Furacão vence,e joga por empate em minas.

Em jogo com pocas emoçoes,o furacão bateu o Cruzeiro por 1a0 ontem na vila,pela partida de ida das oitavas de final da copa do Brasil,depois de um começo,alucinante,e um gol,furacão diiniu o ritimo,e terminou levando sufoco.

                                                  O JOGO.
Furacão começo emcima,logo no começo da partida,Guerrón,manda pra rede,mas o bandeira assinala impedimento,depois,o furacão continuou em cima,perdeu boas chances,com Patrick,e Guerrón,porém aos oito minutos,ele mesmo Guerrón,fez jogada pela esquerda,e cruzou rasteiro para Edigar Junio fazer,1a0 furacão.
 Aos 20 minutos Patrick teve a chance de ampliar,mas perdeu chance incrivel na frente do goleiro Fabio,o Cruzeiro só teve uma chance,na primeira etapa,com Diego Renan que chutou de fora,e a bola passou perto do gol.
 Na volta do segundo tempo,uma mudança,Bruno Mineiro,no lugar de Edigar Junio,e Souza entrou pelos lados do Cruzeiro,assim,o furacão se acuou,e começou levar sufoco,Juan Carrasco ainda fez mais duas alterações,Zezinho e Renan Teixeira,nos lugares de Paulo Baier e Liguera,aos poucos,a raposa chegava,furacão,ainda teve a lesão de Gabriel Marques,que atuou o restante da partida no sacrifício,no fim do jogo Heracles teve ótima chance,mas mandou pra fora,fim de jogo,1a0 furacão,que joga por um empate no jogo de volta em Minas,e agora volta as suas atenções para o estadual primeiro jogo da final,contra o Coritiba no domingo.

                                              FICHA TECNICA.
  ATLÉTICO PARANAENSE 1 X 0 CRUZEIRO
Local: Estádio Durival Britto
Dia: 2 de maio - quarta-feira
Horário: 21:50h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio(Asp FIFA-GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva(FIFA-GO) e Cristhian Passos Sorence(Asp FIFA-GO)

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Gabriel Marques, Manoel, Bruno Costa e Héracles; Deivid, Paulo Bater (Renan) e LIgüera (Zezinho); Guerrón e Edigar Junio (Bruno Mineiro) e Patrick.
Técnico:Juan Carrasco

CRUZEIRO: Fábio; Diego Renan, Léo, Alex Silva e Everton; Marcelo Oliveira, Leandro Guerreiro, Roger (Gílson) e Amaral (Souza); Anselmo Ramon e Wellington Paulista (Wallyson)
Técnico: Vágner Mancini


Nenhum comentário:

Postar um comentário