Que dureza!Em jogo fraco furacão não saio do zero.


Em mais uma partida fraca no eco estádio,o furacão não passou de um empate em 0a0 contra o Paranavaí,em tarde onde os meninos do furacão não se encontram o rubro negro só conseguiu mais um empate no estadual e vai se complicando na classificação com o resultado o furacão vai a 7 pontos e ocupa a sétima colocação na tabela,agora o furacão volta a campo domingo as 16:30 em Londrina contra o Londrina.

O JOGO:

O Vermelhinho do Fim da Linha criou a primeira oportunidade, em cobrança de falta que Célio desviou de cabeça, aos quatro minutos, pela linha de fundo O time do interior começou empolgado e, aos seis minutos, Celinho arriscou o chute de longe, com perigo. Na resposta, aos 10 minutos, Hernani ficou na cara do gol e chutou em cima do goleiro. No rebote foi a vez de Héracles parar em Naldo.
A partida era equilibrada, especialmente nos erros. Aos 14 minutos, Hernani cobrou falta e isolou a bola. O congestionamento no meio campo deixava o jogo truncado, feio de assistir. Aos 19 minutos, Hernani fez o cruzamento fechado e Naldo deixou a meta para agarrar. O meia atleticano tentava fazer a diferença na partida, como em nova cobrança de falta, aos 22 minutos, obrigando o goleiro a espalmar.
O Furacão passou a dominar as ações. Aos 29 minutos, Renatinho fez a jogada individual e chutou cruzado para defesa de Naldo. Com Carlinhos lesionado, o técnico Nei César precisou queimar a primeira mudança com a entrada de Brito. Aos 38 minutos, Felipe Rafael abriu espaço e fuzilou para defesa de Santos. O Atlético chegou mais uma vez com Coutinho, que arrematou para intervenção precisa de Naldo.
Na segunda etapa, o Paranavaí balançou as redes logo aos dois minutos, com Felipe Rafael, mas o árbitro anulou o lance marcando o impedimento. Aos cinco minutos, Celinho mandou uma bomba e acertou a cabeça de Felipe Rafael no meio do caminho, levando o companheiro a nocaute no gramado. Lance bizarro. O Rubro-Negro acordou e, aos sete minutos, Douglas Coutinho arriscou de longe e a bola saiu à direita da meta.
Sem conseguir penetrar na defesa do Vermelhinho, o Furacão chutava de longe. Aos 18 minutos, Tiago Adam soltou a perna e Naldo fez uma grande defesa. Os treinadores modificaram as equipes para tentar o gol da vitória nos minutos finais da partida. Aos 23 minutos, Junior de Barros cruzou par ao meio da área e a defesa tirou do jeito que deu.
Brito partiu para a jogada individual, aos 32 minutos, mas Erwin se recuperou e travou no momento certo. Mesmo superior, o Rubro-Negro não tinha alternativas para criar jogadas de gol. Aos 36 minutos, mais um chute de Coutinho, mais uma bola para fora. Os jogadores do Vermelhinho faziam cera. Irritados, os torcedores começaram a deixar o estádio bem antes do apito final.
FICHA TECNICA:
ATLÉTICO PARANAENSE 0 X 0 PARANAVAÍ
Data: 06/02/13 – 4ª Feira
Local: EcoEstádio Janguito Malucelli - Curitiba
Horário: 16:30 Horas
Árbitro: Nilo Neves de Souza Jr.
Assistentes: Everson de Souza e João Vagner Cavalari

Atlético: Santos; Renato(Marcos Guillherme), Erwin, Bruno Costa e Héracles; Renan Foguinho, David Henrique, Hernani e Zezinho; Douglas Coutinho e Tiago Adan(Junior de Barros).
Técnico: Arthur Bernardes

PARANAVAÍ: Naldo; Herbert(Gabriel), Célio Lima, Marinho e Leandro Cesar; Marcelo, Schneider, Alex Ricardo e Celinho; Carlinhos Bahia(Britto) e Felipe Rafael(Leomar).
Técnico: Ney César

Nenhum comentário:

Postar um comentário