Ficou no quase:Furacão joga melhor,fica na frente do placar mas deixa Inter empatar.


O furacão jogou mais,mereceu a vitória mas deixou o Internacional empatar a partida por duas vezes,jogando um futebol convincente o rubro negro arrancou um empate em 2a2 contra o Internacional em Novo Hamburgo e garantiu a quinta colocação na tabela ficando a um ponto do G4,com gol de João Paulo e Ederson o furacão se comportou bem durante todo jogo  mesmo levando o gol de empate no fim da partida.Agora o rubro negro volta a campo na próxima quinta feira contra o São Paulo no Morumbi.

O JOGO:

 Logo no primeiro minuto de jogo, o furacão abriu o placar: Dellatorre, ex-Inter, fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Marcelo escorou e João Paulo mandou de fora da área para fazer 1 a 0, em chute rasteiro. O Furacão ainda chegou novamente com Dellatorre, aos nove, mas Muriel fez firme defesa no chute de fora da área.
A exemplo do time paranaense, o Inter abriu o placar justamente em seu primeiro ataque mais forte. Aos 14, D’Alessandro cobrou falta lateral direto no travessão e Juan apanhou a sobra livre e empatou o jogo. O Colorado quase virou a partir de outro argentino: Scocco, aos 18, mandou bomba da intermediária e Wéverton deu tapinha para salvar o rubro-negro
Aos 27, um lance curioso: D’Alessandro chocou-se com o árbitro Pablo dos Santos Alves no meio de campo e ambos foram ao chão. No minuto seguinte, Scocco fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Leandro Damião cabecear na trave. O Inter seguiu com mais de posse de bola, mas foi o Furacão quem levou perigo: aos 41, Léo cruzou e Everton ganhou por cima e cabeceou no canto, mas Muriel deu um tapinha e salvou o gol.
No segundo tempo, a primeira boa chegada foi do time visitante. Aos cinco minutos, Dellatorre cruzou para Marcelo, que chegou batendo de primeira e mandou por cima. O Inter respondeu na jogada seguinte: Scocco limpou dois marcadores, mas chutou mal e perdeu boa chance. O jogo transcorreu em equilíbrio, até que o Inter quase virou aos 26: Damião ajeitou de cabeça e Alex chegou batendo com perigo, raspando a trave.
Aos 29, o segundo do Furacão: Ederson, que entrara minutos antes no lugar de Dellatorre recebeu cruzamento de Marcelo e bateu no canto esquerdo de Muriel: 2 a 1. O Inter respondeu aos 32: Cláudio Winck fez boa jogada e finalizou da entrada da área, acertando a trave. Aos 34, o goleiro Wéverton fez duas grandes defesas em chegadas de Damião e Otávio.
Otávio se redimiria aos 42: após limpar a marcação, o meia colorado chutou e a bola desviou em Luiz Alberto e matou Wéverton: 2 a 2. O Inter tentou pressionar no fim, mas não obteve a virada.
Ficha técnica:
Internacional 2 x 2 Atlético Paranaense
Campeonato Brasileiro – 13ª rodada
Data: 11/08/2013 - Horário: 18h30
Local: Estádio do Vale, Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Fabiano da Silva Ramires (SP)
 
Internacional: Muriel; Ednei (Claudio Winck), Ronaldo Alves, Juan e Kleber; Airton, Willians, Alex (Caio) e D'Alessandro, Scocco (Otávio) e Leandro Damião. 
Técnico: Dunga
 
Atlético Paranaense: Weverton, Léo (Jonas), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; João Paulo, Zezinho, Everton e Paulo Baier (Juninho); Marcelo e Dellatorre (Éderson). 
Técnico: Vagner Mancini
 
Gols: João Paulo, 1’ do 1º T (Atlético Paranaense), Juan, aos 14’ do 1º T (Internacional), Éderson, aos 29’ do 2º T (Atlético Paranaense), Otávio, aos 42’ do 2º T (Internacional).

Cartões Amarelos: Dellatorre, Léo, Zezinho e Éderson (Atlético Paranaense) e Willians, Airton (Internacional)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário