Outra vez no fim:Com gol no finalzinho do jogo,furacão vence e cola no líder.


Mais uma vez,o furacão deixou pra vencer no fim da partida,contra o Toledo o furacão voltou a marcar no apagar das luzes e venceu o Toledo por 3a2 de virada,após de ficar duas vezes atras do placar Crislan marcou duas vezes e Douglas Coutinho deram a vitória ao rubro negro que agora é vice líder do estadual com  10 pontos ganhos.Na próxima rodada o furacão vai até Cianorte encarar o time da casa.

O JOGO:


O Toledo não se intimidou com o furacão e surpreendentemente levava mais perigo nos minutos iniciais. Aos três minutos, Cícero aproveitou rebote e mandou por cima da meta. Mas, aos sete minutos, Cícero cruzou na medida para Eurico disparar para o fundo do gol. O Rubro-Negro acordou e chegou ao empate com Douglas Coutinho, aos 13 minutos, aproveitando jogada de Crislan.
A comemoração durou pouco. Aos 16 minutos, a zaga atleticana cochilou e Marcelo Guerreiro apareceu na área para testar firme para o fundo das redes. O jogo era movimentado, com o time do interior mostrando muita disposição, especialmente na marcação. Aos 22 minutos, Cícero pegou sobra de bola e tentou o arremate, que explodiu na defesa atleticana.
O Furacão tinha muita dificuldade para chegar ao campo de ataque e não conseguia criaroportunidades reais de gol. Aos 33 minutos, Héracles mandou uma bomba de fora da área e Ney fez boa defesa. Pressão do rubro-negro e, aos 40 minutos, Héracles recebeu o passe, cruzou para a área e Crislan apareceu no meio da confusão para deixar tudo igual no placar.
Na segunda etapa, o Toledo voltou assustando. Logo no primeiro minuto, Juninho fez jogada individual e chutou pela linha de fundo, com perigo. Muita marcação no meio campo deixava a partida travada, sem muita emoção. Renatinho tentou então resolver sozinho, aos nove minutos, mas arrematou para muito longe, isolando a bola.
Thiago Almeida, que havia acabado de entras, aos 14 minutos, abriu espaço e chutou forte para grande defesa de Hugo. Mais Porco no ataque e, aos 19 minutos, Eduardo chutou, Hugo deu rebite e Warley apareceu impedido e não pode concluir a jogada. Safira, aos 25 minutos, recebeu bom lançamento, mas tentou enfeitar na hora do arremate, perdendo mais uma chance.
Já sem alternativas, o furacão arriscava do jeito que dava. Aos 30 minutos, Elivélton arriscou de muito longe, totalmente torto. Nas arquibancadas, os pouco mais de dois mil torcedores presentes mostravam insatisfação com o Rubro-Negro. Aos 40 minutos, Edigar Junior invadiu a área, mas preferiu simular uma falta ao invés de avançar. Mas, aos 46 minutos, Harrison cruzou e Crislan subiu junto com Crislan, o último a tocar, para garantir os três pontos.
FICHA TÉCNICA:
Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR) 
Data: 21 de março de 2013, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: José Mendonça da Silva Jr. 
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza e Wesley Waldir Marmitt
Cartões amarelos: Renan Foguinho, Zezinho, Erwin e Edigar Junio (Atlético-PR); Cícero e Alcir (Toledo) 
Gols: ATLÉTICO-PR: Douglas Coutinho, aos 13 minutos e Crislan, aos 40 minutos do primeiro tempo e aos 46 minutos do segundo tempo; TOLEDO: Eurico, aos 07 minutos e Marcelo Guerreiro, aos 16 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Hugo; Renato, Rafael Zuchi, Erwin e Héracles (Edigar Junio); Renan Foguinho, Elivelton (Harrison), Bruno Pelissari (Marcos Guilherme) e Zezinho; Crislan e Douglas Coutinho
Técnico: Arthur Bernardes
TOLEDO: Ney; Marcelo Guerreiro, Alcir, Juninho e Daniel; Guego, Eurico, Cícero (Thiago Almeida) e Safira (Negretti); Eduardo e Warley (Fernandes) 
Técnico: Rogério Perrô

Nenhum comentário:

Postar um comentário