O Atlético era outro time depois do intervalo. A festa durou até os 14 minutos, quando Pratto recebeu na área e chutou cruzado para fazer o segundo.
O técnico Miguel Ángel apostou mais uma vez na entrada de Felipe no lugar de Mirabaje. Aos 22 minutos, Pratto recebeu no meio da marcação e soltou o petardo, raspando o ângulo direito. Mais um lance inacreditável aos 28 minutos. Coutinho chutou, Sosa fez linda defesa e,no rebote, o jovem atacante fuzilou na trave. O Atlético lutava, mas a bola insistia em não entrar. Aos 39 minutos, bola para Marcelo na pequena área e Sosa deixou a meta para interceptar. Aos 44 minutos, Papa foi expulso. Porém quem marcou foi Canteros, nos acréscimos.
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 1 X 3 VÉLEZ SARSFIELD-ARG
Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba
Data: 26 de março de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Wilmar Roldan (Fifa-COL) 
Assistentes: Eduardo Diaz e Alexander Guzman (ambos Fifa-COL)
Cartões amarelos: João Paulo e Ederson (Atlético-PR); Sosa (Vélez Sarsfield) 
Cartões vermelhos: Frán Mérida (Atlético) e Emiliano Papa (Velez Sarsfield)
GOLS:
ATLÉTICO-PR: Dráusio, aos 08 minutos do segundo tempo 
VÉLEZ SARSFIELD-ARG: Agustín Allione, aos 7 minutos do primeiro tempo e Lucas Pratto, aos 14 minutos e Canteros, aos 48 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Manoel (Dráusio), Cleberson e Natanael; João Paulo, Paulinho Dias e Matías Mirabaje (Felipe); Ederson, Douglas Coutinho e Bruno Mendes (Marcelo). 
Técnico: Miguel Ángel Portugal
VÉLEZ SARSFIELD-ARG: Sebastián Sosa; Fabián Cubero, Sebastián Domínguez, Fernando Tovio, Emiliano Papa; Agustín Allione, Lucas Romero, Leandro Desábato, Ariel Cabral (Héctor Canteros); Lucas Pratto (Roberto Nanni) e Jorge Correa (Facundo Cardozo) 
Técnico: José Flores

Nenhum comentário:

Postar um comentário