G4 é rubro negro!!Furacão atropela o Botafogo e está no G4 do brasileirão.


Noite agradável,vila lotada e jogo decisivo,combinação perfeita que resultou em mais uma vitória do furacão no brasileirão,a vitima dessa vez foi o então líder Botafogo com dois gols de Éderson o rubro negro foi amplamente superior durante todo o jogo,anulando as ações do time carioca,e assim conquistando mais três pontos na tabela.Com a vitória furacão vai a vinte e sente pontos e assume a quarta colocação na tabela assim entrando na zona de classificação a libertadores.Agora o rubro negro volta a campo pelo brasileirão contra o Náutico,porém antes tem copa do Brasil contra o Palmeiras de novo na vila.

O JOGO:

O furacão começou a partida pressionando o Botafogo em seu campo de defesa. No entanto, os donos da casa só criaram uma boa chance nos primeiros minutos, com Éderson. Os alvinegros exploravam os contra-ataques, mas também não incomodavam o goleiro Wéverton. Somente aos 15, Vitinho pegou rebote e tentou de cabeça, só que a zaga afastou o perigo.
Aos poucos, o Botafogo conseguiu diminuir a pressão sofrida e passou a buscar o ataque. No entanto, a equipe parava na boa marcação dos donos da casa, que seguiam melhores, mas também sem a criação de boas jogadas. Somente aos 32 minutos, João Paulo arriscou de longe e assustou o goleiro Jéfferson. O lance animou os paranaenses, que chegaram com perigo dois minutos depois com Dellatorre, só que o atacante finalizou na rede pelo lado de fora.
Nos minutos finais, o rubro negro conseguiu criar boas chances de abrir o placar. Primeiro, aos 43 minutos, Jéfferson salvou após finalização de Éverton. Na mesma jogada, Dellatorre chutou colocado e a bola passou raspando a trave carioca. Dois minutos depois, foi a vez de Paulo Baier tentar e parar no goleiro advserário, que segurou o empate sem gols no intervalo.
No segundo tempo, o furacão voltou mais ligado e abriu o placar logo com um minuto. Dellatorre fez boa jogada e tocou para Éderson finalizar, Jéfferson ainda tocou na bola, que entrou mansamente na rede.
Mesmo depois do gol, os donos da casa seguiram melhores na partida. Os paranaenses chegaram ao segundo gol aos 11 minutos. Dellatorre tocou para Éderson, que tocou na saída de Jéfferson.
Somente depois do novo revés, o Botafogo conseguiu chegar com perigo. Aos 13 minutos, Vitinho arriscou de longe e Weverton precisou espalmar.
Para administrar o placar, o furacão reforçou a marcação e passou a segurar as jogadas do Botafogo. Assim, o duelo caiu de rendimento e ficou concentrado entre as duas intermediárias.
Somente aos 34 minutos, em um contra-ataque, os donos da casa quase ampliaram. Éderson foi lançado e tocou, mas a bola passou raspando a trave carioca.
Nos minutos finais, o jogo ficou tenso após uma dividida entre Vitinho e o goleiro Weverton. Após a confusão, Vitinho e Pedro Botelho acabram sendo expulsos. Assim, os donos da casa conseguiram segurar mais uma vitória em casa.
Ficha técnica:
ATLÉTICO-PR 2 X 0 BOTAFOGO
Local: Estádio Durival Britto e Silva, Curitiba (PR)
Data: 25 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Cartões amarelos: Manoel e Luiz Alberto (Atlético-PR); Bolívar, Jéfferson e Edílson (Botafogo)
Cartões vermelhos: Pedro Botelho (Atlético-PR); Vitinho (Botafogo)
GOLSATLÉTICO-PR: Éderson, a 1 e 11min do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonas (Juninho), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, João Paulo, Everton e Paulo Baier (Marco Antônio); Éderson e Dellatorre (William Rocha)
Técnico: Vagner Mancini
BOTAFOGO: Jéfferson, Gilberto (Edílson), Dória, Bolívar e Lima; Marcelo Mattos (Alex), Gabriel, Seedorf, Lodeiro e Vitinho; Rafael Marques (Elias)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário