Valeu piazada:Furacão tentou,mas ficou com o vice do estadual.


O objetivo maior que era o titulo não foi alcançado,bem que o furacão tentou ao sair na frente do
placar,mas não jogu bem no restante da partida e cedeu a vitória ao coxa,e ficando com vice campeonato paranaense,mesmo assim os atletas rubro negros saíram de cabeça erguida por terem vestido a camisa rubro negra com raça e amor sem temer a qualquer adversário,ficou a promessa de bons jogadores como Douglas Coutinho, Hernâni,Crislan entre outros que podem ajudar o furacão no time principal.Agora o rubro negro concentra todas suas forças na Copa do Brasil e campeonato brasileiro,onde o furacão estréia no próximo dia 25 contra o Fluminense no Rio de Janeiro,já pela copa do Brasil espera o vencedor de Paysandu e Naviraiense.a seguir veja a cronica da partida de hoje no couto pereira onde o furacão foi derrotado para o Coritiba por 3a1.

O JOGO:


 Com a bola rolando, marcação forte de ambos os lados. Mas, no primeiro chute a gol, aos sete minutos, Hernani arriscou de fora da área e Vanderlei falhou bisonhamente, empurrando a bola para o fundo das redes.

O torcedor sentiu o golpe nas arquibancas, enquanto em campo o coxa tentava dar a resposta. Aos nove minutos, Alex cobrou falta na cabeça de Leandro Almeida, que entrou em impedimento. A disputa seguia truncada no meio-campo, com poucas oportunidades criadas. Aos 21 minutos, Rafinha chegou bem na lateral da área, mas o cruzamento saiu alto demais. A bola não chegava em Alex, que estava sumido na partida.
Com vantagem no placar, o furacão assumiu uma postura mais fechada, esperando para explorar os contra-ataques. Aos 28 minutos, Crislan arriscou da entrada da área, por cima da meta. Na primeira vez em que apareceu com destaque, o garoto de ouro coxa-branca não perdoou. Após sobra de bola de jogada de Deivid, Alex disparou uma bomba, no cantinho, para empatar aos 29 minutos. Aos 37 minutos, Rafinha chutou cruzado e a bola passou raspando a trave direita. Até que, aos 40 minutos, Alex tentou duas vezes para fazer o segundo.
Para a segunda etapa, nenhuma modificação nas equipes. Aos seis minutos, em jogada individual com muita raça de Robinho, o meia coxa-branca entrou na área e chutou pela linha de fundo. O coxa tinha maior posse de bola e conseguia administrar qualquer tipo de pressão do rubro negro. Aos 15 minutos, Gil bateu de longe e carimbou a zaga atleticana.
A cada participação, Alex levava enorme perigo ao Furacão. Aos 17 minutos, Gil cruzou e Alex pegou de primeira para acertar o travessão. No lance seguinte, cobrança de falta do meia, direto para fora. Grande triangulação do ataque do Coritiba, aos 20 minutos e, Deivid, dentro da área, arrematou nas mãos de Santos. O tempo estava a favor do time da casa, que tinha a vantagem do empate.
Rafinha e Alex infernizavam a zaga rubro-negra. Aos 27 minutos, jogada entre os meias que terminou em chute fraco de Alex. Aos 33 minutos, Alex dominou na entrada da grande área e fuzilou pela linha de fundo. O jogo pegou fogo após entrada dura de Gil sobre Edigar Junior. Aos 38 minutos, Geraldo abriu espaço e chutou para grande defesa de Santos. NA sequência, bola no travessão de Deivid. Aos 40 minutos, Zezinho recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Faltava o gol do iluminado Geraldo, aos 45 minutos. 
FICHA TÉCNICA:
Ficha técnica:
Coritiba 3 x 1 Atlético Paranaense
Campeonato Paranaense – 2º jogo da Final 
Data: 12/05/2013
Local: Estádio Couto Pereira, Curitiba 
Árbitro: Adriano Milczvski
Auxiliares: Bruno Boschilla e Ivan Carlos Bohn 
 
Coritiba: Vanderlei, Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Escudero; Júnior Urso, Gil, Alex e Robinho; Rafinha (Lincoln) e Deivid.
Técnico: Marquinhos Santos
 
Atlético Paranaense: Santos; Rafael Zuchi, Erwin (Elivelton), Bruno Costa e Héracles; Renan Foguinho, Hernani e Zezinho; Douglas Coutinho, Edigar Junio e Crislan (Bruno Pelissari).
Técnico: Arthur Bernardes
 
Gols: Hernani, 5’ do 1º T (Atlético Paranaense); Alex, 29’ e 40’ do 1º T e Geraldo, aos 46’ do 2º T (Coritiba) 
Cartões Amarelos: Zezinho (Atlético Paranaense) e Alex, Gil e Geraldo (Coritiba)
Cartão Vermelho: Zezinho (Atlético Paranaense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário