Crônica de furacão 1 x0 Operário


Furacão,e Operário se enfrentaram ontem,em Ponta Grossa,foi o segundo jogo do furacão,no estadio Germano Kruger,mas agora como visitante,com uma equipe diferente,furacão foi pra campo em busca de sua segunda vitória no campeonato paranaense,2012.

O JOGO
As duas equipes entraram em campo,com mudanças,em relação a estreia,tanto o furacão,quanto,o fantasma,furacão,jogando em um esquema ofensivo,4-3-3,com Bruno Mineiro(foto),Ricardinho e Nieto no comando de ataque,e o resultado disso,foi um gol relâmpago logo a 2 minutos de partida,quando Marcinho,faz lançamento longo,para o ataque,e alcança Bruno Mineiro,que de cabeça,toca na bola,e pega o goleiro Gabriel do operário adiantado,resultando no primeiro gol do furacão,1a0. a partir dai,o furacão tinha posse de bola,os donos da casa,pouco chegavam,bola para ou chutes de fora da areá,isso até os 30 dá etapa inicial,pois o Atlético,sofria com seu lado direito,Nieto,atuava como ponta,e Paulo Otávio,não fazia boa atuação,o fantasma terminou o primeiro tempo pressionando.
No segundo tempo,ao contrario do jogo passado,quando,Juan carrasco fez alterações no intervalo,o furacão voltou com a mesma formação,tocando a bola,e o operário,com o apoio da torcida,veio pra cima,tentativas de Elvis e Baiano,pararam nas boas defesas do goleiro Rodolfo,que foi o grande destaque,no segundo tempo,ao lado do volante Deivid,o fantasma pressionava,mas sem sucesso,Pablo,Harrison,e Marcelo entraram,para dar mais movimentação,no Lugar dê,Marcinho,Bruno Mineiro e Ricardinho,e aos poucos,o furacão,garantiu sua segunda vitória no estadual.Rubro-negro,volta a campo,no próximo domingo as 17 horas,no gigante do itiberê,em Paranagua,contra o Rio Branco.

FICHA TÉCNICA DO JOGO:

OPERÁRIO 0 X 1 ATLÉTICO PARANAENSE
Data: 25/01/12 – 4ª Feira
Local: Estádio Germano Krüger Ponta Grossa
Horário: 22:00 Horas
Árbitro: Adriano Milczvski
Assistentes: Luciano Roggenbaum e André Luiz Severo

OPERÁRIO: Gabriel, Jéferson, R. Saldanha, João Paulo e Wellington (Marcelinho); Zé Leandro, Marcelo Carvalho, Jocian (Goiano) e Élvis; Baiano e Ícaro (Osmar).
Técnico: Carlos Paiva

ATLÉTICO: Rodolfo; Paulo Otávio, Manoel, Gustavo e Héracles; Deivid, Renan e Marcinho (Pablo Felipe); Bruno Mineiro (Marcelo), Nieto e Ricardinho (Harrison).
Técnico: Juan Carrasco

Nenhum comentário:

Postar um comentário