Sem problemas:sem dificuldades furacão vence o Operário.


Em jogo onde o furacão apenas cumpriu tabela,o time não encontrou dificuldades para vencer o Operário por 3a0 na tarde dese sábado no eco estádio,com gols de Erwin,Junior de Barros e Douglas Coutinho o furacão venceu em termina o primeiro turno na quinta colocação no campeonato.Na próxima rodada o furacão abre o segundo turno contra o Rio Branco em Paranaguá.

O JOGO:

Com a bola rolando, o Furacão precisou de apenas três minutos para abrir o placar, com Erwin, que aproveitou cobrança de falta de Zezinho para desviar de cabeça para as redes. Apesar do gol relâmpago, o ritmo da partida era fraco nos primeiros minutos. Aos sete minutos, o estreante Paulo Sérgio partiu em direção à área atleticana e foi travado pela defesa.
Aos 15 minutos, Erwin teve uma nova oportunidade para marcar após outra cobrança de falta, mas desta vez Silvio estava ligado par afazer a defesa. Sem conseguir penetrar na defesa do Fantasma, Renato arriscou o chute de longe, aos 21 minutos, e arrumou um escanteio após desvio. O calor obrigou a arbitragem dar um tempo técnico para os atletas se hidratarem.
O furacão chegou ao segundo com Junior de Barros, que chutou da entrada da grande área, aos 25 minutos, e venceu o goleiro, que falhou. Na reposta, Rone Dias mandou uma bomba, aos 30 minutos, e Santos salvou. Aos 36 minutos, Hernani subiu na área e cabeceou prensado, pela linha de fundo.
Na segunda etapa, o Operário voltou com Pedrinho e João Paulo. Aos cinco minutos, Alex Cazumba cobrou falta e a bola saiu, sem maior perigo. O ritmo da partida continuava muito fraco, com o Furacão com maior posse de bola mas, depois do intervalo, sem a mesma força no ataque.
O Fantasma, por sua vez, só arriscava alguns chutes de longe, como aos 17 minutos, com Sandro, que carimbou a defesa pelo caminho. Mas, aos 22 minutos, Douglas Coutinho avançou com a bola e fuzilou para marcar um belo gol no Janguitão. O terceiro gol matou de vez qualquer chance de reação do Fantasma, que desanimou de vez no jogo. Aos 34 minutos Pulo Sérgio bateu falta com força, mas errou o alvo. Edgar Junior tentou uma jogada individual, aos 40 minutos, sem sucesso.
FICHA TÉCNICA:
Atlético Paranaense 3 x 0 Operário
Campeonato Paranaense: 11ª rodada
Data: 02/03/2013 (sábado)
Horário: 15h30
Local: Estádio Janguito Malucelli (Ecoestádio), Curitiba-PR
Público Total: 2.647 presentes
Árbitro: Adriano Milczvski
Auxiliares: Jefferson Cleiton Piva da Silva e Bruno José Ferreira
4º árbitro: Rafael Traci

Atlético Paranaense:
Santos; Renato, Erwin, Bruno Costa (Rafael Zuchi) e Héracles; Renan Foguinho, Hernani, Harrison e Zezinho; Junior Barros (Bruno Pelissari) e Douglas Coutinho (Edigar Junio).
Técnico: Arthur Bernardes

Operário:
Silvio; Maicon, Dias, Edimar e Alex Cazumba; Patrick (Pedrinho), Grilo (Batista), Jacio, Rone Dias (João Paulo) e Sandro; Paulo Sérgio.
Técnico: Paulo Turra

Gols: Erwin, aos 2' do 1º T (Atlético Paranaense); Junior Barros, aos 25' do 1º T (Atlético Paranaense); Junior Barros, aos 22' do 2º T (Atlético Paranaense)

Cartões Amarelos: Hernani, Zezinho, Hernani e Renan Foguinho (Atlético Paranaense); Patrick e Dias (Operário).

Nenhum comentário:

Postar um comentário