Tudo igual:Na estreia de Mancini,furacão fica no zero contra o Paysandu.


Na primeira partida contra o Paysandu pela copa do Brasil o furacão ficou no empate em 0a0 no mangueirão,em partida que também marcou a estreia do técnico Vagner Mancini o furacão fez dois tempos distintos sendo melhor na etapa fina mas não conseguiu fazer o gol da vitória.Agora a partida de volta acontece na próxima quarta feira na Vila Capanema,o furacão precisa de uma vitória simples para se classificar mas antes o rubro negro encara o Corinthians pelo campeonato brasileiro no domingo também em Curitiba.

O JOGO:

O Papão tentou mostrar seu cartão de visitas logo no primeiro lance, mas o chute de Careca cruzou toda a área e ninguém aproveitou. Aos cinco minutos, Alex Gaibu deixou a defesa para trás e cruzou na cabeça de Careca, que exigiu grande defesa de Weverton. Na resposta, Ederson abriu espaço e arriscou de fora da área, fraco, para defesa fácil de Marcelo.
A pressão bicolor diminuiu e as ações ficaram mais equilibradas. Sem conseguir passar pela defesa, Zezinho fez o lançamento em profundidade no ataque, mas Zé Antônio apareceu para fazer o corte. Aos 20 minutos, Pikachu acertou um petardo e Weverton desviou pela linha de fundo e salvou. No lance seguinte foi vez de Marcelo receber e chutar para ótima intervenção do xará paraense.
O time da casa tinha maior posse de bola, mas quase saiu atrás no placar. Aos 40 minutos Marcelo balançou as redes após lançamento em profundidade, mas o árbitro anulou o gol anotando impedimento na jogada. Aos 45 minutos, Zé Antônio lançou para Djalma, que foi interceptado na hora certa por Weverton.
Para a segunda etapa, nenhuma mudança nas duas equipes. Após o intervalo o jogo fiou mais travado no meio campo, com poucos lances de ataque nos primeiros minutos. Aos oito minutos, Eduardo Ramos cruzou fechado e Weverton deixou a meta para segurar. Chute a gol mesmo somente aos 13 minutos, com Marcelo, que bateu para defesa do camisa 1 do Paysandu.
O Furacão subiu de produção e chegou com perigo aos 17 minutos. Juninho apareceu como elemento surpresa e mandou a bomba, pela linha de fundo. Aos 21 minutos, a resposta com Iarley, que apareceu com liberdade na área e desviou para fora. Mancini, então, apostou nas entradas de Pedro Botelho e Marcão.
Lance incrível aos 30 minutos, Cobrança de escanteio na cabeça de Manoel, que testou firme e parou em uma defesa milagrosa de Marcelo. Aos 35 minutos, Zezinho tentou uma jogada de efeito, mas o chute saiu errado, sem perigo. Mais Atlético no ataque e, aos 41 minutos, Elias cobrou falta e acertou a rede, pelo lado de fora. Aos 44 minutos, Careca quase balançou as redes depois de confusão na área, e o árbitro anulou o lance marcando falta.Aos 48 minutos o atacante ainda carimbou a trave e não tirou o zero do placar.

FICHA TÉCNICA:
Paysandu 0x0 Atlético Paranaense
Copa do Brasil: Terceira Fase – Primeiro Jogo
Data: 17/07/2013 [quarta-feira]
Local: Estádio Mangueirão (Belém-PA)
Horário: 19h30 [horário de Brasília]
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Marcio Soares Maciel (GO)
Quarto árbitro: Clauber José Miranda (PA)
Paysandu:
Marcelo; Yago Pikachu, F. Sanches, Raul e Gaibú; Ricardo Capanema, Zé Antônio, Djalma (Diego) e Eduardo Ramos; Careca e Iarley (João Neto).
Técnico: Givanildo Oliveira
Atlético Paranaense:
Weverton; Jonas (Pedro Botelho, aos 23' do 2º T), Manoel, Dráusio e Léo; Juninho, João Paulo, Zezinho e Felipe (Elias, aos 37' do 2º T); Marcelo e Ederson (Marcão, aos 22'do 2º T).
Técnico: Vagner Mancini
Cartões Amarelos: Zezinho, Weverton, Felipe, Juninho (Atlético Paranaense); Ricardo Capanema, Eduardo Ramos, Djalma (Paysandu);

Nenhum comentário:

Postar um comentário