Série A lá vamos nós!Em partida brilhante,furacão vence o São Caetano,e vê de perto a elite.


Foi de arrepiar!assim foi a vitória do furacão contra o São Caetano no Anacleto Campanella,com uma presença marcante da nação rubro negra o furacão venceu com sobra por 3a1,e abriu quatro pontos do time paulista e ficando assim,muito próximo da volta a elite do futebol brasileiro.Na próxima rodada o furacão enfrenta o América-RN no janguitão terça feira.

                             O JOGO:
 O furacão não se importou com o mando de campo e começou melhor a partida, chegando ao gol logo aos seis minutos, quando Maranhão recebeu pela direita do ataque e cruzou para Marcão cabecear ao gol.
Após o início superior do time paranaense, o São Caetano logo equilibrou a partida em busca do empate. No entanto, o clima de decisão era evidente e a partida era travada, com as equipes evitando correr riscos defensivos e a marcação se sobressaindo pelos dois lados.
Com muitas faltas no jogo, as maiores chances eram através da bola parada e foi assim que veio o segundo gol da partida: aos 26 minutos, Elias cobrou falta na área, Luiz Alberto ajeitou de cabeça e Marcelo desviou para ampliar a vantagem no placar do Furacão.
Precisando do resultado, o Azulão tentou partir ao ataque atuando em casa, mas esbarrava nas posições de impedimento e nos erros de passe, que impediam a equipe paulista de criar boas chances.
Com Geovane no lugar de Marcelo Costa e Leandrão no de Somália, o São Caetano voltou melhor ao segundo tempo. Aos sete, Leandrão ajeitou para Pedro Carmona bater cruzado e exigir boa defesa de Weverton.
Os mandantes pressionavam e, aos 14, Geovane cabeceou para fora um cruzamento de Leandrão. No minuto seguinte, Weverton voltou a aparecer, desta vez para impedir que Leandrão marcasse com um toque por cobertura. Geovane recebeu o rebote, mas bateu para fora.
O rubro-negro mostrou que ainda podia levar perigo aos 19, quando Luiz defendeu um chute da entrada da área de Elias. Quatro minutos depois, Henrique bateu colocado para bela defesa de Luiz. No rebote, Marcelo desperdiçou a chance do terceiro gol.
O São Caetano aparentava ter perdido o domínio exercido no início da segunda etapa, mas chegou ao gol aos 30 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Wágner se antecipou a Weverton para cabecear a bola ao gol e diminuir a desvantagem paulista.
O Furacão, porém, não demorou a responder. Três minutos depois, Paulo Baier, em seu primeiro lance na partida após entrar no lugar de Elias, ajeitou para Marcelo acertar belo chute de fora da área e devolver a tranquilidade ao time paranaense na partida.
Aos 38, Diego Corrêa ainda tentou colocar o São Caetano na disputa novamente, mas viu seu chute da entrada da área parar em grande defesa de Weverton, impedindo assim uma reação tardia do Azulão no jogo.
FICHA TÉCNICA:
Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP) 
Data: 03 de novembro de 2012, sábado 
Horário: 16h20 (de Brasília) 
Árbitro: Jailson Macedo Freitas 
Assistentes: Rodrigo F. Henrique Correa e Ediney Guerreiro Mascarenhas
Cartões amarelos: Geovane (São Caetano); Botelho (Atlético-PR)
Gols: 
SÃO CAETANO: Wágner, aos 30 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Marcão, aos seis minutos do primeiro tempo, e Marcelo, aos 26 minutos do primeiro tempo e aos 33 minutos dos segundo tempo
SÃO CAETANO: Luiz; Samuel Xavier, Eli Sabiá, Wagner e Diego Corrêa; Moradei, Augusto Recife (Éder), Pedro Carmona e Marcelo Costa (Geovane); Danielzinho e Somália (Leandrão)
TECNICO.: Aílton Silva (interino)
ATLÉTICO-PR: Weverton; Maranhão, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Henrique (Derley) e Elias (Paulo Baier); Marcelo (Ricardinho) e Marcão 
Técnico: Ricardo Drubscky

Nenhum comentário:

Postar um comentário