3a0 fora o baile!!Furacão atropela o Palmeiras e está nas quartas.


E o Palmeiras não foi páreo para o furacão na vila,na noite dessa quarta feira,mais uma vez sendo amplamente superior o rubro negro passou por cima do time paulista e garantiu nas quartas de final da copa do Brasil,em partida onde o artilheiro Éderson brilhou mais uma vez o rubro negro meteu 3 no time verde e agora aguarda Internacional ou Salgueiro na próxima fase.Agora o rubro negro volta suas atenções para o brasileirão sábado contra o Náutico em Recife para se manter no G4.

O JOGO:

Atrás no placar, a intenção do furacão era sair para a pressão e foi o que fez. Aos dois minutos, Luis Alberto aproveitou cruzamento e de cabeça obrigou o goleiro Fernando Prass a fazer sua primeira boa defesa no jogo. Depois foi a vez de Manoel desperdiçar a chance. O zagueiro arriscou de longe. A bola tirou tinta da trave de Fernando Prass e foi para fora.

O Atlético voltou a chegar aos 21 minutos. Dellatore avançou, deixou a zaga para trás, mas bateu mal na bola e mandou para fora. No lance seguinte, o Furacão não perdoou. Após cobrança de lateral, Zezinho desviou, a bola sobrou para Éderson. O atacante bateu completamente torto na bola, que acabaou encobrindo Fernando Prass e morrendo no fundo das redes.

Depois do gol, o Palmeiras foi para cima em busca do empate, mas não conseguiu chegar com muito perigo ao goleiro Weverton. O atacante Leandro era o jogador mais acionado, mas ficou longe de demonstrar o mesmo futebolde outras partidas. Já o Furacão só se segurou para terminar a primeira etapa em vantagem.

O segundo tempo começou e o Palmeiras continuou muito abaixo do que vinha demonstrando na Série B e acabou aceitando a pressão do Atlético. Aos 14 minutos, Boa triangulação de Paulo Baier, Éderson e Delatorre, que perdeu para a bola e se atrapalhou todo. O Palmeiras respondeu. Leandro recebeu na area, foi derrubado pelo goleiro Weverton, mas o árbitro marcou posição irregular do jogador.

Aos 21 minutos, Paulo Baier aumentou. Éderson fez boa jogada e arriscou a bomba. Fernando Prass fez boa defesa, mas a bola sobrou para “Railander” do futebol, que marcou o segundo. O terceiro quase veio minutos depois. Éderson apareceu cara a cara com o arqueiro palmeirense, mas acabou tirando muito e mandou para fora.

Em seguida, veio o “balde de água fria”. Marcelo fez boa jogada pela direita e tocou para Éderson, que só teve trabalho de empurrar e marcar o terceiro do Atlético. Nos minutos fianis, o Palmeiras até tentou, mas não conseguiu diminuiu o placar. Por sua vez, o Furacão se segurou e comemorou a vaga conquistada.

FICHA TÉCNICA:


ATLÉTICO-PR 3 X 0 PALMEIRAS
Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 28 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Kleber Lucio Gil (SC)
Cartões amarelos: Léo e Zezinho (Atlético-PR); Henrique (Palmeiras)
Gols:
ATLÉTICO-PR: Éderson, aos 33 minutos do primeiro tempo; Paulo Baier, aos 21, e Éderson, aos 33 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo (Jonas) , Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Willian Rocha); Zezinho, João Paulo, Everton e Paulo Baier; Éderson e Dellatorre (Marcelo)
Técnico: Vagner Mancini
PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho (Caio); Márcio Araújo, Charles (Ronny), Wesley e Mendieta (Fernandinho); Leandro e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

Nenhum comentário:

Postar um comentário