Vacilo!Furacão abre dois gols,mas deixa o Cruzeiro empatar.


Furacão até começou bem,fez um bom primeiro tempo e abriu vantagem de dois gols,porém no segundo tempo o time foi outro e deixou o Cruzeiro chegar ao empate,os gols de Pedro Botelho e Manoel ainda na primeira etapa não foram o suficiente para o furacão conquistar a primeira vitória no brasileirão de 2013,em um horário diferente e um gramado ruim,o rubro negro teve que se contentar com o empate diante da raposa,agora o furacão volta a campo no próximo sábado contra o Flamengo em Joinville.

O JOGO:

Em um gramado o qual o futebol era praticamente impraticável, os dois times começaram com dificuldade para tocar a bola. Na primeira chegada mais efetiva, aos seis minutos, Pedro Botelho pegou sobra de bola, dentro da área, bateu no cantinho e abriu o placar para o Furacão. Aos nove minutos, Borges tentou responder após receber bom passe na área, mas Cleberson apareceu para fazer o corte na hora certa e afastar o perigo.
As ações e concentravam no meio-campo, com muita disputa de bola e poucas chances criadas. Aos 16 minutos, Dagoberto cobrou falta e carimbou a barreira rubro-negra. Chute a gol mesmo somente aos 20 minutos, com Éderson, que recebeu cruzamento de Léo e bateu de primeira para boa intervenção de Fábio. Na resposta, aos 23 minutos, Dedé subiu na área e testou firme para defesa de Wéverton.O Furacão chegou ao segundo gol aos 28 minutos, com Manoel, que aproveitou cruzamento perfeito de João Paulo e, no meio da zaga mineira, subiu para cabecear para as redes. Aos 35 minutos, Éverton fez jogada individual, abriu espaço e arrematou pela linha de fundo. A Raposa descontou anda na primeira etapa, aos 42 minutos, com Dedé, que pegou rebote da zaga após cobrança de escanteio e de voleio marcou o primeiro na competição.
Depois do intervalo, o Cruzeiro retornou com Luan no lugar de Dagoberto. E, logo no primeiro lance, com menos de um minuto, Luan pegou sobra de bola e tocou no canto esquerdo para estufar as redes e empatar. A Raposa voltou com outra disposição. Aos três minutos, Luan arriscou o chute no ângulo e Weverton foi buscar para ceder escanteio. Lançamento para Éverton, aos seis minutos, e Fábio deixou a meta para interceptar.
O Atlético conseguiu equilibrar as ações e, aos 10 minutos, quase fez o terceiro com Ederson, que desviou toque de Marcão pela linha de fundo, com o gol aberto. O jogo ganhou em emoção. Aos 16 minutos, Luan, que entrou muito bem na partida, acertou um petardo para Weverton salvar. O Furacão tentava pressionar, mas errava passes demais e começou a irritar a torcida.
Marcelo tentou duas vezes, aos 28 minutos, depois de aparecer na cara do gol, mas perdeu grande oportunidade. Aos 37 minutos, Felipe recebeu na entrada da área levantou a cabeça e praticamente recuou para Fábio. A duas equipes já não mostravam mais força ao final da partida para buscar a vitória. Em uma última tentativa, aos 46 minutos, Luan, sozinho, chutou colocado.mas, não contava com desvio salvador de Deivid no caminho. 
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 2 x 2 CRUZEIRO
Local: Estádio Érton Coelho Queiroz, em Curitiba (PR)
Local: 29 de maio de 2013, quarta-feira
Data: 15 horas (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Marco A. Mello Moreira e Bruno Raphael Pires (ambos de GO)
Cartões amarelos:Nilton e Luan (Atlético-PR)
Gols: ATLÉTICO-PR: Pedro Botelho, aos 06 minutos e Manoel,aos 28 minutos do primeiro tempo
CRUZEIRO: Dedé, aos 42 minutos do primeiro tempo e Luan, a 01 minuto do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Wéverton; Léo (Derley), Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Felipe e Everton (Douglas Coutinho); Marcão e Ederson (Marcelo).
Técnico: Ricardo Drubscky
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton, Everton Ribeiro (Ricardo Goulart) e Diego Souza; Dagoberto (Luan) e Borges (Anselmo Ramon).
Técnico:Marcelo Oliveira


Nenhum comentário:

Postar um comentário